Profile cover photo
Profile photo
Indústria Imaginária
74,291 followers
74,291 followers
About
Posts

Post has attachment
Apesar dos não brancos serem selecionados como cidadãos de classe inferior, as raças se misturavam e se propagavam. Índios, negros e brancos deram origem aos mulatos cafusos e mamelucos. Na escala, ser português era importante.
Photo

Post has attachment
Com as leis abolicionistas o negro passou a se integrar mais profundamente na vida da cidade, mesmo considerado como cidadão de segunda classe. Nas agitações era normal ve-los misturados à turba, o que antes seria impensável.
Photo

Post has attachment
Photo

Post has attachment
O Rio de Janeiro de 1808 não era o que os nobres imaginavam, um paraíso tropical com índios selvagens e puros. Era sujo, sem saneamento básico, com dois terços da população composta por negros escravos e odores carregados.
Photo

Post has attachment
Por que os personagens de Luiz Carlos Vasconcelos e Ricardo Blat se olham com tanto ódio? Descubra em O Inventor de Sonhos, em cartaz nos cinemas.
Photo

Post has attachment
Oriundos das famílias colonizadoras e beneficiados pela distancia da corte, a elite de latifundiários exercia e fazia a lei livremente. Com a chegada da corte havia um certo incômodo no monitoramento mais próximo de suas ações.
Photo

Post has attachment
Os pequenos mulatos perambulavam relativamente livres pela cidade. Não eram negros, nem eram brancos... Mas podiam ser filhos de gente importante... Portanto eram mais tolerados.
Photo

Post has attachment
Com a queda de Napoleão em 1815, os franceses aceitos novamente em terras portuguesas passam a disputar a hegemonia cultural com os ingleses. Essa reviravolta gerou um novo período de grandes desconfianças entre os locais e estrangeiros.
Photo

Post has attachment
A pesquisa histórica de O Inventor de Sonhos recorreu a obras de pintores que retrataram o Brasil do século XIX, como os que chegaram ao Rio, em 1816, na Missão Artística Francesa. Um dos mais famosos foi Jean-Baptiste Debret, autor do quadro "Dom João VI em trajes de sua aclamação", em exposição no Museu Nacional de Belas Artes, no Centro do Rio. O Inventor de Sonhos está em cartaz nos cinemas.
Photo

Post has attachment
Exposta no Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro, a obra "Vista do Morro de Santo Antônio", de Nicolas-Antoine Taunay, é datada de 1816, período retratado em O Inventor de Sonhos. Conheça mais sobre a nossa história: assista ao filme nos cinemas.
Photo
Wait while more posts are being loaded