Profile cover photo
Profile photo
poesias para TODA FORMA DE AMOR
566 followers -
É para quem ama, para quem vive o amor, para quem sofre por amor, para quem busca um amor e para toda forma de amar...
É para quem ama, para quem vive o amor, para quem sofre por amor, para quem busca um amor e para toda forma de amar...

566 followers
About
poesias para TODA FORMA DE AMOR's posts



Força da Natureza

Mar revôlto, seus cabelos
Afago e me afogo em seu cheiro
Puxo contra mim o seu fôlego
Luto com sua língua nesse ósculo

Brasa incandescente, sua pele
Deslizo e me queimo por inteiro
Suas chamas na minha febre, me arrepio
Queimamos em gotas nosso combustível

Abalo sísmico, em nossa cama
Te seguro e o tremor me arrebata
Entrelaçados pela força do amor
Urramos aos quatro ventos nosso gozo


Foice

Foi-se o tempo do respeito
Pessoas não se respeitam mais
Foi-se o tempo... Ficou para trás

Foi-se o tempo da honestidade
Pessoas honestas; raridades desiguais
Foi-se o tempo... Ficou para trás

Foi-se o tempo da virtude
Vende-se nos dias atuais
Foi-se o tempo... Ficou para trás

Foi-se o tempo da humildade
Os egos são colossais
Foi-se o tempo... Ficou para trás

Foi-se o tempo do amor
Morto. Cortado pela foice
Da ambição dos dias atuais



Daniel Simões

Post has shared content

Post has attachment
Poesias para Toda Forma De Amor no Facebook. Curtam e compartilhem!!

Unganda


A brisa toca o sino na varanda
E o dia está apagado por nuvens que encobrem a esperança
A melancolia dessa segunda-feira em Unganda
Trás de volta á mim sua lembrança

Me escondi do outro lado do mundo
Á pressas, ás cegas corri
Por entre as matas desse solo fecundo
Pois vivendo para você foi que morri

Mas de nada adianta a distância
Quando o amor transpõe os mares
De amor uma enorme ignorância
Que não vive sozinho, só aos pares

Espero o alvorecer do sol dessa bela terra
Que me irradie a vida que um dia perdi
Sobrevivente serei dessa minha guerra
E um dia da dor desse amor irei sorrir

Café da Manhã

Deslizo por seu corpo uma das mãos
Meu membro te encoxa, excitado
Ofegante e trêmula está sua respiração

Nessa conchinha gostosa
Nossos corpos buscam se aninhar
Se preparam nessa manhã chuvosa
Pra apenas um se tornar

Você rebola até que eu encaixo
Mexe gostoso e pede mais
O edredom desliza cama abaixo
Fugindo do  gozo que nos compraz

Os gemidos, essa nossa canção
Aumentam com as batidas do coração
Ruborizados, fervilhamos para a explosão
E explodimos em gozo essa nossa paixão

Post has attachment
Amigos, peço a ajuda de vocês para divulgar a minha arte. Compartilhem!

Post has attachment

Post has attachment
Já baixou a amostra GRÁTIS do livro Poesias para Toda Forma de Amor no GooglePlay? Tá esperando o quê então?! Baixa lá!!

Post has attachment
Wait while more posts are being loaded