Profile cover photo
Profile photo
Jessica Neves
118 followers
118 followers
About
Jessica Neves's posts

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment
O RETRATO DA MULHER DE VERMELHO
Ela não é quem tenta parecer Nem o retrato que todos pintam Não se intimida com o que vão dizer Não há espelhos que mintam. Ela tem caráter, voz e opinião Aborda de frente qualquer tema Gestos desvendam seu coração Conquistá-lo é o maior dilema. Ela é a don...

Post has attachment
VIDAS EM JOGO
Há inúmeras vidas em jogo Casas em chamas arrasadas Por culpa do fogo Tantas coisas abandonadas… O que vai dentro de nós? Como se expressa esse sentimento? Quem escuta a nossa voz E leva o medo, a revolta e o sofrimento? Os guerreiros dão a vida por nós Lut...

Post has attachment
QUADRAS POPULARES
Saem os desfiles coloridos à rua Venham ver o que é festejar As marchas nesta época sua No que há de mais popular! Santo António ou São João Qualquer um nos faz bailar De copo e sardinha na mão Vamos lá também cantar!  Todos trajam a rigor Não há pobre nem ...

Post has attachment
FEBRE LOUCA DE VERÃO
O desejo (es)corre pela boca O teu beijo despe-me os sentidos Incendeia-me nesta febre louca De paixão se querem os gemidos. A melhor forma de brindar ao verão É ter-te por perto, junto a mim Segredar-te esta minha perdição Desejando que esteja longe o fim....

Post has attachment
BREVE REFLEXÃO SOBRE O DIA DA CRIANÇA
Que existam cada vez mais pais e familiares presentes na educação e nos valores das crianças e, lhes dêem atenção, ao invés de telemóveis e tablets sofisticados.  Que as crianças cresçam com vontade de, no futuro, serem adultos responsáveis, informados e in...

Post has attachment
O TEU SORRISO
O teu sorriso sussurra, ao de leve, quem tu és. 28.05.17

Post has attachment
LUTA DIÁRIA
Não somos fortes (só) quando vencemos, mas quando ultrapassamos os golpes mais duros e inesperados, conquistando assim, a superação, dia após dia. É essa luta que a vida nos propõe.

Post has attachment
NO CREPÚSCULO DOS GESTOS
Naquela tarde acesa Em que vislumbrei o teu sorriso Por entre o jardim dos afetos Descobri que eras mais que o tempo Havia uma cálida certeza Que te acompanhava e me bastava Eras tu quem, ao pormenor, me habitava. Tudo o que nos basta Não se diz nem que se ...
Wait while more posts are being loaded