Profile

Cover photo
Carlos Henrique Xavier
57 followers|17,012 views
AboutPostsPhotosVideos

Stream

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
Agora  deixo  dizer  uma  coisa:
Vou  dizer  o  que  eu  penso.
Esse  negócio  de:
"Somos  todos  macacos"
"Somos  todos  Neymar"
"Somos  todos  Maju".
Sabem  o  que  penso  sobre  isso?  Pura  palhaçada!  Isso  mesmo:  Pura  Palhaçada!
Quem  fica  com  esse  tipo  de  coisa  só  fica  se  fazendo  de  bobinho,  igual  aquela  brincadeira  em  que  se  têm  um  que  é  o  bobo,  que  fica  tendo  que  ficar  tentando  pegar  a  bola,  enquanto  dois  lá  ficam  tocando  a  bola  pro  outro.
Bom,  se  alguém  quiser  continuando  sendo  bobo,  que  continue,  mas  não  deixe  de  escrever  no  seu  perfil  o  seguinte:  "Perfil  do  Bobinho",  e  agora  se  for  mulher,  escreva:  "Perfil  da  bobinha",  assim  todos saberão  que  você  é  bobinho  ou  bobinha.  Isso  é  só  para  os  que  são  bobos  de  ficarem  com  essas  bobagens,  de:  "Somos  todos  macacos",  "somos  todos  Maju"  e  bobagens  semelhantes,  que  surgem  por  esse  Facebook.,
Quanto  a  mim:  Eu  não  sou  Maju,  eu  não  sou  Neymar,  eu  sou  tão  somente  e  únicamente  o  Carlos  Henrique  Xavier.
Agora  a  turma  do  "somos  todos  maju"  por quê  então  não  se  vestem  igual  a  ela  e  não  vão  morarem  na  casa  dela?
E,  o  mesmo  serve  para  os  das  outras  bobagens  semelhantes  a  essas,  só  mudando  o  sujeito  da  frase.
Atenciosamente,  Carlos  Henrique  Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
Eu  acrescentaria  mais  estes:  A  Origem  das  Espécies  de  Charles  Darwin.  
Deus  um  Delírio,  de  Richard  Dawkins.
A  Série  Harry  Potter  de  J.k.  Rowling.
Se  alguém  quiser  acrescentar  mais  livros  lixos  que  têm  estragado  esse  mundo,  sinta-se  a  vontade  para  o  fazê-lo.
Cliquem  no  link  abaixo,  e  leiam  a  notícia  abaixo
http://antenacrista.blogspot.com.br/2015/07/10-livros-que-estragaram-o-mundo-e.html
Atenciosamente,  Carlos  Henrique  Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
Vede o caso: dois colegas de classe, e que portanto estudaram na mesma escola e na mesma classe e série. Dois destinos diferentes: ela se tornou juíza, e ele se tornou ladrão Por acaso, faltou educação? Não. Ambos estudaram na mesma escola e classe e aprenderam a mesmíssima coisa
Portanto, eis aí mais um exemplo daquilo que já tenho aqui dito, que a criminalidade não é causada pela falta de educação, que a educação não é a solução para a criminalidade e a violência.
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
Suspeito de roubar um carro nos Estados Unidos, o americano Arthur Booth, de 49 anos, se emocionou durante seu julgamento, nesta terça-feira (30), depois que a juíza Mindy Glazer o reconheceu dos tempos de escola.
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
Deixo  dizer  uma  coisa:  toda  e  qualquer  pessoa  que  esteja  se  sentindo  mal  ou  desconfortável,  quando  pede  ajuda,  têm  todo  direito  de  receber  ajuda  para  se  livrar  daquilo  que  a  aflige  e  a  deixa  desconfortável.
Agora,  para  os  esquerdistas,  todos  têm  o  direito  de  serem  ajudados  a  se  libertarem  de  suas  aflições,   exceto  os  homossexuais.
Se  algum  homossexual  quer  se  libertar  do  homossexualismo,  para  a  esquerda  e  para  os  LGBTs,  os  tais  não  podem  serem  ajudados,  têm  que  continuarem  sofrendo  calados,  pois  não  têm  o  direito  de  deixarem  de  viverem  nesse  tipo  de  vida  depravada.
Depois  quem  é  que  odeia  realmente  os  homossexuais?  Os  que  querem  ajudá-los  a  se  libertarem  do  pecado  homossexual?  Ou  as  esquerdas  e  o  movimento  LGBT  que  querem  mantê-los  aprisionados  ao  homossexualismo,  sem  terem  qualquer  oportunidade  de  se  libertarem  da  vida  homossexual?
Claro  que  quem  os  odeia  são  justamente  às  esquerdas  e  esse  movimento  LGBT,  que  não  querem  que  os  tais  sejam  livres  da  homossexualidade.
A  Igreja,  nesses  dias  de  hoje,  têm  que,  mais  do  que  nunca,  com  ousadia  e  com  coragem,  fazer  Campanhas  Evangelísticas  anunciando  que  Jesus  Cristo  Liberta e  cura  do  homossexualismo,  e  que  é  Jesus  que  dá  a  verdadeira  Liberdade.
Atenciosamente,  Carlos  Henrique  Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 

Educação não é a solução para a criminalidade. O máximo que se ocorrerá educando criminosos, será formar uma geração de criminosos bem educados, e conhecedores da Lei, que saberão de forma mais eficaz escapar da prisão e ficarem livres para continuarem cometendo crimes, e facilitará a cometerem crimes sem deixarem pistas.
E se educação fosse realmente a solução para a criminalidade, grande parte dos que já foram educados em escolas e em faculdades não cometeriam crime algum.
E também o esporte não é a solução para se combater o crime, ou para acabar com a criminalidade. Se o esporte fosse a solução para a criminalidade, Diego Maradona, que foi um grande jogador de futebol, jamais teria usado drogas; o ex goleiro Bruno do Flamengo, jamais teria matado a namorada; o es Presidente da CBF, o Marin, não estaria envolvido nesse escândalo da Fifa, e isso só para citar alguns casos envolvendo pessoas ligadas ao mundo do esporte. Só não enxerga tal coisa, e fica acreditando na lorota de que esporte ou educação combatem a criminalidade, quem quer acreditar na mentira e no engano.
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
2
Add a comment...

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
Nenhum  País  sobrevive desrespeitando  a  vontade  do  povo,  pois  por  mais  paciente  que  seja  um  povo,  chega-se  o  dia  em  que  o  povo  cansa  e  aí  se  separa  do  tal  país.
A  decisão  que  o  Congresso  Nacional  tomou  em  relação  a  maioridade  penal  é  mais  um  passo  que  vai  inevitavelmente  levar  a  extinção  do  Brasil  como  País,  é  mais  um  passo  dado  para  o  fim  de  um  País  chamado  Brasil.  E,  pouco  importará  o  que  a  Constituição  Brasileira  diga  sobre  a  Integridade  Nacional,  pois  no  fim  das  contas  o  que  acabará  valendo  será  um  povo  totalmente  cansado  da  política  Brasileira,  que  irá  mesmo  querer  se  separar  do  Brasil.
Portanto,  esse  último  fato,  é  mais  um  passo  dado  que  aponta  para  os  últimos  dias  de  um  País  que  intentou  ser  um  Grande  Império,  e  que  hoje  caminha  em  decadência,  rumo  ao  seu  inevitável  fim,  assim  como  se  ocorreu  com  o  Império  Romano.
Quem  viver,  verá!
Atenciosamente,  Carlos  Henrique  Xavier.
 ·  Translate
1
Have him in circles
57 people
Silas Roberto's profile photo
Dayana Cristina's profile photo
Lilith Bellenos's profile photo
lucas eduardo's profile photo
Bea Andrade's profile photo
Cristiano Lage Campos's profile photo
Carlindo Rodrigues Miranda's profile photo
William Douglas's profile photo
tania thomas's profile photo

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
Vamos  dizer  uma  verdade  que  todos  precisam  de  ouvirem:  Amor  não  é  sexo,  e  sexo  não  é  amor.
Uma  coisa  é  fazer  sexo  e  outra  coisa  bem  diferente  é  amar,  é  ter  amor. Uma  coisa  é  ter  relações  sexuais  e  outra  coisa  bem  diferente  é  amar,  é  ter  amor  pelo  próximo. Não  confunda  às  coisas.
Atenciosamente,  Carlos  Henrique  Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 

Deveria ser mostrada a foto do bandido de 14 anos que esfaqueou a Professora para que todos vissem a cara do bandido.
Esse bandido bem que merecia a pena máxima. Mas devido a esse abominável ECA - que deveria ser queimado na fogueira - criminosos com menos de 18 anos são protegidos e podem fazerem o que bem entenderem.
O ECA é uma árvore má que só produz maus frutos. E, outra coisa que deveria ser queimado nesse país é esse Abominável Conselho Tutelar, que também é outro grande responsável pelo altíssimo indíce de criminalidade entre menores. Sem essas duas imundícies, que são o ECA e o Conselho Tutelar, seria muito melhor.
Não basta apenas a redução da maioridade penal, têm que se acabar com os abomináveis ECA e Conselho Tutelar, se quisermos realmente um futuro melhor para todos. Todo o mal - o que inclui ECA e Conselho Tutelar - deve ser cortado pela raiz, e não tentar melhorar o mal, como se o mal pudesse se tornar em bem.
O ECA e o Conselho Tutelar não devem serem melhorados, pois são o mal, e toda tentativa de melhorá-los só tornará o mal ainda bem mais pior do que antes. Esses males chamados ECA e Conselho Tutelar devem serem extirpados para sempre, e lançados no mar do esquecimento.
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
Link: http://noticias.terra.com.br/brasil/policia/aluno-de-14-anos-esfaqueia-professora-pelas-costas-em-mt,e6f605163b6332d9089e7002d3b162232gnoRCRD.html
 ·  Translate
2

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
Se preparem. Quem  não  sabe,  informo  que  sou  anti-ONU,  e  sou  mesmo. Agora, eis aqui o que um relatório da ONU pede:
“Pede leis que proíbam a “terapia de conversão” para indivíduos que lutam contra a atração de mesmo sexo, bem como leis proibindo intervenções cirúrgicas para restaurar órgãos sexuais de meninos e meninas que nasceram com defeitos anatômicos, comumente chamados de “intersexo”.”
Depois passo o link da notícia aonde peguei essa pequena parte da notícia para comentar. Agora vamos aos meus comentários.
Vamos a explicação, o relatório da ONU - e isso é também uma das exigências do Movimento LGBT - Portanto tanto a ONU como o próprio Movimento LGBT, pasmem, pedem que aqueles que querem se verem livres da homossexualidade não tenham liberdade para tal, e para piorar, se intrometem na vida de crianças que nasceram com o órgão sexual com algum defeito anatômico, para que não tenham direito a uma intervenção cirúrgica para corrigirem tal deformação anatômica no órgão genital, os quais são chamados de “intersexo”.
Querem que eu explique melhor? Vou explicar;
Suponhamos que eu nascesse hoje, e no meu órgão genital tivesse alguma deformação anatômica ou defeito anatômico, e meu pai e minha mãe, por amor a mim, fossem num médico, para que tal problema fosse corrigido, o que é do meu direito, pois todos têm o direito a ter uma vida saudável e a terem seus problemas resolvidos. Segundo tal relatório, não se poderia fazer isso, e eu teria que passar o resto da minha vida sofrendo com tal problemas, porque esses imprestáveis não querem que eu tenha tal direito. Graças a Deus não tenho tal problema.
Mas, pense, você pai, mãe, tio, tia, vô, vó, se seu filho ou filha,  neto  ou  neta,  sobrinho  ou  sobrinha,   nascesse com tal problema e você procurasse um médico, e o médico lhe dissesse: “Não posso fazer tal intervenção cirurgica pois é proibidao pela lei.”? Já imaginou tal situação constrangedora? É isso o que esses imprestáveis e criminosos querem que se aconteça.
Não é pôr menos que eu abomino a ONU, e defendo mesmo que ela seja extinta.
Link para a notícia: http://juliosevero.blogspot.com.br/…/relatorio-da-onu-pede-…
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 

Olhemos para o passado. No século 18, a maior parte da população brasileira não era nem alfabetizada e nem era de praticar esportes, e a violência naquela época era bem menor do que a violência e a criminalidade que vemos hoje no Brasil.
Tal fato nos mostra que a violência e criminalidade não está relacionada a uma sociedade que não é alfabetizada ou que não pratica esportes. A violência e a criminalidade têm outras coisas
Na história humana houveram muitos povos em que a maior parte da população nem sequer praticava esportes, e muito menos era educada, e não tinham crimes como hoje vemos no Brasil.
Portan to, ficar achando que a prática esportiva, ou ficar numa escola se há de se impedir o avanço da criminalidade e da violência, é pura fantasia.
Há de se lembrar que a maior parte da violência e criminalidade que vemos hoje se começam justamente em escolas e universidades, que é, gostando ou não, os locais aonde criminosos juvenis e universitários acabam formando gangues, e aonde os maus elementos da sociedade acabam mais se juntando de forma e de maneira mais facilitada, do que se não existissem escolas e universidades.
Bom, é isso aí.
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 

Vou tocar no assunto do “Não Julgueis”.
Muitos falam “Não Julgueis”. Só que julgar não é apenas julgar uma pessoa pela aparência.
Julgar também é avaliar, emitir uma opinião, reputar, ter-se por, considerar-se, formular um juízo.
Pêr exemplo: quando alguém diz: “Charlene é bonita”, está a se julgar que Charlene é bonita, pois a está avaliando como sendo bonita, pois está emitindo uma opinião e formulando um juízo, de que Charlene é bonita.
Quando se diz: “Marye é uma menina muito feia e não obedece ao seu pai e a sua mãe”, também se está julgando, pois está a se avaliar que ela é feia e não obedece ao pai e a mãe, pois está a emitir uma opinião e a formular um juízo sobre a Marye.
Não é errado o julgar, mas o errado e o condenado em Mateus 7 versos 1 ao 5, não é o julgar em si, mas o Julgamento temerário, mas o julgamento precipitado
Sempre quando dizemos que alguém é feio, bonito, gordeo ou magro, ou quando dizemos que lugar de ladrão é na cadeia, ou que todo aquele que comete crime deve ser preso, ou quando dizemos que tal pessoa é mal educada ou têm boa educação, e etc;, querendo ou não a turma do “Não julgueis”, está sim, a se julgar pessoas. Se você me diz que “Eu sou bonito”, você está a julgar a minha pessoa, e me julgando como sendo bonito. Se você me diz : “Você é mal educado!”, querendo ou não, gostando ou não, está a me julgar como sendo um mal educado. Se você me diz que eu sou bem educado e inteligente, você esta a me julgar como sendo uma pessoa bem educada e inteligente. Você aceite ou não, concorde ou não, ao dizer tais frases está a fazer julgamento, E tu podes até dizer que ao proferir tais frases não está a julgar, que isso não muda o fato de estar a julgar querendo ou não querendo.
A questão não é se certo ou não julgar, mas em que casos que se deve ou não julgar pessoas, pois querendo ou não, sempre estamos a julgarmos pessoas, e até mesmo quando dizemos que tal pessoa fez uma comida deliciosa, e stamos a julgar que tal pessoa fez uma comida deliciosa. Não há como escapar disso.
E, essa história de que se deve se julgar que é perfeito para julgar aos outros ou ver se é perfeito para se julgar aos outros, deixo dizer uma coisa:
Então se para se julgar a outrem têm que ser perfeito ou se julgar a si mesmo para ver se é perfeito, então logo se há um problema sério nisso. Nesse caso para uma pessoa julgar-se perfeita ou julgar que é perfeita, ela teria que ser perfeita, e visto que ninguém é perfeito, como então uma pessoa poderia se julgar perfeita, visto que precisaria ser perfeita para se julgar perfeita? Não têm como. Logo tal argumento se destrói a si mesmo.
Mas, vamos em frente. Se para se julgar é necessário se julgar ser perfeito ou ser perfeito, então como se pode obedecer ao Mandamento Bíblico de forma coerente de que devemos nos julgarmos a nós mesmos, inclusive julgarmos a nós mesmos se permanecermos na fé? Oras, se eu não sou perfeito, e pessoas inclui eu mesmo , como poderei julgar a mim mesmo se for necessário ser perfeito para se fazer qualquer tipo de julgamento?
E indo um pouco mais, o Apóstolo Paulo mesmo falou para julgarmos tudo o que ele, o Apóstolo Paulo, estava dizendo? Como poderei julgar um ensino, se para se julgar têm que ser perfeito, e se não se pode julgar? Vejam o absurdo desse tipo de afirmativa que exige que se seja perfeito para julgar, coisa que nem Jesus e nem os Apóstolos exigiram que fôssemos perfeitos?
E, a coisa se complica ainda mais, pois Jesus mesmo disse: “Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça.” João 7 verso 24.
Com certeza dirão que Jesus disse: “Vós julgais segundo a carne; eu a ninguém julgo." João 8 verso 15.
Mas, pôr acaso, leram o verso seguinte, para verem o que Jesus diz?
João 8 verso 16, diz: “E, se na verdade julgo, o meu juízo é verdadeiro, porque não sou eu só, mas eu e o Pai que me enviou."
O problema ali era que estavamn julgando a Jesus segundo a carne, e não segundo a reta Justiça. O próprio Jesus diz que se na verdade, ELE, Jesus, julgava, o seu juízo é verdadeiro, pois não é só ELE, mas ELE e o Pai que o enviou.
Outro problema que há com esse tal de “Não Julgueis”, que é repetido totalmente fora do seu contexto, é que se todo tipo de julgamento é errado, e que se é necessário ser perfeito para julgar, como então se poderá a Igreja cumprir fielmente o que está escrito em Mateus 18 ao 17? Vejam o que diz tal texto:
“Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão;
Mas, se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda a palavra seja confirmada.
E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, se também não escutar a igreja, considera-o como um gentio e publicano."
Esse texto se refere a disciplina na Igreja, a excomungar irmãos e irmãs que vivem no pecado, causando escândalos a Igreja, e que não se arrependem. Agora, como poderá excluir um membro da Igreja, que não dá ouvidos a Igreja, que prefere continuar causando escândalos no meio do povo de Deus, causando dissensões, promovendo heresias, se não for através de um Julgamento feito por parte da Igreja?: Toda Disciplina da Igreja, e todo caso de excomunhão exige julgamento, exige que se julgue.
E vede que a nenhum dos Apóstolos que o Senhor Jesus ordenou que fizessem tal coisa era perfeito. Só para citar um exemplo, o Apóstolo Pedro foi o Apóstolo que negou a Jesus três vezes, e que tempos depois agiu com dissimulação sendo necessário que o Apóstolo Paulo o repreendesse publicamente. E, para que o Apóstolo Paulo, que também não era perfeito, pois foi grande perseguidor da Igreja, precisou de julgar que o Apóstolo Pedro não estava agindo corretamente conforme a doutrina, mas com atitude dissimulada, levando a muitos nessa atitude dissimulada.
Julguem vós mesmos o que digo. Julguem vós mesmos. E, não precisam serem perfeitos, pois eu também não sou perfeito, e Deus não exige perfeição para isso. Mas, julguem segundo a reta Justiça de Deus o que tenho vos dito.
Que Deus vos abençoe!
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
O Arco Íris não é símbolo do Homossexualismo. O fato do Movimento LGBT querer usar o Arco- Íris como Símbolo do Movimento Homossexualismo se constitui em Vilipêndio de Culto, em profanação, e em afronta ao Deus Vivo, e em ATO CRIMINOSO da pior espécie possível.
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
1
People
Have him in circles
57 people
Silas Roberto's profile photo
Dayana Cristina's profile photo
Lilith Bellenos's profile photo
lucas eduardo's profile photo
Bea Andrade's profile photo
Cristiano Lage Campos's profile photo
Carlindo Rodrigues Miranda's profile photo
William Douglas's profile photo
tania thomas's profile photo
Basic Information
Gender
Male