Profile

Cover photo
Amadora Passado Presente Futuro
Works at AAPPF
Attended Amadora
Lives in Amadora
121 followers|853,559 views
AboutPostsPhotosYouTube

Stream

 
As bandas que não o fizeram ainda estão a tempo de se candidatarem ao Rock In Amadora... Não percam tempo, o processo de selecção já está a decorrer.
 ·  Translate
1
Add a comment...
 
A Associação Amadora Ppf tem o prazer de apresentar o " Clube Literário da Amadora". Nesta primeira edição temos o enorme privilégio de poder apresentar o autor Valério Romão, desinquietando e desafiando a leitura, o conhecimento do escritor, a viva voz e convidando-vos a fazer parte de um evento que se quer dinâmico e participativo.
Terça-feira, 7 de Abril às 21:00
Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos
Avª Conde Castro Guimarães, 6, 2720 Amadora
 ·  Translate
1
Add a comment...
 
Encontros Imaginários na Amadora, 1º Aniversário.
A Associação Amadora Ppf Passado, Presente e Futuro e o Teatro Passagem de Nível, convidaram para esta interessante conversa, Maomé, Zé do Telhado e Jonathan Swift.
Um modelo de sucesso d' A Barraca Teatro com textos originais de Hélder Costa.
A ENTRADA É SEMPRE GRATUITA.
 ·  Translate
1
Add a comment...
Have them in circles
121 people
Amadora Optika's profile photo
Carlos Lopes's profile photo
Rui Pacheco's profile photo
Miguel Freitas's profile photo
Nino Demurtas's profile photo
Mário Fernandes's profile photo
Marte Antunes's profile photo
emilia costa's profile photo
Maria Jose Rosa's profile photo
 
No dia 27 de Junho os CAELUM'S EDGE vão subir ao palco do Rock In Amadora.
Nós não vamos faltar... e vocês?
Parque da Ribeira em Alfragide (em frente ao IKEA).
ENTRADA GRATUITA!!!
 ·  Translate
1
Add a comment...
 
A Associação Amadora Passado Presente e Futuro e o Teatro Passagem de Nível convidam-vos para nova sessão dos Encontros Imaginários na Amadora a realizar no dia 9 de Março pelas 21h30. 

Para esta interessante conversa convidámos, Marquês de Pombal, Santo Inácio de Loyola e Cleopatra.

Um modelo de sucesso d' A Barraca Teatro com textos originais de Helder Costa. No dia 9 de Março (21h30) venha beber um café e assistir ao divertido debate de ideias.

A ENTRADA É GRATUITA.

"O confronto de ideias através de personagens marcantes da História da Humanidade. O percurso irregular do Conhecimento e da Cultura, na Política, na Arte, na Economia, nas Religiões e na Ciência. Uma demonstração pública que a aprendizagem pode ser lúdica, agradável e de dimensão popular. Ser culto sem ser elitista e popular sem ser populista."

MARQUÊS DE POMBAL

Sebastião José de Carvalho e Melo, primeiro Conde de Oeiras e Marquês de Pombal, Foi secretário de Estado do Reino durante o reinado de D. José I (1750-1777), sendo considerado, ainda hoje, uma das figuras mais controversas e carismáticas da História Portuguesa.

Representante do Despotismo esclarecido em Portugal no século XVIII, viveu num período da história marcado pelo iluminismo. Iniciou com esse intuito várias reformas administrativas, económicas e sociais. Foi um dos principais responsáveis pela expulsão dos Jesuítas de Portugal e das suas colónias. A sua administração ficou marcada por duas contrariedades célebres: o primeiro foi o Terramoto de Lisboa de 1755, um desafio que lhe conferiu o papel histórico de renovador arquitectónico da cidade. Pouco depois, o Processo dos Távoras, uma intriga com consequências dramáticas.


CLEOPATRA

(69 A.C. – 30 A. C.)

Foi a ultima rainha da dinastia de Ptolomeu, general que governou o Egito após a conquista daquele país pelo rei Alexandre III da Macedônia. Era filha de Ptolomeu XII e de Cleópatra V.

É uma das mulheres mais conhecidas da história da humanidade e um dos governantes mais famosos do Egito, tendo ficado conhecida somente como Cleópatra

Cleópatra foi uma grande negociante, estrategista militar, falava seis idiomas e conhecia filosofia, literatura e arte gregas

Foi casada e teve filhos com Marco António. Acalentaram o sonho da independência do Egito. Derrotado por Octávio, Marco António suicidou-se e Cleópatra acompanhou-o deixando-se picar por uma serpente.


SANTO INÁCIO de LOYOLA
(1491 – 1556) 

Santo Inácio de Loyola foi o fundador da Companhia de Jesus, cujos membros são conhecidos como os jesuítas, uma ordem religiosa católica romana, que teve grande importância na Reforma Católica.

Gravemente ferido na batalha de Pamplona (20 de Maio de 1521), passou meses inválido, no castelo de seu pai.

A partir de várias leituras, decidiu devotar a sua vida à conversão dos infiéis na Terra Santa.

Em 1922, poucos meses após ser eleito papa, Pio XI declarou e constituiu Santo Inácio de Loyola "celestial Patrono de todos os Exercícios Espirituais e, por conseguinte, de todos os institutos, associações e congregações de qualquer classe que ajudam e atendem aos que praticam Exercícios Espirituais".

A ENTRADA É GRATUITA!... NÃO FALTEM!
 ·  Translate
4
2
Paulo Ideias's profile photoPedro Forte's profile photo
Add a comment...
 
Acompanhe este fim de semana algumas actividades na cidade da Amadora.
 ·  Translate
1
Add a comment...
 
Os Encontros Imaginários na Amadora vão comemorar, no próximo dia 16 de Fevereiro o seu primeiro aniversário.

A Associação Amadora Passado Presente e Futuro e o Teatro Passagem de Nível convidam-vos para nova sessão a realizar no dia 16 de Fevereiro pelas 21h30. 

Para esta interessante conversa convidámos, Maomé, Zé do Telhado e Jonathan Swift.

Um modelo de sucesso d' A Barraca Teatro com textos originais de Helder Costa. No dia 12 de Janeiro (21h30) venha beber um café e assistir ao divertido debate de ideias.

A ENTRADA É GRATUITA.

"O confronto de ideias através de personagens marcantes da História da Humanidade. O percurso irregular do Conhecimento e da Cultura, na Política, na Arte, na Economia, nas Religiões e na Ciência. Uma demonstração pública que a aprendizagem pode ser lúdica, agradável e de dimensão popular. Ser culto sem ser elitista e popular sem ser populista."

MAOMÉ
Maomé, Meca, c. 570 — Medina, 8 de Junho de 632) foi um líder religioso e político árabe. Segundo a religião islâmica, Maomé é o mais recente e último profeta do Deus de Abraão.

Para os muçulmanos, Maomé foi precedido em seu papel de profeta por Jesus, Moisés, Davi, Jacob, Isaac, Ismael e Abraão. Como figura política, ele unificou várias tribos, o que permitiu as conquistas árabes daquilo que viria a ser um império islâmico que se estendeu da Pérsia até à Península Ibérica.

Maomé não rejeitou completamente o judaísmo e o cristianismo, duas religiões monoteístas já conhecidas pelos árabes. Em vez disso, informou que tinha sido enviado por Deus para restaurar os ensinamentos originais destas religiões, que tinham sido corrompidos e esquecidos.

Muitos habitantes de Meca rejeitaram a sua mensagem e começaram a persegui-lo, bem como aos seus seguidores. Em 622 Maomé foi obrigado a abandonar Meca, numa migração conhecida como a Hégira (Hijra), tendo se mudado para Yathrib (atual Medina). Nesta cidade, Maomé tornou-se o chefe da primeira comunidade muçulmana. Seguiram-se uns anos de batalhas entre os habitantes de Meca e Medina, que se saldaram em geral na vitória de Maomé e dos seguidores. A organização militar criada durante estas batalhas foi usada para derrotar as tribos da Arábia. Por altura da sua morte, Maomé tinha unificado praticamente o território sob o signo de uma nova religião, o islão.

ZÉ DO TELHADO
Zé do Telhado, alcunha de José Teixeira da Silva, nasceu a 22 de Junho de 1818 no lugar do Telhado, pertencente à aldeia de Castelões de Recesinhos, na comarca de Penafiel, e daí a razão de ser conhecido assim.

Foi um militar famoso salteador, do século XIX, em Portugal, e era chefe da quadrilha mais famosa do Marão.

É conhecido por "roubar aos ricos para dar aos pobres" e por isso muitos consideram-no como o Robin dos Bosques português.
Tinha vasta experiência militar começada no quartel de Cavalaria 2, os “Lanceiros da Rainha” que toma parte contra o partido dos setembristas e pela restauração da “Carta Constitucional”, no mês de Julho de 1837. Aí derrotado, foge para Espanha .
Quando estala a “Revolta da Maria da Fonte”, a 23 de Março de 1846, que evolui para a guerra da Patuleia, vê-se envolvido como um dos líder da insurreição e Coloca-se às ordens do General Sá da Bandeira que também tinha aderido. Assume o posto de sargento e distingue-se de tal forma na bravura e qualidades militares, na expedição a Valpaços, que recebe a Ordem da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito, a mais alta condecoração que ainda hoje vigora em Portugal.

Já como "Zé do Telhado", chefe bandoleiro mais conhecido do país, foi apanhado pelas autoridades em 31 de Março de 1859 quando tentava fugir para o Brasil, e preso na Cadeia da Relação, onde conhece Camilo Castelo Branco.

Em 9 de Dezembro de 1859 foi condenado ao degredo na pena de trabalhos públicos por toda a vida em Angola . Foi-lhe comutada a pena em 15 anos de degredo desde 28 de Setembro de 1863. Viveu em Malanje, fez-se negociante de borracha, cera e marfim.

Casou-se com uma angolana, Conceição, de quem teve mais três filhos.

Morreu de varíola no ano de 1875 (57 anos) em Angola.

SWIFT
Jonathan Swift (Dublin, 30 de Novembro de 1667 — Dublin, 19 de Outubro de 1745) foi um escritor irlandês.

Órfão de pai, com um ano de idade, é levado secretamente por sua ama para a Inglaterra e, após dois anos em solo inglês, volta para a Irlanda em virtude dos problemas políticos que ocorriam no país. É entregue então ao seu tio Godwin que o manda estudar na escola Kilkenny, em Dublin em 1673. Em 1689 vai para Moor Park, Surrey (Inglaterra), e torna-se secretário de Sir William Temple (1628-1699), estadista e escritor de grande prestígio. Swift amadurece intelectualmente entre os livros de Temple e conhece uma menina de oito anos chamada Esther Johnson , filha de Sir Temple. Swift chama-a carinhosamente de Stella e dedica - lhe alguns dos seus mais belos poemas. A diferença de idade entre os dois não serviu de barreiras para que desabrochasse um grande afeto entre eles.

Em 1693 doutorou-se em Teologia pela Universidade de Oxford e, em 1695, assume o posto de Cônego em Kilbroot, na Irlanda.
Vislumbrando a possibilidade de ascender-se na Igreja anglicana e com ajuda dos políticos, Swift começa a viajar frequentemente para Londres. Consegue então editores para A Batalha dos Livros e O Conto de Tonel. Além disso, apoiado por escritores satíricos Pope (1688-1744), Richard Steele (1672-1729) e Joseph Addison (1672-1719), ganha popularidade. A ambição e as amizades fazem com que Swift permaneça em Londres, mas, sempre pensando em Stella, escreve -lhe numerosas cartas.

Em 1725 começa a escrever Viagens de Gulliver onde pretendia agredir o mundo, não diverti-lo. 

Em 19 de Outubro de 1745 Jonathan Swift, surdo e louco, morre em Dublin. Ele é enterrado na Catedral de São Patrício. Em sua lápide, o epitáfio em latim, escrito por ele mesmo:
"Aqui jaz o corpo de Jonathan Swift, doutor em Teologia e deão desta catedral, onde a colérica indignação não poderá mais dilacerar-lhe o coração. Segue, passante, e imita, se puderes, esse que se consumiu até ao extremo pela causa da Liberdade".

A ENTRADA É GRATUITA!... NÃO FALTEM!
 ·  Translate
1
1
Paulo Ideias's profile photo
Add a comment...
People
Have them in circles
121 people
Amadora Optika's profile photo
Carlos Lopes's profile photo
Rui Pacheco's profile photo
Miguel Freitas's profile photo
Nino Demurtas's profile photo
Mário Fernandes's profile photo
Marte Antunes's profile photo
emilia costa's profile photo
Maria Jose Rosa's profile photo
Work
Employment
  • AAPPF
    present
Places
Map of the places this user has livedMap of the places this user has livedMap of the places this user has lived
Currently
Amadora
Story
Tagline
Amadora - Passado, Presente e Futuro
Introduction
A Associação Amadora - Passado Presente e Futuro é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos e tem como fim a organização, promoção e divulgação de eventos culturais, desportivos, de solidariedade social e actividades conexas.

http://www.aappf.pt/amadorappf@gmail.com
Education
  • Amadora
Basic Information
Gender
Decline to State
Other names
AAPPF