Profile cover photo
Profile photo
Rui de Matos Vieira
20 followers -
"this is the worst part - with no crying, no screaming, just sitting with this empty space inside of you and being aware that there is nothing you can do..."
"this is the worst part - with no crying, no screaming, just sitting with this empty space inside of you and being aware that there is nothing you can do..."

20 followers
About
Rui de Matos's posts

Post has attachment
Azimute
Embarco Sigo a rota no
horizonte que outros olharam e traçaram Na amurada a lua
espreita espelhando a água que
as minhas mãos beliscam Parto E não chego Olho e não há fim no
desenho das ondas Encontro-me Em caminhos que tu não
trilhas Desencontro Sempre foi...

Post has attachment
Decisões
22 de agosto 2016 Alguém me disse que tomar decisões pode ser doloroso. É verdade, quando o querer, o gostar e o que "desejamos poder ser" não se conjugam. Não basta gostar. Tem de se querer, o suficiente para poder ser. Tomar decisões pode ser doloroso, mu...

Post has attachment
Decisões
22 de agosto 2016 Alguém me disse que tomar decisões pode ser doloroso. É verdade, quando o querer, o gostar e o que "desejamos poder ser" não se conjugam. Não basta gostar. Tem de se querer, o suficiente para poder ser. Tomar decisões pode ser doloroso, mu...

Post has attachment
Lentamente à descoberta
Lentamente descubro quem sou Distraído das árvores que tombaram até chegar nos teus olhos Eu que tantas vezes pensei ter aportado e outras tantas apenas encontrei folhas secas mirradas do espanto sombrio de uma doca sem saída prenhe de corpos esquecidos  su...

Post has attachment
quero a profundidade
quero a altitude
a largura o comprimento 
o verde e o azul do mundo
o ar e a água
os anjos e os deuses
a alegria e a tristeza
o choro e o riso
e conquistar o mundo no teu corpo

Post has attachment
Espantoso...

Post has attachment
Sombra líquida
há qualquer coisa em ti  que me traz aqui nascente escavando o leito na força de serpentear pelas terras eu, uma sombra líquida Sem diques nem obstáculos cobrindo & acariciando a tua pele sonhando a tua voz  turbilhão ondulante no teu corpo

Post has attachment
Campo de papoilas
dás-me o sopro do teu sorriso enlaçado no meu olhar por dentro do teu sonho como se fizesse amor com a noite e o teu corpo a madrugada num campo de papoilas (entretanto há múltiplas luas a nascerem no teu ventre)

Post has attachment
Não-passa-tempo
a tua mão na minha mão a tua boca na minha (frequentemente a língua intromete-se também) abro os olhos nos teus olhos o meu não-passa-tempo preferido

Post has attachment
Razões e motivos
dás-me uma razão tão breve como húmida entreaberta nos teus lábios dás-me um motivo               tão justo como quente       na circunferência da minha língua na tua entre motivos e razões o teu abraço é âncora   a estrada no teu corpo onde viajam os meus ...
Wait while more posts are being loaded