Profile cover photo
Profile photo
Barão da Mata
108 followers
108 followers
About
Barão's posts

Post has attachment
FAÇAM ALGUMA COISA CONTRA A PERVERSIDADE DO LABORATÓRIO ROYAL E DAS AUTORIDADES PAULISTAS AOS CÃES
Não preciso falar da minha indignação, ódio, repulsa, melancolia pelos atos bestiais dos donos do Laboratório Royal, que estão utilizando beaglles para seus malditos experimentos de cosméticos, quando não há necessidade (e mesmo se houvesse não teria cabimento fazê-lo) de utilizar animais com tal finalidade. Muito me envergonha e repugna a postura da Polícia, do Ministério Público e do Judiciário paulista diante da questão, que decidiram que os cães são propriedade do laboratório, que pode dispor destes como bem quiser. Para mim é o prenúncio de um tempo em que enjaularão crianças e outros seres humanos indefesos para servirem de cobaias para experiências de igual sordidez; o início de uma era em que será reinstituída a escravatura com senzalas e troncos para chicotadas. Fiquei profundamente entristecido e revoltado com o trabalho dos jagunços fardados que estão numa busca implacável aos animaizinhos e nutro um profundo desprezo por aqueles que procuraram as autoridades e o laboratório para devolver os bichinhos. Todo o cenário é demoníaco! Só não desejei morrer porque seria omissão diante do sofrimento de seres que sentem dor, tristeza e carência afetiva. Então é mais produtivo lutar por eles do que ficar romoendo tristeza. É preciso fazer algo por essas criaturas absolutamente inocentes e indefesas. Por isto peço-lhes que assinem a petição pública que pede o fim desse verdadeiro circo de horrores. 
Podem clicar sem susto, porque não se trata vírus, e assinem por favor a petição, repassando-a depois a todos os seus amigo e pedindo-lhes que repassem aos seus.

-- http://www.avaaz.org/po/petition/MANIFESTATION_ROYAL_INSTITUTE/?dSRbMfb

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment
Photo

Post has attachment
NOITE DESERTA

Se a poesia brotasse
De repente
Em plena Rio Branco,
Na forma de uma bailarina
Que dançasse lascivamente enquanto
Se despisse por inteiro,
Dando ao vento os sete véus,

Seria preciso
Desviar o trânsito e recolher
Ao xadrez os transeuntes,
Por serem torpes e perversos
E por isto
Atentarem ao pudor.

A DANÇARINA

Seria preciso chamar os libertinos,
Os palhaços, os circenses,
Os irreverentes
E os cantores loucos
Pr'eles isolarem num cordão humano
A encantada moça,
Que assim poderia,
Pura, sublime,
Saltitar em paz.

Barão da Mata

Versos dos Bares, Cantos do Rio
www.baresversos.blogspot.com.br

A VOZ DE ELIS

Deus me deu ouvidos para ouvir a voz de Elis,
Sinfonia doce, suave e encantada dos anjos,
Cantar que embriaga, que bole com a alma da gente,
Som repleto de tudo que existe nos peitos:
Traduzindo a dor, a alegria, a paixão.
Que, leve, desliza, planando no céu infinito,
Que se delicia nos banhos de rio,
Que arde nos leitos, na mais alta volúpia,
Que transborda em mais de mil sentimentos,
Que se impregna de toda existente emoção.

Voz tão viva e tão fértil como a Mãe-Natureza...
Deus levou Elis para cantar para Ele.

Deus fez a voz de Elis à imagem e semelhança de como o devoto vê Deus.

Barão da Mata

A Casa do Poema
www.baraodamata.blogspot.com.br
Wait while more posts are being loaded