Profile

Cover photo
Francisco Campira Jr
Worked at PASOMO
Lives in Maputo, Moçambique
445 followers|2,210 views
AboutPostsPhotosVideos

Stream

Francisco Campira Jr

Shared publicly  - 
 
Para que o Mundo saiba

Mais uma vez,o regime da FRELIMO, usa as Forcas de Defesa e Seguranca, para calar a voz dos OPOSITORES DA SOCIEDADE CIVIL E POLITICA.

O Presidente do Forum dos Desmobilizados de Guerra de Mocambique FDGM, foi raptado por agentes a paisana e encarcerado na cela do Tribunal Judicial Khampfumo. O seu rapto, ocorreu pelas 6 hotas e 15 minutos de hoje, dia 13 de Fevereiro de 2013 na sua residência, tendo as ditas Forcas, entrado a forca na sua residência,algemando o Herminio e arrastando-o para um dos 3 carros que com eles vinham.

Que triste cena esta, que quanto a nós constitui uma grave violacao aos Direitos Humanos e nao só, como tambem a CONSTITUICAO DA REPUBLICA DE MOCAMBIQUE, porquanto este não foi notificado e nem sequer lhe foi apresentado um MANDATO DE CAPTURA,

Nós do Partido de Ampliação Social de Moçambique - PASOMO, exigimos a soltura imediata e incodicional de Herminio dos Santos, por parte da Policia da Republica de Mocambique.

Este cenário, tem como corolario, a tentativa de detencao ocorrida no dia 25 de Dezembro de 2012, quando agentes das Forcas de Defesa e Seguranca pretendiam fazer desaparecer e silenciar Partidos Politicos e os Desmobilizados, acusando estes grupos de pressão de pretenderem criar disturbuios e tomar 19 Ministerios do Governo Moçambicano.

Hermínio nao só foi taptado, como tambem foi agredido por tais agentes.

O julgamento, foi marcado para sexta-feira as 10 horas, dia 15 de Fevereiro, no Tribunal Judicial

Francisco Campira
Presidente do PASOMO
ppasomo@gmail.com
 ·  Translate
1
Helder Malauene's profile photo
 
Isto 'e mau e parece que nao levamos muito a serio este tipo de situacoes........Muito Mau!
 ·  Translate
Add a comment...

Francisco Campira Jr

Shared publicly  - 
 
http://www.opais.co.mz/index.php/economia/38-economia/23339-estado-mocambicano-passa-a-controlar-100-do-bni.html

Uma boa explicação em relação a constituição deste banco e seus reais objectivos é necessária para esclarecer ao cidadão contribuinte dos quais irão ser tiradas as verbas para essa compra. Quando este banco foi constituido entraram estes accionistas que agora abdicam da sua cota neste, a grande questão é porquê em tão pouco tempo perderam interesse nesta instituição financeira, que acordo foi assinado com o Governo? Quem esta desccontente ou quem já não tem capacidade ou interesse de estar na sociedade? Porquê? Esta parece.me ser uma situação de maus uso do dinheiro do estado? Como vamos pagar a estes accionistas se o nosso orçamento é dificiente? Vamos contrair dividas com quem?... O que eu tenho conhecimento é que esta Instituição foi recheada de uma Elite vinda de algumas Instituições Financeiras do nosso País, de onde alguns se reformaram e lançaram-se no novo e desáfio que é o BNI, agora meus senhores porquê a CGD e o BCI já não os querem sustentar, vai sustenta-los o Estado fazendo-os acumular dois benefícios remuneratórios? Reforma e Novo Salario como Gestores desta Instituição. Se assim for espero que o Dr. Maleiane e outros que lá se encontram em condições similares sejam já retirados. Peço em nome do Povo Moçambicano que sejam transparentes na abordagem deste negócio, para que não nos deixem com a suspeita de que se trata de uma manobra de usurpação dos cofres do Estado. Deixo aqui o sitio desta instituição para quem ainda não conhece http://www.bni.co.mz/ , a informação nele contida é muito pobre e mais se parece com uma pequena empresa de consultoria do que com uma Instituição Financeira com os propositos que aqui são aludidos e com a grandeza de valores que aqui se apresentam. A menos que as minhas suspeitas sejam reiais, aplicaram este magestosos valores na Capitalização do Banco aquirindo Imobilizado e outros activos que pouca ou nenhuma utilidade e benefíco trouxeram ao nossos contribuintes se não só beneficiando seus accionistas e gestores. O que este banco faz, o que ele já fez de concreto ? Quanto isso rendou aos cofres publicos? Expliquem ao comum cidadão isso é um dever do Governo e uma obrigação para acompanhar estes processos de compra e venda que envolve grandes valores e as pessoas precisam conhecer os seus benefícios.

Pela Transparência e Integridade.

Saudosos Cumprimentos 

Francisco Campira
 ·  Translate
1
Add a comment...

Francisco Campira Jr

Shared publicly  - 
 
LUZ DO CÊU
Vou iniciar esta interacção no Google+ , num ano que tenho em mim, ser de êxito, pois o optimismo deve ser a bandeira na batalha pelo desenvolvimento do nosso País.
Feliz ano novo, feliz ano de 2012, que o País seja próspero, que vivamos em paz, que haja justiça, justiça na distribuição dos rendimentos (nossa riqueza), na resolução dos conflitos, justiça social, no trabalho, enfim, em todas as áreas da nossa vida quotidiana.
Iniciamos o ano 2012, com o arranque do ano judicial, legislativo e executivo, com a realização de matrículas escolares, com a planificação familiar, por meio de perspectivas, com o arranque dos jogos de futebol (CAF, Nacional, Provincial, etc.) e porque não politico partidário.
É no âmbito das políticas partidárias que pretendo falar.
Nos anos 2013 e 2014 vão se realizar as eleições autárquicas e gerais, que irão cimentar o processo da Democracia multipartidária.
Na minha modesta visão o figurino dos partidos políticos começa a ganhar uma nova forma, pois a correlação das forças afigura-se mais renhida com a presença no terreno de alguns partidos políticos que procuram ganhar espaço quer a nível dos órgãos do poder, refiro-me na Assembleia da República, Assembleias Provinciais e nos Conselhos Municipais e a presença mais activa de alguns partidos políticos extra órgãos do poder que poderão, se a imprimirem actividades, quer na sua implantação a nível territorial e internacional, quer na interacção com os órgãos do poder, com o Presidente da República, com os membros do Conselho de Ministros, com a AR, com a Justiça, no acompanhamento do PES-OE, com os Governos Provinciais, Distritais, postos administrativos, com as comunidades e Conselhos Municipais.
O estabelecimento e interacção de relações com a Comunidade Internacional, através das Embaixadas e Consulados acreditados no país se afigura muito importante.
Ainda no rol das actividades externas, o contacto permanente com os cidadãos nacionais e estrangeiros se afigura muito importante, a observação de toda a vida do País e do Mundo e da intervenção por meio de entrevistas aos órgãos de Comunicação Social, a participação em seminários, colóquios, workshops e porque não, marcar presença em jogos desportivos, em actividades culturais, em shows musicais, lançamentos de livros, feiras e exposições de pinturas, etc.
No âmbito interno, urge que os partidos políticos que se querem afirmar e marcarem presença a nível dos vários órgãos do poder, realizam congressos, conselhos nacionais, reuniões das comissões políticas, reuniões de quadros entre outras actividades que definem as políticas internas e externas dos partidos, de execução entre outras acções.
O Partido de Ampliação Social de Moçambique – PASOMO, pretende ser uma alternativa política para os moçambicanos.
Temos consciência das inúmeras dificuldades e barreiras a que estamos expostos, para a nossa implantação e levar a cabo todas as acções, mas também temos a consciência plena de que poderemos ser uma alternativa, se conseguirmos até á realização das eleições Autárquicas e Gerais de 2013 e 2014, que quanto a nós serão muito renhidas, mantermos viva os ideais e perspectivas do PASOMO.
Fica assim aqui, a nossa visão de uma alternativa que se pretende afirmar.
Desde já fica marcado o lançamento do segundo artigo para daqui a 15 dias.
Abraços a todos os moçambicanos e continuamos a desejar um bom inicio do ano 2012.


Francisco Campira
Presidente do PASOMO
 ·  Translate
1
Add a comment...
In his circles
948 people
Have him in circles
445 people
Patrick Mondlane's profile photo
Banucho Cassamo's profile photo
Nuno Teixeira's profile photo
Mohammad Tassin Sidi's profile photo

Francisco Campira Jr

Shared publicly  - 
 
Para que o Mundo saiba

Mais uma vez,o regime da FRELIMO, usa as Forcas de Defesa e Seguranca, para calar a voz dos OPOSITORES DA SOCIEDADE CIVIL E POLITICA.

O Presidente do Forum dos Desmobilizados de Guerra de Mocambique FDGM, foi raptado por agentes a paisana e encarcerado na cela do Tribunal Judicial Khampfumo. O seu rapto, ocorreu pelas 6 hotas e 15 minutos de hoje, dia 13 de Fevereiro de 2013 na sua residência, tendo as ditas Forcas, entrado a forca na sua residência,algemando o Herminio e arrastando-o para um dos 3 carros que com eles vinham.

Que triste cena esta, que quanto a nós constitui uma grave violacao aos Direitos Humanos e nao só, como tambem a CONSTITUICAO DA REPUBLICA DE MOCAMBIQUE, porquanto este não foi notificado e nem sequer lhe foi apresentado um MANDATO DE CAPTURA,

Nós do Partido de Ampliação Social de Moçambique - PASOMO, exigimos a soltura imediata e incodicional de Herminio dos Santos, por parte da Policia da Republica de Mocambique.

Este cenário, tem como corolario, a tentativa de detencao ocorrida no dia 25 de Dezembro de 2012, quando agentes das Forcas de Defesa e Seguranca pretendiam fazer desaparecer e silenciar Partidos Politicos e os Desmobilizados, acusando estes grupos de pressão de pretenderem criar disturbuios e tomar 19 Ministerios do Governo Moçambicano.

Hermínio nao só foi taptado, como tambem foi agredido por tais agentes.

O julgamento, foi marcado para sexta-feira as 10 horas, dia 15 de Fevereiro, no Tribunal Judicial

Francisco Campira
Presidente do PASOMO
ppasomo@gmail.com
 ·  Translate
1
Add a comment...

Francisco Campira Jr

Shared publicly  - 
 
Convido a todos os Moçambicanos que como eu estão indignados com os varios problemas que o mau tempo e as chuvas tem provocado tanto na cidade de Maputo como ao longo do País, para fazermos um abaixo assinado ao Governo de Moçambique nas devidas instâncias exigindo que venham dar uma justificação ao seu povo das razões porque o governo não tem prevenido estas situações e que nos apresente os recursos que existem para auxilio as vitimas destas calamidades, visto que esta situção não é nova e no passado já fomos assolados por semelhantes situações.

Grato pelo contributo de todos, juntos faremos um Moçambique melhor...

Cpts

Francisco Campira
 ·  Translate
1
Add a comment...

Francisco Campira Jr

Shared publicly  - 
 
Caros Compatriotas convido-vos a conhecerem e juntarem-se ao Partido de Ampliação Social de Moçambique - PASOMO, e juntos caminhar-mos para o grande desafio que é exercer uma boa Governação a nossa Bela Nação.

As melhores saudações

Francisco Campira
+258 84 573 90 01
fcampira11@gmail.com
 ·  Translate
1
Add a comment...
People
In his circles
948 people
Have him in circles
445 people
Patrick Mondlane's profile photo
Banucho Cassamo's profile photo
Nuno Teixeira's profile photo
Mohammad Tassin Sidi's profile photo
Places
Map of the places this user has livedMap of the places this user has livedMap of the places this user has lived
Currently
Maputo, Moçambique
Work
Employment
  • PASOMO
    Presidente
Basic Information
Gender
Male