Profile cover photo
Profile photo
Eduardo Carvalho
About
Posts

Post has attachment
Ulysses diz
Eu conheço a tua voz mesmo sem tê-la ouvido, porque eu a esculpi, assim como eu esculpi milagres durante todos os dias que compreenderam o intervalo de janeiro de 2003 a abril de 2004. O único problema é que minhas obras não persistem, desmoronam-se, desint...

Post has attachment
Tissiana diz
Quando eu cai nos braços d'Ela, pela primeira vez senti que o mundo inteiro caíra ao meu redor. Enquanto isso, minha casa esbaforia chamas, cuspindo restos tostados da minha coleção de broches. Enquanto Ela esculpia um semblante de prazer em minha face, meu...

Post has attachment
Salomé diz
Um sorriso de canto de boca foi a resposta mais sensata que escolhi para contrapor a sua pergunta pueril. Não queria envaidecer ainda mais o teu ego, que abrange cinco de mim. Pelo contrário, por muito tempo eu pretendi desmaquilar a face de tua vileza só p...

Post has attachment
Tissiana diz
Uma luva de veludo azul sobre a penteadeira é motivo para me
reduzirem a zigoto. Minhas três irmãs nunca se contiveram em suas arrumações invasoras,
nunca me perdoaram por eu ser eu. Criadas em um mausoléu de regras, elas
repartiram em três o papel de mamãe...

Post has attachment
Quentim diz
Um projeto de luz que me acende é a migalha de pão que eu doo a um pombo andarilho, que eu teimo dizer ser meu.  É farto pelos lados, e oco por dentro. É impronunciável, porém compreensível. É o cúmulo do cúmulo do sensível. É a fagulha que, de tão ínfima, ...

Post has attachment
Pôncio diz
Seu cabelo era longo, castanho, tinha mexas douradas,  queimadas, era liso, mas ondulado, meio escorrido, meio armado, de pontas arredias e inconformadas com o fim, de raízes escuras, profundas, arraigadas e  fortes, tinha franja, franzina e mal cortada, ti...

Post has attachment
Octávio diz
Os demônios residentes do meu corpo não resistem à uma intervenção artística. O meu exorcismo é plástico. Quando possesso, escorrego de meus dedos linhas, que, de alguma maneira, agradam quem as vê. O meu exorcismo é arroubo. Os meus desenhos retratam o aba...

Post has attachment
Núbia diz
Há momentos em que eu não consigo represar as lágrimas, e  isso eu nunca neguei a ninguém. O problema é que agora esse meu mal está se manifestando em horas e lugares inapropriados, como no meu trabalho, no bar, ou na fila para comprar a pipoca que sempre m...

Post has attachment
Mirtes diz
Quando me deito contigo, eu sinto, você não está ali. Por isso, estou marcando essa conversa, apesar de não querer bancar a rude, e ruminar nossa tranquilidade alcançada por horas e horas de meditação. Mas é que toda essa lerdeza, essa falta de movimentação...

Post has attachment
Lívia diz
A  minha mão era desbravadora. Percorreu todo seu peitoral, pacientemente, pois sabia que trilhava o caminho das índias. Confundiu-se toda pelos pelos do tórax, e perdeu-se por lá. E foi aí que ela fez seu maior descobrimento: a mão só manuseia de fato se a...
Wait while more posts are being loaded