Profile cover photo
Profile photo
Signos Possíveis
166 followers
166 followers
About
Posts

Post has attachment
Redesperta!
Madeleine Alves E porque aquele olhar a penetrava poro a poro como pena no tinteiro da caneta. E reescrevia em terra árida - ressequida e esquecida - um sem-fim fértil de desejos. E de ensejo em ensejo, como abrupto encontro em dia de garoa, a pele da terra...
Add a comment...

Post has attachment
While change remains
Madeleine Alves Silent by the path I follow Sleepy days on my shoulders while I seat and sing on the bench Silent by the path I follow Thirsty lips of no kisses while my mouth is full of whispers Silent by the path I follow Heavy gravity on my eyes' dark ci...
Add a comment...

Post has attachment
Aluvião, aliviai
Madeleine Alves Era um dia chuvoso e Rose observava o cair da chuva por detrás da janela. Encolhida em seu sofá, avistava o caminho que a água percorria bifurcar-se, trifurcar-se pelo vidro grande e salpicado de gotículas, enquanto abraçava as pernas recolh...
Add a comment...

Post has attachment
Factível
Madeleine Alves Faço pequenas coisas para não pensar em nada. como anelar os cachos manicurar unhas e afagar cães Faço pequenos nadas enquanto penso em tudo. ordens do dia cotações frames autorizaçõs foleys exibições Faço de tudo pra não pensar em nada.
Add a comment...

Post has attachment
Encontrarte
Madeleine Alves O homem-pássaro e a mulher-borboleta caminham no centro de uma outra margem. Independentes entre si e do mundo o que os une? O Uno A alma O olhar Ele inquire nuvens Ela eclipsa-se entre flores: buscam a essência do mundo. Ela não sabe de seu...
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
Encontrarte
Madeleine Alves O homem-pássaro e a mulher-borboleta caminham no centro de uma outra margem. Independentes entre si e do mundo o que os une? O Uno A alma O olhar Ele inquire nuvens Ela eclipsa-se entre flores: buscam a essência do mundo. Ela não sabe de seu...
Add a comment...

Post has attachment
Uno Verso
Madeleine Alves Meu verbo vem do traço de asas na areia e bolhas de sabão que sobrevoem sorrisos em almas alheias. Substantivo quando nomeio o indizível efêmero da brisa que flutua o ipê rosa o ipê amarelo e as espirais concêntricas do núcleo da gérbera. Ad...
Add a comment...

Post has attachment
Solfejo
Madeleine Alves A verve do verso volta quando o sangue ferve. O dia morno sorve a fé o fá o dó o si — lá se vai e outra vez volta... Volta teus olhos pro Azul que a linha corta a Lua em rósea cruz contra dias gris. Amorável signo da sina: não segues só se h...
Add a comment...

Post has attachment
Antologia de Literatura do Mapa Cultural Paulista disponível para download
É isso mesmo, pessoal: a Antologia de Literatura do Mapa Cultural Paulista - Biênio 2015-2016 está disponível para download. Reunindo contos, crônicas e poemas de escritores de todas as regiões do estado de São Paulo selecionados em suas respectivas Fases R...
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded