Profile cover photo
Profile photo
Marco Buzetto, o escritor
250 followers -
"A insatisfação é um demônio do bem". - Rebeca von Weisheit. Cap. 1, parte 5, p. 5.
"A insatisfação é um demônio do bem". - Rebeca von Weisheit. Cap. 1, parte 5, p. 5.

250 followers
About
Posts

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment
Dicas: Dirija com segurança.
Este é um excelente vídeo educativo sobre direção segura. Muito curto, mas, genial. “Road Safety”, by Eric Bernaud & Pascal Felix Souvet. Gostou? Não se esqueça de compartilhar.

Post has attachment
Letícia e Bakinho – Descendentes M.C. – Dois Córregos SP.
Vídeo aqui de pertinho, Dois Córregos, São Paulo. Pessoal do Descendentes moto clube. Na ocasião, Letícia e Bakinho atravessando a ponte entre Borborema e Pongaí, SP. Envie seu vídeo. Faça parte do Projeto Ride ‘n’ Rock.

Post has attachment
Sobre o Projeto Ride ‘n’ Rock, a estrada é sua
Bem-vindo ao Projeto Ride ‘n’ Rock. O projeto tem como objetivo reunir vídeos e vídeo-fotos de moto clubes, moto grupos e amantes do motociclismo em uma só plataforma online. Você pode enviar suas fotos e vídeos para que publiquemos em nosso site, podendo t...

Post has attachment

Post has attachment
Esta crônica já tem um ano, foi muito bem aceita e agora estou republicando-a. Um pouco da paranoia e do delírio costumeiros... Espero que gostem.

Post has attachment
Como? É só isso o que eu gostaria de saber. Como? Como e por quê? Tem que ter uma explicação. Como e por quê? Maldição. Sim. Só pode ser... Uma maldição. Ah, se eu acreditasse em pecado; com certeza eu seria um pecador. Maldição. Sim. Só pode ser isso. Ah, se eu acreditasse em vidas passadas e futuras; com certeza eu estaria pagando por coisas terríveis hoje em dia. Maldição. Sim. Só pode ser isso. Ah, se eu acreditasse em pecado original; com certeza eu seria o cristão mais merecedor de penitência. Maldição. Sim. Só pode ser isso.

Post has attachment
Conheça: Rebeca procura respostas para suas frustrações, e liga cada uma delas a todos a sua volta. Diz que “alguns não pecam por nada”, pois, todos possuem motivos para fazer o que fazem, mesmo que pareça a mais angelical das inocências. Porém, ela mesma reconhece o seu próprio pecado: a dúvida. Prefere sacrificar a si mesma sangrando por toda a cama com a verdade do que viver os anos presente e futuros com a dúvida castigando seu pensamento como uma marreta divina.
Wait while more posts are being loaded