Profile cover photo
Profile photo
Angelo Luis Ferreira
436 followers -
Visual Dicas - Formação Profissional
Visual Dicas - Formação Profissional

436 followers
About
Posts

Post has attachment
MSVCR110.dll faltando? Como resolver esse erro no computador: Erro msvcr110.dll is missing De repente, você instala um programa no seu computador e se depara com o erro “MSVCR110.dll is missing”. E então, o que fazer? O erro “MSVCR110.dll is missing” acontece em computadores que utilizam o sistema operacional Windows e impede o funcionamento de programas como o Lightroom, WampServer, Movie Maker,  Libreoffice, entre outros, além de vários jogos. O erro ocorre pela falta ou corrupção do arquivo DLL no sistema Mensagens de erro que podem aparecer * msvcr110.dll está faltando * msvcr110.dll is missing * Msvcr110.dll Not Found * erro ao carregar msvcr110.dll * msvcr110.dll parou de funcionar * msvcr110.dll não foi encontrado * o ponto de entrada do procedimento msvcr110.dll * msvcr110.dll não pôde ser localizado * Violação de acesso msvcr110.dll * Não foi possível encontrar msvcr110.dll * Não foi possível registrar msvcr110.dll Como corrigir? Esse erro aparece quando você deseja executar softwares que requerem o Microsoft Visual C++ Redistributable. O Visual C++ redistribuível pode ser facilmente baixado no site da Microsoft como x86 ou edição x64. Dependendo do software que deseja instalar e do seu sistema operacional Windows você precisa instalar a 32 bits ou a versão de 64 bits (leia: Como saber se o Windows está executando a versão de 64 bits ou 32 bits (x64 ou x86). Obs.: Se o seu computador for 64bits baixe a versão x64. Instale o Microsoft Visual C++ Acesse o link: Microsoft Visual C++ 1) Clique no botão [Download] 2) Escolha o link para o download. 3) Após baixar o arquivo, rode o programa executável vcredist_x64.exe ou vcredist_x64.exe. 4) Após a instalação, reinicie o Windows. Teste o programa que apresentou o erro, sendo que o mesmo deverá ser corrigido. O problema não foi resolvido? Se, mesmo assim, os aplicativos ou jogos continuam indicando que o DLL está faltando, a falha pode estar associada a um problema mais sério. Faça uma varredura do sistema com o antivírus de sua preferência e, em seguida, tente fazer a instalação do Microsoft Visual C++ novamente. Evite fazer download de arquivos DLL diretamente Evite, em qualquer circunstância, baixar arquivos de terceiros em seu computador. O download de DLLs da internet pode ser muito perigoso, pois estes arquivos podem conter vírus ou modificações feitas por hackers. Sempre busque por métodos confiáveis de softwares em fontes oficiais, como o próprio site da Microsoft. byALFVisual Dicas - A sua fonte de informação! http://dlvr.it/QtVG3X
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Série Arduino Básico #46 - Mostrando texto digitado pelo computador no display LCD: Série Arduino Básico Continuando nossa Série Arduino básico, vamos montar um display LCD para mostrar textos digitados pelo teclado do computador. No monitor serial do IDE do Arduino você também encontrará os textos digitados com os seus tamanhos (números de caracteres). Se o texto tiver mais que 16 caracteres, o programa irá automaticamente gerar um scroll apenas na primeira linha do display. O projeto irá apresentar noções de alguns conceitos muito importantes para utilizar nos seus projetos, sendo eles: * Class String() - como instanciar e utilizar o objeto Srting() e seus métodos - Para saber mais leia: * Comunicação serial usando a função Serial.read() * Rotinas para contar caracteres e criar scroll em apenas uma linha Aplicação: Para fins didáticos e projetos com sensores de temperatura para refrigeração e display de cristal líquido. No Squids Arduino você vai poder construir este projeto e aprender como ele funciona. Muito legal!!! Obs.: Todos projetos foram testados pelo site www.squids.com.br/arduino que traz um tutorial completo para cada montagem com a lista de componentes, código do programa (sketch), simulação online, montagem do circuito e explicação detalhada do projeto. Para ver todos projetos básicos publicados no Squids, acesse: projetos básicos Controle do cooler com sensor LM35 Acesse o link: Projeto 46 - Mostrando texto no LCD 1. Ao executar o programa, abra o monitor serial do IDE do Arduino. Aguarde o monitor estar pronto para você digitar o texto. 2. Após digitar o texto desejado tecle . Observe que o texto apareceu no display de LCD e no monitor serial, como mostra a imagem abaixo: Obs.: Veja que o texto também aparece no monitor serial, assim como, o tamanho em número de caracteres. 3. Se o texto digitado for maior que 16 caracteres, a primeira linha do display irá produzir um scroll de modo que permita ao usuário ler toda frase digitada. Obs.: Veja que o texto acima possui mais do que 16 caracteres. Veja abaixo a montagem do circuito: Veja abaixo o vídeo do projeto em ação: Veja o tutorial completo em: Projeto 46 - Mostrando texto no LCDVisual Dicas - A sua fonte de informação! http://dlvr.it/QtMLVj
Photo
Add a comment...

Post has attachment
AutoCAD - 8 alternativas gratuitas para você usar: Alternativas gratuitas para o Autocad Desenho assistido por computador (DAC) ou CAD (do inglês: computer aided design) é o nome genérico de sistemas computacionais (software) utilizados pela engenharia, geologia, geografia, arquitetura e design para facilitar o projeto e desenho técnicos. Se você precisar de alguns trabalhos de design em 2D e 3D e não tiver dinheiro para adquirir o software original do AutoCAD, aqui estão algumas das melhores alternativas gratuitas: 1. Elementos Creo Uma das escolhas mais populares para o trabalho em 3D. Permite mudar de 2D para 3D. É uma alternativa muito rápida e flexível ao AutoCAD, com muitas opções incluídas que o AutoCAD é conhecido por ter. Com o Creo Elements, você pode criar e editar seus projetos em tempo real. 2. NanoCAD O NanoCAD é um software de desenho confiável que suporta arquivos AutoCAD 2013/14 DWG e todas as versões do AutoCAD a partir da versão 11. Alguns de seus recursos são órbita 3D aprimorada, várias opções de busca e correção automática, diálogo de configurações de espessura de linha e muito mais . 3. OpenSCAD Este é um software de arquitetura gratuito para fazer objetos CAD 3d sólidos. É mais um compilador 3D do que um modelador interativo. O OpenSCAD oferece aos seus usuários duas técnicas de modelagem diferentes: extrusão de contornos 2D e geometria sólida. 4. BRL-CAD Um sistema de modelagem de sólidos de plataforma cruzada e código aberto que tem vários recursos diferentes para oferecer, incluindo edição de geometria interativa, ferramentas de processamento de imagem e de sinal e grandes bibliotecas para fazer toneladas de diferentes tipos de representações geométricas. 5. gCAD3D Este software gratuito oferece muitos recursos, incluindo um visualizador 3D-OpenGL integrado, um interpretador de programa para geometria e comandos NC em 3D, um processador NC integrado e pode ser usado com Windows e Linux. O site é um pouco esparso e confuso, mas o freeware não é. 6. LibreCAD Este é grátis e pode ser usado em Linux, Windows e Mac. Está disponível em mais de 20 idiomas. Este software gratuito de CAD tem um suporte gratuito e todos são bem-vindos para contribuir com seu avanço com suas habilidades de desenvolvimento. Esta ferramenta é perfeita para desenhar desenhos cad, escreve arquivos DXF, mas outros tipos de arquivos podem ser exportados também. 7. FreeCad O FreeCAD é um modelador 3D paramétrico de código aberto feito principalmente para projetar objetos da vida real de qualquer tamanho. A modelagem paramétrica permite que você modifique facilmente seu projeto voltando ao histórico do modelo e alterando seus parâmetros. O FreeCAD permite esboçar formas 2D com restrições de geometria e usá-las como base para construir outros objetos. Ele contém muitos componentes para ajustar dimensões ou extrair detalhes de design de modelos 3D para criar desenhos prontos para produção de alta qualidade. 8. QCAD O QCAD é um aplicativo gratuito e de código aberto para desenho assistido por computador (CAD) em duas dimensões (2D). Com o QCAD você pode criar desenhos técnicos, como planos para edifícios, interiores, peças mecânicas ou esquemas e diagramas. O QCAD funciona no Windows, macOS e Linux. O código fonte do QCAD é lançado sob a GPL versão 3 (GPLv3), uma popular licença Open Source. byALFVisual Dicas - A sua fonte de informação! http://dlvr.it/QtKFs8
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Como colocar o widget do seu canal do Youtube no blog ou site: Canal do Youtube. Como sabemos, os vídeos são ótimos meios de comunicação para agregarem conteúdo e gerarem mais visitas para os sites e blogs. O Youtube é um dos melhores sites de compartilhamento de vídeos da internet. Se você possui um canal no Youtube, poderá colocar uma widget com o link para inscrição de novos visitantes para o seu canal. Assim você divulga o seu canal e incrementa o seu blog. “Um widget é um componente de uma interface gráfica, o que inclui janelas, botões, menus, ícones, barras de rolagem, etc..” Widgets são fundamentais no seu blog tanto pelos seus atrativos, funcionalidade e facilidade de utilização, como pela excelente ferramenta de interação entre o seu blog/site e seus leitores Criando o widget do seu canal do Youtube 1) Localize o ID do seu canal do Youtube: Acesse o seu canal e copie o código que aparece depois da palavra “channel”. Veja o exemplo abaixo: 2) No código abaixo, substitua o ID do usuário pelo código que você copiou:         Utilize o Squids Editor para testar seu código. Veja como fica o nosso widget no editor: Veja como ficou o nosso widget no blog: 3) Coloque o código do widget no seu blog: * Blogger: Como instalar um Widget no seu Blog -(Blogger) * Wordpress: Como inserir Widgets no Wordpress sem a instalação de plugins Você poderá incluir o código no seu site também copiando e colando o código no local desejado. Personalizando sua caixa do Youtube Se você tem algum conhecimento de CSS, poderá personalizar sua caixa do canal do Youtube utilizando o atributo “style” dentro do elemento “div”. Veja o exemplo abaixo que usamos para o nosso canal do Youtube: < script src=" < div class="g-ytsubscribe" data-channelid="UC1FYErV2wBrZGHCetXQztWQ" data-layout="full" data-count="default"> < /div> Teste suas alterações no Squids Editor. Veja como ficou o nosso exemplo: Aproveite e se inscreva em nosso canal do Youtube!!!! byALFVisual Dicas - A sua fonte de informação! http://dlvr.it/Qs9kDj
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Série Arduino Básico #45 - Controle de um cooler com sensor de temperatura LM35: Série Arduino Básico Continuando nossa Série Arduino básico, vamos criar um circuito para controlar o acionamento de um cooler através da temperatura lida por um sensor LM35. Desta forma, o cooler iserá acionado quando a temperatura ambiente atingir o valor de controle determinado no programa, voltando a se desligar quando a temperatura ambiente ficar abaixo do valor de controle.. Aplicação: Para fins didáticos e projetos com sensores de temperatura para refrigeração e display de cristal líquido. No Squids Arduino você vai poder construir este projeto e aprender como ele funciona. Muito legal!!! Obs.: Todos projetos foram testados pelo site www.squids.com.br/arduino que traz um tutorial completo para cada montagem com a lista de componentes, código do programa (sketch), simulação online, montagem do circuito e explicação detalhada do projeto. Para ver todos projetos básicos publicados no Squids, acesse: projetos básicos Controle do cooler com sensor LM35 Acesse o link: Projeto 45 - Controle de um cooler com sensor  LM35 1. Ao executar o programa, a temperatura ambiente em Celsius é exibida na primeira linha do display de LCD. 2. Se a temperatura ambiente estiver abaixo do valor de controle, que é de 30ºC no nosso projeto, o cooler não será acionado e aparecerá a frase "Fan desligado !" na linha inferior do display. 3. Caso a temperatura ambiente passe o valor de controle, o cooler é acionado e aparecerá a frase "Fan ligado !" no display. Obs.: Você pode simular esse aumento de temperatura colocando o dedo no sensor LM35. Veja abaixo a montagem do circuito: Veja abaixo o vídeo do projeto em ação: Veja o tutorial completo em: Projeto 45 - Controle de um cooler com sensor  LM35Visual Dicas - A sua fonte de informação! http://dlvr.it/Qs24S9
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Flat Lay: O que é? Conheça os melhores sites para você baixar gratuitamente.: Flat Lay: O que é? Segundo o blog da Minestore: “Flat Lay é uma técnica onde os objetos que compõe a imagem são organizados em uma superfície plana registrados do alto, valorizando tanto a composição quanto os detalhes de cada peça. O Flat Lay surgiu em 1987, quando o faxineiro Andrew Kromelow, da loja de móveis Frank Gehry, pegou coisas espalhadas pelo seu local de trabalho e as organizou sobre uma mesa, formando ângulos de 90 graus. O método só despontou em 2009, quando o escultor Tom Sachs o adotou como uma forma de arte. Nos últimos anos, acabou virando tendência nas redes sociais, principalmente no Instagram e no Pinterest, por ser uma forma eficaz de mostrar objetos, representar um passo a passo e criar um verdadeiro portfolio visual.” Por que o Flat Lay é tão popular e atrai as pessoas? A explicação da popularização do flat lay se dá porque adoramos coisas organizadas, e ao observarmos estas imagens visualmente temos uma sensação de controle e conforto por facilitar o processo de informação que o nosso cérebro dá as coisas. Juntando isso á paixão que todos nós temos por objetos, o Falt Lay virou uma tendência importante na web. Para saber mais sobre Flat Lay e como utilizar essa técnica, leia Flat Lay: descubra o que é e como usar no seu e-commerce Sites para você baixar imagens flat lay gratuitas Como já mencionamos anteriormente, imagens com a técnica flat lay atraem as pessoas. Então por que não inserir imagens flat lay seu site ou blog? Abaixo mostraremos os melhores sites para você baixar imagens flat lay gratuitas: PXhere Kaboompics Rawpixel Unsplash Freepik Moose byALF  Visual Dicas - A sua fonte de informação! http://dlvr.it/Qrp6nB
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Cursos rápidos e gratuitos que poderão te ajudar a melhorar o seu currículo: 4 cursos rápidos que podem te ajudar a melhorar seu currículo Está desempregado ou quer uma recolocação no mercado de trabalho? Então, conheça os cursos rápidos para se recolocar no mercado por Lidiani Giovanelli http://www.empregos.com.br O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e, para conseguir se destacar dos demais concorrentes, é necessário ter um diferencial. Você já pensou que investir em cursos rápidos podem alavancar a sua carreira, e ajudá-lo a desenvolver habilidades profissionais? Ao tomar essa atitude, é possível aumentar significativamente suas chances de recolocação no cargo almejado. Por isso, preparamos uma lista com quatro cursos gratuitos que vão ser úteis para seu progresso. Veja: Confira quatro cursos rápidos que vão alavancar sua carreira 1. Comunicação Escrita Sabemos o quanto a comunicação é importante para qualquer profissional. Para isso, é fundamental ter uma boa escrita, principalmente no ambiente de trabalho. Portanto, a Introdução a comunicação empresarial e Comunicação empresarial , no qual aborda três tipos de textos diferentes: e-mail, carta de apresentação e currículo. 2. Matemática Financeira Muitos cargos exigem que você saiba lidar com cálculos, o que acaba se tornando uma dificuldade para muitas pessoas. No entanto, é possível aprender a mexer com os números de forma gratuita. A Fundação Bradesco oferece o curso “Matemática Financeira”, que ensina a utilizar a calculadora HP 12C, a qual é de grande utilidade na vida pessoal e profissional. Após a conclusão dos estudos, é possível emitir um certificado. Para isso, é necessário acertar, no mínimo, 70% das questões propostas. 3. Estratégias de negócios A área administrativa é bastante requisitada pelas empresas, e se você pretende entrar nesse setor, talvez, seja a hora de investir no curso “Estratégias de negócios”, oferecido pela Fundação Bradesco. Os estudos são divididos em quatro módulos, e um deles é composto da “Estratégia do Oceano Azul”, que busca desbravar o mercado e tornar a concorrência irrelevante, apresentando pontos essenciais de gestão. Não há cobrança de taxa para participar. 4. Excel Avançado O Excel é uma das ferramentas mais utilizadas no ambiente corporativo e auxilia muito no dia a dia de uma empresa, por meio da organização de dados, funções e uso de auditoria em célula. No curso de “Excel Avançado”, são disponibilizados 18 módulos, todos gratuitos e com emissão de certificado pela Fundação Bradesco. Saiba como destacar seu currículo no mercado de trabalho Já vimos o quanto é importante fazer cursos rápidos e gratuitos para ajudar na recolocação profissional. Agora, vamos mostrar como destacar seu currículo dos demais no mercado de trabalho. Primeiramente, coloque seus dados completos e atualizados. São os principais: nome completo, telefone, endereço, e-mail e data de nascimento. Muitos têm dúvidas, ainda, em relação à foto, porém, saiba que ela não é um item obrigatório. Sendo assim, insira apenas se o recrutador solicitar. Em segundo lugar, insira somente informações relevantes para a vaga que você deseja. Por isso, a dica de ouro é adequar seu currículo a cada vaga que tentar. Sabe aquele trabalho que você fez com produtos artesanais? Ele pode ser útil para concorrer a uma vaga em setores produtivos, como Design e Publicidade, porém, em outros segmentos, como o administrativo, não há tanta necessidade de inserir essa informação, concorda? Por fim, organize as informações indicando o tempo em que você ocupou cada vaga e as funções que desempenhou nelas. Afinal, o recrutador precisa entender melhor suas experiências e habilidades para observar se você se encaixa no perfil que ele procura. E aí, gostou das nossas dicas sobre cursos rápidos? Que tal compartilhá-las nas redes sociais para ajudar seus amigos que também estão em busca de uma recolocação profissional? Fonte: Empregos.com.br Visual Dicas - A sua fonte de informação! http://dlvr.it/QqjvP5
Photo
Add a comment...

Post has attachment

Post has attachment
Checklist - Etapas para escrever e publicar um blog post de sucesso!: Checklist das etapas principais para criar um post Neste artigo vamos apresentar um checklist com as principais etapas para você escrever e publicar um post de sucesso na internet. O Checklist é uma lista de itens que foi previamente estabelecida para certificar as condições de um serviço, produto, processo ou qualquer outra tarefa. Seu intuito é atestar que todas as etapas ou itens da lista foram cumpridas de acordo com o programado. Dicas de como escrever um bom artigo Etapa 1 - Escolha do tema para o seu blog post Nesta primeira etapa escolha o tema que você irá desenvolver, de forma abrangente e sem se perder nos detalhes. Escolha de preferência temas que você domine bem, gerando conteúdo de qualidade e relevância para o seu público. Por exemplo, escolha temas gerais, como: carros importados, carros nacionais, investimentos, programação orientada a objetos, linguagem PHP, etc.. DICA: Crie uma lista de temas e anote tudo em um gerenciador de projetos, como o https://trello.com, por exemplo. Assim você poderá se planejar para os próximos artigos. Etapa 2 - Pesquise sobre o tema escolhido Após escolher um tema, pesquise no Google, redes sociais, sites e blogs especializados, sobre o público alvo relacionado ao tema que você escolheu. Pesquise no seu site quais são os artigos mais lidos e mais comentados, identificando assim o que seu público realmente tem interesse. Descubra portanto, o que as pessoas estão realmente querendo saber! DICA: Através da pesquisa realizada, aproveite para se aprofundar ainda mais no tema escolhido, lendo outros temas e artigos relacionados. Etapa 3 - Escolha palavras-chave relevantes Agora você deverá escolher as palavras-chave que irão otimizar o seu site nos mecanismos de busca, como o Google e o Bing, por exemplo. Esta é a melhor forma de atrair pessoas para o seu site. Utilizar palavras-chaves relevantes em suas postagens é uma ótima prática de SEO. SEO significa Search Engine Optimization (Otimização para mecanismos de busca). É um conjunto de técnicas de otimização para sites, blogs e páginas na web. Essas otimizações visam alcançar bons rankings orgânicos gerando tráfego e autoridade para um site ou blog Utilize o aplicativo Planejador de Palavras Chave, que irá ajudar você encontrar as melhores palavras para o tema escolhido. Nesta ferramenta você colocará as palavras relevantes ao seu tema e obterá como resultado as quantidades de pesquisas realizadas para cada palavra, além de outras palavras que você poderá utilizar no seu artigo. Escolha sempre as palavras com maior número de visitas mas com a menor concorrência. DICAS: * Use sempre as palavras-chave dentro de um contexto de uma frase. * Procure colocar as palavras-chave nos títulos e subtítulos do post. * No texto, além das palavras escolhidas, utilize palavras semelhantes, de preferência marcadas em negrito. Este passo é de extrema importância para otimizar o seu site nos mecanismos de busca como o Google, e desta forma atrair pessoas através do que elas estão pesquisando nestes sites. Etapa 4 - Escolha um título atraente Esta etapa é muito importante, pois o título do post é o primeiro contato do artigo com o público. Por isso ele precisa ser atraente, assertivo e eficaz. O título do post é o fator que vai induzir o seu leitor a ler ou não o seu artigo, além de ser muito importante para os mecanismos de busca e redes sociais. Para otimizar o link do título e criar títulos atraentes, leia o nosso artigo: Como otimizar títulos no Blogger para conquistar novas visitas. DICA: Coloque no título a palavra-chave que você deseja atrair as pessoas nos sites de pesquisa da internet. Faça um teste no Google pesquisando a relevância do título escolhido que deverá estar entre os 500 primeiros resultados. Etapa 5 - Imagens, vídeos e infográficos Antes de escrever, escolha as imagens que serão adicionadas na postagem. As imagens, é claro, deverão fazer sentido com o assunto que você irá escrever. Procure você mesmo criar as imagens que serão postadas. Caso isto não seja possível, use sites especializados que possuem um banco de imagens gratuitas e sem restrições de uso. Veja uma relação dos melhores sites para este fim no link: Visual Dicas - imagens gratuitas. É importante também que suas imagens estejam otimizadas, ou seja, com menor peso. Isto faz com que se reduza o tempo para abrir a página da sua postagem. Para fazer esta tarefa escolhemos 2 aplicativos que reduzem suas imagens sem perder a qualidade. São eles: https://compressnow.com/ e https://tinyjpg.com/. Vídeos e infográficos são recursos interessantes que podem cativar o seu público além de oferecer uma maior relevância para o Google e outros sites de pesquisa. Etapa 6 - Comece a escrever o corpo do artigo Agora é hora de você realmente colocar a mão na massa. Com todas as informações que você já tem, como o tema, palavras chave, título e o que o seu público deseja, comece agora a escrever. Uma dica legal é você ter como o guia o título da postagem. Depois divida em subtítulos e escreva pequenos partes de texto para cada subtítulo. Desta forma você não precisará pensar em muitas coisas ao mesmo tempo, mantendo -se focado a cada tópico. Isto facilitará  muita na criação do seu artigo. Etapa 7 - Escreva a introdução do artigo Depois de você ter escrito o corpo do artigo, ou seja, a parte principal da postagem, será mais fácil escrever a introdução do seu artigo. Na introdução você deverá começar informando ao seu leitor sobre o que trata o artigo e algumas definições que você achar importantes para o entendimento do que foi escrito no corpo da postagem. É importante também que você descreva a sua opinião sobre o artigo, dando um certa pessoalidade que é uma das características fundamentais de um blog. Nota: A ordem para escrever uma artigo depende muito de pessoa para pessoa. Eu por exemplo. escrevo, por costume, a introdução antes do corpo da postagem. Entretanto, entendo que escrever a introdução após o corpo do artigo pode ser mais vantajoso, desde que não atrapalhe a sua criatividade. Etapa 8 - Escreva a conclusão do artigo Nessa etapa faça uma repassagem sobre o texto, deixando suas conclusões finais. Para criar uma postagem de sucesso é muito importante essa etapa pois reforça a SUA participação no texto. Mais uma vez a pessoalidade deverá estar presente. Etapa 9 - Revisão final Antes de publicar o seu artigo faça uma revisão completa do texto, verificando: * Ortografia; * Gramática; * Sequência lógica; * Facilidade de entendimento pelo seu público; * Comunicação com o leitor (coloque-se no lugar do leitor). Se puder, peça para uma outra pessoa ler o texto e observe a opinião dela. Atenção: Somente faça a revisão completa e detalhada após ter finalizado o texto de todo artigo, evitando-se desta forma bloquear sua criatividade. Etapa 10 - Divulgação do artigo Após ter publicado sua postagem é fundamental que você faça a divulgação nas redes sociais, sendo as principais: Google G+ - facilita a indexação do artigo no Google Twitter - divido a grande utilização desta rede social e por também aumentar a relevância no Google Facebook - o Facebook  é a maior rede social do mundo. Você não poderá deixar de publicar lá. Instagram - É importante também divulgar no Instagram, pois a maioria das pessoas frequentam esta rede social e poderão gostar do seu artigo. Pinterest - Muitos blogueiros e profissionais de marketing indicam a divulgação de posts no Pinterest, pois o tráfego vindo de lá é gigante. * Dica: Capriche nas imagens que em conjunto com o título da sua postagem irão, com certeza, cativar e atrair muitos leitores para o seu blog. Agregadores de links: Use os Agregadores de links para divulgar seus posts e trazer muitas visitas para ele. Conheça alguns agregadores como: Blogolista, Trends Tops, Geralinks e Eu te Salvo. Conclusão Estas são algumas dicas que utilizo na criação dos meus artigos. Tomando como base as etapas que mencionei acima, o importante é você criar uma sequência lógica para facilitar o desenvolvimento do conteúdo do seu artigo com qualidade, pessoalidade e coerência com o tema e título escolhidos. Por isso eu recomendo que você  que você crie um checklist de orientação. Veja abaixo um exemplo de checklist que utilizo para o meu blog: Check list do https://trello.com Portanto, pense em um bom título. conheça o que as pessoas estão procurando, insira imagens adequadas, palavras chave e escreva um texto simples, objetivo e assertivo. Espero que aproveitem as dicas e muito sucesso nas suas postagens. E não esqueça, o conteúdo do seu blog sempre será mais importante de tudo. Se você gostou do artigo compartilhe com seus amigos, deixe comentários e contribua com o blog acessando os banners de publicidade. byALFVisual Dicas - A sua fonte de informação! http://dlvr.it/Qq1Nd3
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Série Arduino Básico #44 - Sensor de temperatura DHT11 com alarme RGB: Série Arduino Básico Continuando nossa Série Arduino básico, vamos vamos vamos criar um circuito onde utilizamos um sensor de temperatura e umidade DHT11 e um Led RGB como alarme. De acordo com as temperaturas lidas no sensor obteremos as cores do led RGB que irão variar entre vermelho, verde e azul. Também neste projeto poderemos visualizar os valores de temperatura e umidade em um display LCD e no monitor serial do IDE do Arduino. Sensor DHT11 - O DHT11 é um sensor básico de baixo custo utilizado para a medição de temperatura e umidade do ar ambiente através de um termistor e um sensor capacitivo. Existem várias versões diferentes do DHT11 com a mesma aparência e número de pinos. Portanto é importante verificar o data sheet do componente para obter suas características principais. No nosso projeto as características estão descritas na tabela de componentes. Led RGB - O LED RGB nada mais é que três Leds em um só, ele é formado por um vermelho (R de red), um verde (G de green) e um azul (B de blue). Associando as cores dos três Leds é possível se obter várias possibilidades de cores. Aplicação: Para fins didáticos e projetos onde é necessária a medição e monitoramento de temperaturas do ambiente. No Squids Arduino você vai poder construir este projeto e aprender como ele funciona. Muito legal!!! Obs.: Todos projetos foram testados pelo site www.squids.com.br/arduino que traz um tutorial completo para cada montagem com a lista de componentes, código do programa (sketch), simulação online, montagem do circuito e explicação detalhada do projeto. Para ver todos projetos básicos publicados no Squids, acesse: projetos básicos Comparando sensores NTC 10K, DHT11 e LM35 Acesse o link: Projeto 44 - Sensor de temperatura e umidade com alarme RGB 1. Ao executar o programa, a temperatura atual em Celsius é exibida na tela do display LCD. 2. Dependendo da temperatura, a cor do led irá se alterar para vermelho (temperatura >= 25 ºC), verde(temperatura entre 15 e 25ºC) ou azul (temperatura < 15º). 3. Ao apertar o botão (push button), a umidade relativa será exibida na tela do display no lugar da temperatura. 4. Para visualizar a leitura das temperaturas e umidade relativa registradas, clique no ícone monitor serial, como mostra a figura abaixo: Veja abaixo a montagem do circuito: Veja abaixo o vídeo do projeto em ação: Veja o tutorial completo em: Projeto 44 - Sensor de temperatura e umidade com alarme RGBVisual Dicas - A sua fonte de informação! http://dlvr.it/QpTG61
Photo
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded