Profile cover photo
Profile photo
Silvana Tavano
62 followers
62 followers
About
Silvana's posts

Post has attachment
tempo
Às vezes acontece por causa de certas palavras, ou nem isso: é só o jeito de dizer. Uma música, um cheiro, coisas inesperadas de repente me levam pra outros lugares, como se eu estivesse sentada na cabine de um trem, sendo conduzida em alta velocidade enqua...

Post has attachment
fevereiro
fantasia colorida pingos de confete chovem na avenida

Post has attachment
janeiro
a calma do dia atravessa o pensamento caminho pelas ruas sem sombra de nuvem sem arranhão de vento e penso: que bom seria se assim fosse o ano inteiro esse tempo quente e quieto e mais lento dos dias de janeiro

Post has attachment
verão
O frescor da manhã dura pouco. O dia avança com o sol de verão se impondo sem nuances e, talvez por isso, seja tão difícil escrever: é como se a vida só acontecesse lá fora, elétrica, radiante feito alegria de cigarras. O mundo pulsa, ansioso, chamando pra ...

Post has attachment
venham!


Post has attachment
trecho
(…) Em algum tempo da infância, acreditei que esperança fosse o nome de um objeto, algo que a gente podia guardar num armário e perder por aí, como um guarda-chuva. Ou quase isso: por algum motivo, na minha imaginação de criança a coisa-esperança parecia se...

Post has attachment
casa
Os dias passam enquanto percorro os corredores do supermercado, espero a vez no posto de gasolina, na fila do banco, no balcão da farmácia, e a reunião marcada para as 2 começa às 3 e só engata no assunto às 4. No meio disso tudo, cruzo com tantas distraçõe...

Post has attachment
dicionário imaginário
Casa (s.f) 1. país, cidade, rua ou simplesmente o quarto para onde sempre se quer voltar depois de uma longa ausência; 2. espaço reservado para: botões (das roupas); peças de dama e de xadrez (dos tabuleiros); amigos (do coração); 3. lugar onde geralmente m...

Post has attachment
bichos
A pressa é como um pernilongo, a agitação ao redor, o zum-zum-zum irritante, querendo sugar uns goles do nosso tempo-sangue. Já a preocupação é o mosquito que ronda, incômodo, persistente; e a desconfiança sempre é a pulga instalada atrás da orelha. Uma dor...

Post has attachment
infância
Como hoje, era uma manhã escura, e eu, pequena, tinha medo que a noite nunca terminasse. Então me escondia debaixo da coberta, encolhida no meu quarto de filha única, quieta, à espera do bom dia dos pratos e talheres acordando na cozinha, e do perfume forte...
Wait while more posts are being loaded