Profile

Cover photo
Palavra & Arte
Worked at Revista Palavra&Arte
Lives in Angola - Luanda
32 followers|5,926 views
AboutPostsPhotosVideos+1's

Stream

Palavra & Arte

Shared publicly  - 
 
Apreciar uma obra de arte requer um certo “treinamento”. Exige de nós uma postura essencial para a contemplação: a receptividade.

Só pela receptividade é que a observação duma obra transcenderá o acto de olhar para ela. Perceber as nuances, as intenções de cada traço, o movimento… enfim, a mensagem habilita-nos ao mergulho na alma do artista e, consequentemente, tomamos posse de um ponto de vista sobre as nossas próprias almas na perspectiva do autor.

Construir essa receptividade é a qualidade que nos teletransporta ao contexto em que a obra foi produzida, o estado de espírito do autor e etc. É graças a essa qualidade que conseguimos montar o mosaico histórico global.
 ·  Translate
Apreciar uma obra de arte requer um certo “treinamento”. Exige de nós uma postura essencial para a contemplação: a receptividade. Só pela receptividade é que a observação duma obra transcenderá o acto de olhar para ela. Perceber as nuances, as intenções de cada traço, o movimento… enfim, a mensagem habilita-nos ao mergulho na alma doRead More
1
Add a comment...

Palavra & Arte

Shared publicly  - 
 
Numa época em que nós por cá andamos com as “makas” da escassez e preço do pão, Manuel Rui traz-nos o livro a acácia e os pássaros, e a linha que une o livro a essas makas é ténue.

Em poucas páginas, numa narrativa divertida onde tudo tem uma razão de ser, a começar pela escolha dos nomes das personagens principais que, de forma implícita, indicam-nos nuances profundas do tema do livro, com sarcasmo na medida certa, aliado ao discurso indirecto livre e uma linguagem que congrega em si gírias actuais, somos levados a conhecer as makas de Januário por causa do pão e que espelham, no fundo, um pouco daquilo que se vive no contexto nacional actual e também no universal.
 ·  Translate
Numa época em que nós por cá andamos com as “makas” da escassez e preço do pão, Manuel Rui traz-nos o livro a acácia e os pássaros, e a linha que une o livro a essas makas é ténue. Em poucas páginas, numa narrativa divertida onde tudo tem uma razão de ser, a começar pelaRead More
1
Add a comment...

Palavra & Arte

Shared publicly  - 
3
Add a comment...

Palavra & Arte

Shared publicly  - 
 
About the author Related posts Adilson Leão Adilson Leão 25 anos (em 13/10) , cidadão do mundo nascido em Matala-Huila, amante e fiel aventureiro da “Vida”, aprendiz de fotografo, inspirado pela natureza e sua diversidade. Maluco por uma boa fotografia, musica, dança e muitas outras coisas “boas” (diversidade e sem favoritos). Engenharia CivilRead More
3
Edna Kanganjo Nalula's profile photo
 
O que dizer??? Força Adilson, mostra-nos para além do que vemos por meio da tua vida e da tua câmera. Abraços.
 ·  Translate
Add a comment...

Palavra & Arte

Shared publicly  - 
 
Uma escuridão bonita é o título de um dos livros de Ondjaki, escritor angolano cuja escrita faz viajar e desperta o gosto e a curiosidade pela leitura. O livro, de poucas páginas, conta a estória de um beijo, isso mesmo, um beijo. É uma escrita marcada pencantamento e uma forma bonita deRead More
2
Add a comment...

Palavra & Arte

Shared publicly  - 
 
Numa manhã fria de Junho, despertei, ledo, por volta das sete horas. Para trás tinham ficado os dias em que despertava muito cedo e dar no duro. A vida sorriu para mim. Hoje, sou um homem muito rico.

Tomei um banho rápido na minha suíte, que é uma autêntica sumptuosidade. O WC tinha toda a luxúria necessária como se fosse de um verdadeiro palácio, desde o jacuzzi, aos melhores gel-de-banho. A minha consorte estava na Espanha com os meus três filhos, em gozo de férias. Normalmente, nas férias trimestrais, proporciono-lhes viagens a países da Europa. Agora que tenho muito dinheiro, faço questão! Diferente de mim que, enquanto petiz, avião só conhecia vendo no céu.
 ·  Translate
Numa manhã fria de Junho, despertei, ledo, por volta das sete horas. Para trás tinham ficado os dias em que despertava muito cedo e dar no duro. A vida sorriu para mim. Hoje, sou um homem muito rico. Tomei um banho rápido na minha suíte, que é uma autêntica sumptuosidade. O WC tinha toda aRead More
1
Add a comment...

Palavra & Arte

Shared publicly  - 
 
Tenho uma vida sedenta de sabedoria. Aprender a toda hora para mim é tão obrigatório e saudável quanto respirar, porque um maremoto de “porquês” habitam na minha torga e acredito que, enquanto tiver vida, eles ainda continuarão a fazer furor. Quiçá quando eu partir desta para a outra, terminarão. Mas é bom que o aprender seja contínuo e a busca pelas respostas das perguntas “estúpidas” da vida continuem a tilintar a minha vida que, uma vez vivida com vida, tarda a chegada da outra vida sem vida.

No âmbito da busca de saberes, fui conhecendo pessoas que hoje as considero como arquitectas de pensamentos e personalidade. Pessoas com enormes capacidades de discernimento e argúcias agudas que me encantaram e continuam a encantar. Sempre que posso, pergunto qual é o segredo.
 ·  Translate
Tenho uma vida sedenta de sabedoria. Aprender a toda hora para mim é tão obrigatório e saudável quanto respirar, porque um maremoto de “porquês” habitam na minha torga e acredito que, enquanto tiver vida, eles ainda continuarão a fazer furor. Quiçá quando eu partir desta para a outra, terminarão. Mas é bom que o aprenderRead More
1
Add a comment...

Palavra & Arte

Shared publicly  - 
 
"De forma geral, contando com o facto de que a colonização foi um processo não exclusivo de África, mas de várias sociedades espalhadas pelos vários cantos do mundo, a conquista da independência de todos os países que passaram por este processo passou pela literatura, ou seja, grande parte da conquista pelas independências aconteceu na literatura. Esta era uma poderosa forma de resistência e de manifestar oposição aos regimes colonialistas e opressores. A história dá-nos a conhecer vários escritores cujas obras eram proibidas por governos autoritários, de circular ou serem consumidas pelas pessoas por causa do perigo que representavam, por causa da forma como se difundiam ideias opostas a esses governos: tudo pela escrita."
 ·  Translate
Quem conhece história de Angola tem noção do 'papel da palavra escrita' para a formação daquela a que hoje chamamos “Nação Angolana”. Essa palavra escrita que é a principal ferramenta da literatura (genericamente) foi usada durante muito tempo pelos nacionalistas angolanos como forma, primeiro, de expressar a resistência cultural, ou seja, negar a imposição de uma cultura que seRead More
3
Add a comment...

Palavra & Arte

Shared publicly  - 
3
Add a comment...

Palavra & Arte

Shared publicly  - 
 
Algures na imensidão do Universo, escondido no brilho estelar da Via Láctea, localizado na crosta da Terra, um território secreto permitia-se ser o anfitrião de alguns heróis julgados mortos pela maioria. O lugar tinha o nome de Luia e ficava perto do rio Luembe, na Lunda-Norte. Ladeado por cubatas e algumas palmeiras, um enorme grupo de pessoas estava emRead More
1
Add a comment...

Palavra & Arte

Shared publicly  - 
 
Os temas Transversais vêm dar à educação um novo colorido e trazem à tona um novo conceito de ensino–aprendizagem. Na verdade, a transversalidade é mais uma forma de incluir as questões sociais no currículo estudantil.

Os parâmetros curriculares incorporam essa tendência de forma a compor um conjunto articulado e aberto de novos temas, buscando um tratamento didáctico que contemple a sua complexidade e a sua dinâmica, dando-lhes a mesma importância das áreas convencionais.
 ·  Translate
1
Add a comment...
Work
Employment
  • Revista Palavra&Arte
    ADM/CDC
Basic Information
Gender
Decline to State
Places
Map of the places this user has livedMap of the places this user has livedMap of the places this user has lived
Currently
Angola - Luanda
Palavra & Arte's +1's are the things they like, agree with, or want to recommend.