Profile

Cover photo
Carlos Henrique Xavier
57 followers|8,022 views
AboutPostsPhotosVideos

Stream

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 

Deixo só falar uma coisa sobre a Rede Globo e Babilônia.
Para começo de conversa, há um bom tempo não fico perdendo meu utilíssimo tempo com Novelas Globais.
Posto isto, é importante afirmar que cada um tira do seu coração aquilo que está dentro do seu coração. A Rede Globo não foge num só centímentro a essa regra.
A Rede Globo têm no seu c oração muita imundícia da carne. Já se é de conhecimento Público que a Globo gosta mesmo é de promover o pecado do homossexualismo, divórcios, e outras coisas que se vêm nas novelas da Globo, e que a Globo não têm nenhum compromisso com a moral e os bons costumes, e com a valorização da Família Tradicional.
Portanto, qual é a surpresa que a nova novela Lixo da Globo tenha o nome sugestivo de “Babilônia”? Pode uma mangueira produzir jaca? Ou um pé de Jaca produzir manga? Pode uma vaca dar a luz a um macaco ou uma macaca dar a luz a uma vaca? Claro que não se pode pessoal.
Portanto, da mesma forma a Globo que sempre foi uma Emissora que promoveu imoralidades, e que sempre esta a apresentar sujeiras e mais sujeiras em suas novelas globais e em outros programas da própria Emissora, não poderia agir diferente de sua própria má natureza.
O que quero com isso dizer? Que a novela Babilônia é a cara da Rede Globo. Agora, a Globo resolveu produzir uma novela que seja a própria cara da Globo, para demonstrar ao mundo inteiro como ela é por dentro. Se bem que eu acho, que a Globo para ser ainda mais coerente, poderia mudar o nome de Rede Globo para Rede Babilônia, ou para Rede Globo Babilônia.
E, quanto aos que ficam assistindo Novelas da Globo e ficam reclamando do lixo dessas novelas, deveriam no mínimo pararem de assistirem esses lixos.
A Globo, com essa Novela, só está mostrando o que ela própria o é na realidade: Uma Verdadeira Babilônia Televisiva, com toda sorte de podridão e promoção do pecado.
Meu Conselho para quem está disposto a seguir meu conselho, é o seguinte: não fique perdendo tempo com esse lixo de Novelas Globais. Assim como eu não às assisto, não às assista. Não perca tempo com a Globo assim como eu não fico perdendo tempo com a Globo. Há muitas coisas muito mais importantes e interessantes do que os lixos televisivos da Rede Globo.
E, pôr favor: nem me venham falarem do próximo capítulo de novela global, pois não tenho interesse algum, e nem quero saber. Não estou disposto a ficar perdendo tempo com tal tipo de coisa. Tenho coisas mais importantes a fazer do que isso. Obrigado pela vossa atenção.
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
1
Add a comment...
 
Agora  o  que  cada  um  deveria  estar  pensando,  é  no  seguinte:  como  me  preparar  para  o  iminente  fim  do  Brasil?  O  que  fazer  para  quando  o  Brasil  chegar  ao  seu  fim,  poder  me  arrumar  minha  vida  e  seguir  em  frente?
Creio  ser  importante  essa  preparação,  pois  o  Brasil  já  não  têm  mais  jeito  mesmo,  e  muito  em  breve  há  de  vir  a  óbito.
Atenciosamente,  Carlos  Henrique  Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
Bom,  já  deixo  aqui  bem  claro  que  eu  já  não  tenho  qualquer  esperança  de  que  o  Brasil  melhore.  No  meu  entender  o  Brasil  só  está  dando  os  seus  últimos  suspiros  de  vida  antes  de  finalmente  vir  a  óbito.
O  Brasil  já  não  têm  mais  qualquer  chance  de  reanimação.
Atenciosamente,  Carlos  Henrique  Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 

Leiam tudo antes de comentarem e dizerem qualquer coisa. Há muito tempo já estava querendo escrever sobre isso e tratar do assunto. Boa leitura.
Muitas vezes, essa dita imprensa e muitos inimigos do Cristianismo, sempre aparecem com os tais Evangelhos Apócrifos, como se os tais tivessem autoridade.
E, além disso, sempre acusam os Cristãos de tê-los rejeitado, e usam disso para afirmarem que os apócrifos revelam-n os o verdadeiro Jesus Cristo, e mais um Monte de Ladainha.
No Evangelho Apócrifo de Tomé, o Dídimo, no dito capítulo 114, se encontra a seguinte conversa abaixo citada: E
“Simão Pedro disse-lhes: "Que Maria saia de nosso meio, pois as mulheres não são dignas da vida."
Jesus disse: "Eu mesmo vou guiá-la para torná-la macho, para que ela também possa tornar-se um espírito vivo semelhante a vós machos. Porque toda mulher que se tornar macho entrará no Reino do Céu”."
Vejam o absurdo que nesse texto é ensinado: que toda mulher para entrar no Reino do Céu precisa se tornar macho, precisa se tornar um homem. Resumindo tal absurdo: somente homens podem entrarem no céu, e se uma mulher quiser entrar no céu terá que virar homem. Já imaginaram um Pastor entrando na Igreja, e no púlpito pregar o seguinte: “Somente homens vão entrarem no céu. Se você é mulher e quer ir para o céu terá que virar macho, do contrário está condenada”?
No mesmo dia, a Imprensa sairia com uma manchete acusando o tal Pastor de preconceito contra às mulheres. Mas, é justamente o que o tal Evangelho Apócrifo ensina. E, essa dita Imprensa hipócrita fica a fazer propaganda de textos apócrifos, de Evangelhos Apócrifos como esse, só para atacar o Cristianismo. Da próxima vez, que numa reportagem sair alguma matéria sensacionalista a favor de um Evangelho apócrifo, pergunte para o autor da matéria e para o dito jornal e revista, e principalmente se você é mulher, o seguinte: “Então a mulher têm que virar macho para entrar no Reino dos céus?” E, se estranharem a pergunta, citem o tal texto apócrifo para desmascarar a hipocrisia dessa Imprensa sensacionalista.
Fiquemos tão somente com o Evangelho. Esses textos apócrifos foram rejeitados justamente por erros e heresias e falsos ensinos, como o citado acima.
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 

O problema de certos artigos sobre questões bíblicas e de textos bíblicos, não é quando estão apresentando argumentos bíblicos. Até aí tudo bem, e tudo ótimo. O problema de certos artigos começam, isto sim, quando ao invés de se aterem tão somente ao que diz a Bíblia, já começam a citarem o que diz a Psicologia, o que diz a genética, o que diz a chamada “ciência” e outras coisas do tipo. Aí é que está o problema, o qual considero insuportável, e que não dá para engolir mesmo!
E, também em pregações, só se deve pregar o que diz a Bíblia, a Escritura Sagrada, a Palavra de Deus. Enquanto se prega a Palavra de Deus está bom. Agora, o problema começa nas pregações, quando além do que diz o ensino bíblico, já se começa a colocar no meio o que diz a Psicologia, a psiquiatria, a chamada “ciência”, a genética.
E, então, cabe aqui uma pergunta: está a se ensinar e a se pregar a Palavra de Deus, o ensino bíblico? Ou se está a se ensinar e a se pregar biologia, psicologia, física, química, psiquiatria, a chamada “ciência” e a genética? Se é a Palavra que seja tão somente a Palavra, o que diz o ensino Bíblico. Agora, se é essas outras coisas, favor me informarem, pois nesse caso, bastaria apenas pesquisar na internet, que saberei perfeitamente de todas essas outras coisas.
Bom. Pronto, Falei!
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
Quando uma pessoa diz: "Ninguém se importa comigo", a solução não é fazer com que essa pessoa se auto-valorize ou melhore ainda mais a sua auto-estima. Tal pessoa já está se auto-valorizando e se auto-estimando e muito, e têm a vida focada em si mesma, achando que o mundo gira em torno dela e que protanto às pessoas têm o dever e obrigação de se importar com ela, pois ela é o Ser mais importante do mundo, e que ela é a melhor pessoa do mundo, totalmente perfeita, e que portanto é inaceitável que ninguém se importe com ela. A solução é tirar o foco da própria pessoa, é fazer com que a pessoa entenda e veja que o mundo não gira em torno dela, que é necessário que ela deixe de estar focada em si mesma.
Somente quando o foco é tirado do "Eu" é que o problema da pessoa será resolvido.
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
 

REPÚBLICA DAS BANANAS


Em algum lugar do mundo, existe uma certa nação chamada República das Bananas.
Na República das bananas, às escolas são públicas, os hospitais são públicos, o transporte é público, e a saúde, a educação e o transporte é tudo de graça para a população.
E, nesse dito País, um dos dez mais pobres do mundo, aconteceu que num certo dia, um grupo de estudantes estava indo para a escola. Claro que todos os demais estudantes pensavam e agiam iguais a eles.
E, então resolveram tratarem do seguinte assunto enquanto iam para a escola: “Por quê eu vou para a escola?”
E, uma menina, chamada Marilena, falou:
- Olha só pessoal. Se ficar em casa eu tenho que lavar roupa, lavar louças, e fazer todo o serviço doméstico. E como eu odeio trabalhar, e como não pago nada para estudar, só vou para a escola para ficar dormindo na sala de aula, pois se ficar em casa minha mãe não vai me deixar ficar deitada na cama o dia inteiro, como eu bem pretendo fazer. Assinado: Marilena.
E, então, um garoto chamado Vítor, falou:
- Quem diz que eu vou para estudar. Não tenho que pagar nada para ir na escola e para estudar. Não dizem que a escola é para sociabilidade? Pois bem vou lá para me sociabilizar, ou seja, para ficar conversando e não fazer nada. Isso é ser o mais sociável possível.
E, então, a Claudinha, falou:
- Só vou na escola mesma para ficar namorando o Guilherminho. Ele é tão lindo e bonito. Na hora da aula, peço para ir ao banheiro, e fico namo rando ele até o sinal para ir embora. Educação não é gratuita? Sim, o é. Portanto, não vale nada, pois se valesse alguma coisa cobrariam por ela.
E, o Robertinho, olhou para todos, e falou:
- Só vou para ficar vendo a professora que é linda, e sem fazer nada. Depois no final do ano, jogo todo o meu caderno no lixo e taco fogo.
E, o Mateusinho, falou:
- Uniforme é de graça, caderno é de graça, educação é de graça, tudo é de graça. O Governo é que paga por tudo isso. Portanto, só vou mesmo a escola para ficar rabiscando a cadeira, e para depois dizer na maior hipocrisia que sou estudante e que estou estudando.
E, a Silvinha, falou:
- Oras, só venho pois no final do ano, se eu não faltar às aulas, o meu pai vai me dar aquele presentão. Não estou nenhum pouco interessada em aprender nada. Colo na prova mesma, faço de conta que estou aprendendo, e vou passando de ano. Não vejo a hora de sair dessa dita escola.
- Só vou para ficar escutando música no meu radinho de ouvido. A professora nem nota que estou escutando música. Sou tão comportadinho que a professora acha que sou inteligente. Falou o Alfredinho.
E, a Jamily, falou:
- Fico quieta, finjo que estou estudando e estou prestando atenção. Faço perguntas só para a professora acreditar que estou interessada na matéria. Faço uma colinha a qual escondo e bem escondida, e um dia antes da prova descubro tudo que vai cair na prova, e aí fica bem fácil: só tiro 10. Claro que o método que eu tenho para descobrir o que vai cair na prova é segredo de Estado. Só vou na escola mesmo pois é obrigatório, e pois se não for não vou viajar nas férias. Minha mãe me disse que se eu não tirar boas notas e não passar de ano, nada de viagem e nada de presentes. Já que ela me chantageia desse jeito, e visto que eu odeio escola só vou para daqui uns vinte anos escrever o seguinte livro: “Escola, o Terrorismo”, em que vou destilar tudo o que agora estou escondendo, contra o sistema escolar.
E, a Adriana, disse:
- Só vou na escola para ficar fuçando lá na diretoria quando a Diretora não está lá. Eu mexo no computador da Secretaria e mudo ás notas de todos os alunos, por isso é que ninguém repete de ano.
- Interessante que no último Exame Nacional das Bananas, a nossa escola foi nota 10. Falou o Mateusinho.
- Claro, pois eu acessei o site do Exame Nacion al das Bananas e alterei nossas notas e a Nota da Nossa Escola no dito exame, e não só da nossa escola, como das outras também, fazendo com que todas tivessem nota 10. Respondeu a Adriana.
- Isso é errado. Falou a Simoninha.
- Quem se importa. Dizem que às escolas são para sociabilizar, não é? O importante é a sociabilização, não o aprendizado. Aprendizado não têm valor algum, pois é de graça, e não temos que pagar nada pela nossa aprendizagem, pela nossa educação.
E, em todas às partes daquela nação não se era nenhum pouco diferente do descrito acima.
Moral da História: sempre quando às coisas são de graça não se é dado valor e não se é valorizado. Só se têm valor aquilo que custa algum preço para ser conquistado. A Educação e quaisquer outras coisas, seja saúde, casa, transporte, jamais melhorará enquanto for gratuita e for pública, e enquanto não custar no próprio bolso para se consegui-la.
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
View original post
1
Have him in circles
57 people
Vivendo na América (FACOSEUVISTO)'s profile photo
Valmir José Schmidt's profile photo
Roberto Fernando Costa's profile photo
Carlos Eduardo Fernandes de Santana's profile photo
LIDIANE KATERINE's profile photo
Rodrigo Darvile Silva's profile photo
Bruno Phillipe's profile photo
tania thomas's profile photo
Ana Paula Fonseca's profile photo

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
Assim  como  ocorreu  com  o  Império  Romano  que  teve  o  seu  fim  no  ano  de  476  D.C.,  assim  o  Brasil  caminha  para  o  seu  iminente  fim.  O  fim  da  nação  brasileira  é  imenente,  e  não  há  nada  que  se  possa  fazer  para  evitar  esse  trágico  fim.  Pode-se  até  tentar,  mas  todo  e  qualquer  esforço  para  salvar  o  Brasil  é  totalmente  inútil.
O  melhor  que  se  pode  fazer  é  se  preparar  para  o  fim  trágico  do  Brasil,  de  uma  nação  que  já  está  com  os  seus  dias  contados.
Atenciosamente,  Carlos  Henrique  Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 

Acumular riquezas com o suor do seu rosto e com o seu trabalho, não é errado. Acumular riquezas adquiridas de forma honesta, com o suor do trabalho, não é errado e nem pecado, pois toda a riqueza acumulada foi com trabalho, e foi conquistada de forma honesta, sem roubo e sem furto.
Agora, o que é errado, o que é pecado e que também deve ser severamente punido é uma pessoa, mesmo que esteja em estado de extrema necessidade, pegar do bem de outrem, de outra pessoa, para satisfazer sua necessidade. Isso é ser Ladrão, é ser roubador. Quem faz isso não vai herdar o reino de Deus. E tal coisa viola dois Mandamentos: o que proíbe o furto e o que proíbe cobiçar às coisas alheias.
Tirar de quem têm para se dar a quem não têm, não importando o motivo, também é roubo. E quem faz isso não vai herdar o reino de Deus. E tal coisa viola dois Mandamentos: o que proíbe o furto e o que proíbe cobiçar às coisas alheias.
Invadir terras, sejam tais terras produtivas ou improdutivas também é violar os Mandamentos que proíbe m o furto e o que proíbe cobiçar às coisas alheias, e quem faz tal coisa Não vai herdar o Reino de Deus.
É totalmente terrorismo tirar-se a propriedade de uma pessoa, de um proprietário só porquẽ se é terra improdutiva. Isso é roubo e é algo de terrorismo, E PONTO FINAL!
Os bens que uma pessoa possui, sejam produtivos ou improdutivos, são totalmente para usufruto da própria pessoa, e não são “bem comum”, não pertencem a sociedade, mas ao seu proprietário. Defender essas idéias diabólicas de “bem comum” e de “justiça social” não é nada diferente do que petrolão e mensalão. É tudo o mesmo lixo. Dizer o contrário disso é ser mentiroso e amar a mentira. E, Ponto Final e não se discute Mais!
Atenciosamente,  Carlos  Henrique  Xavier.
 ·  Translate
1

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 
#‎apagãoriopretocomeça15demarço‬
Apagão em Rio Preto já têm data para começar. Próximo Dia 15 de Março de 2015.
A partir dessa data a iluminação Pública deixa de s er responsabilidade da CPFL passando a ser da Prefeitura.
Meus Pêsames por essa decisão que foi um acordo entre Prefeitura de Rio Preto e a CPFL.
Agora, se preparem para andarem nas ruas de S.J.R.P., no escuro, pois quando ficar tudo no escuro, só um ano depois no mínimo, ou dois ou quatro anos depois para o problema ser resolvido.
É momento de chorar - e não de se alegrar - com esse infeliz acordo, com essa infeliz decisão.
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
2

Carlos Henrique Xavier

Shared publicly  - 
 

Foi no movimento da rua Azusa que se iniciou o chamado Movimento Pentecostal, que é de onde surgiram todas às Igrejas Pentecostais que hoje existem.
Nos dias atuais em que em muitos púlpitos Pentecostais se prega e se ensina a auto-estima, a auto-valorização de si mesmo, é bem interessante que no início do Movimento Pentecostal, quando Deus agia e transformava corações, um dos efeitos não era a melhoria da auto-estima, mas como se é relatado no trecho abaixo, “o orgulho e a auto-afirmação, a auto-importância e a auto-estima não podiam sobreviver aqui, O ego religioso pregava rapidamente seu próprio sermão de enterro.” Portanto, será que Deus mudou? Creio que não! E isso me leva a uma pergunta: Sera que às Igrejas Pentecostais de hoje que tanto ensinam melhoria de auto-estima e auto-valorização de si mesmo, querem um verdadeiro e genuíno Avivamento pelo Poder de Deus? O testemunho abaixo é bem claro: aonde há ação do Espírito Santo de Deus não há espaço para auto-importância, para auto-estima, para auto-valorização de si mesmo. Agora, leiam o testemunho abaixo.

“Nunca o local estava fechado ou vazio. O povo vinha se encontrar com Deus. Ele estava ali. Por isso a reunião era contínua e não carecia de liderança humana. A presença de Deus tornava-se mais e mais maravilhosa. Naquele velho prédio de teto baixo e piso descoberto Deus fazia em pedaços homens e mulheres fortes e tornava a juntá-los outra vez para Sua glória. Era um tremendo processo de desmontagem e revisão geral. O orgulho e a auto-afirmação, a auto-importância e a auto-estima, não podiam sobreviver aqui.
O ego religioso pregava rapidamente seu próprio sermão de enterro.” A História do Avivamento Azusa, pág. 49.
E, se alguém quer comprovar o que digo por si mesmo, é só clicar no seguinte link, e baixar o arquivo em PDF: http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=2&cad=rja&uact=8&ved=0CCcQFjAB&url=http%3A%2F%2Fwww.avivamentoja.com%2Fdownload%2FA_Historia_do_Avivamento_Azusa.pdf&ei=yTvrVLG0Ha3ksATGrIDoDw&usg=AFQjCNE7WFPTML3VFuIYl0j1vI_kTglN6w&sig2=XuGFXV9Gj9lpL_ks1MQ2ow
Atenciosamente, Carlos Henrique Xavier.
 ·  Translate
1
 
O vmaior  preconceito  de  todos  têm  um   nome  e  se  chamja:  Governo  Federal  Brasileiro.  Esse  preconceito,  chamado  Governo  Federal  Brasileiro  precisa  de  ser  combatido.
Atenciosamente,  Carlos  Henrique  Xavier.
 ·  Translate
1
People
Have him in circles
57 people
Vivendo na América (FACOSEUVISTO)'s profile photo
Valmir José Schmidt's profile photo
Roberto Fernando Costa's profile photo
Carlos Eduardo Fernandes de Santana's profile photo
LIDIANE KATERINE's profile photo
Rodrigo Darvile Silva's profile photo
Bruno Phillipe's profile photo
tania thomas's profile photo
Ana Paula Fonseca's profile photo
Basic Information
Gender
Male