Profile cover photo
Profile photo
Nikas Nini
19 followers
19 followers
About
Posts

Post has attachment
Don't Worry About Me
R ecuar a memórias, aos dias de flores inquietas, pela brisa
suave de um sol de Verão. [ D escalça, a chapinhar num fio de água que restava do riacho
solto na madrugada.] S ei-te de olhos fechados: a pele macia, o cheiro a amor nos
olhos que pousam nos meus...
Add a comment...

Post has attachment
cHá De MeNtA
Desafio-me em coragem , trago-me Desafio-me em coragem ,  trago-me
n.á.u.f.r.a.g.a em ondas que rebentam [no] meu peito pálidas
[as] ideias que não [se] desenham  sorrisos
emudecidos assim os
dias secos por um suor húmido que me é
mordaça beijo
então o vent...
Add a comment...

Post has attachment
Vinegar & Salt
Pera trincada e o sumo a escorrer... Como a vida a
esvair-se em líquido doce. Aromatizado de fruta. Que seja rápida a partida, mesmo que a dor seja
mais acutilante que as lâminas da tua barba por fazer. És amor cansado. Descalço e descontente. Amargura
de r...
Add a comment...

Post has attachment
I can not be saved
a existência
demoníaca do meu olhar a alimentar a imortalidade. ruidosamente. fio de
prumo do teu corpo retalhado. púrpuro  ____ intocável em rios de palidez lenta. e um dia o mar eterno
dos teus olhos fez-se eterno na terra do nunca. empurrando pequenas ...
Add a comment...

Post has attachment
My Kind of love
r ecuso o olhar que me penetra
a alma, invade o sono e grava a noite no meu corpo. t rago-me liberta da inocência ocasional e antiga como porcelana fina em que
o chá das cinco era servido na redoma das memórias que não imito . e assim retomo
a vida sem manc...
Add a comment...

Post has attachment
Mind Games
trago nos pulsos a
noite de todos os segredos.  desterros. descalço as palavras indistintas.  nuas, breves.   e aos teus pés as
minhas mãos. por um dia q uando o amor é só o. bálsamo em anel de noivado. inconfessado. leito e
sofreguidão . talvez porque o mo...
Add a comment...

Post has attachment
Things I'll Later Lose
Deixa-me morrer assim , num eco de beijo vendido, prenhe de palavras ardidas porque a tua voz de ouro  é agora silêncio disperso. Deixa-me morrer assim , de lábios pintados côr do desgaste da
linguagem pelo sabor de olhares baços, como asas primaveris a fer...
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded