Profile cover photo
Profile photo
Boris Anjos
"Cala-te, coração moribundo."
"Cala-te, coração moribundo."
About
Boris's posts

Post has attachment
Expiração
Não me julgues por não derramar cálidos versos sobre teu colo nem prostrar-me a teus pés junto ao solo na casta intenção de te adorar; Já fui devoto à exaustão de lábios tais, rubros devaneios, de corpos atados por enleios, na ânsia amarga do ato pagão. Tan...

Post has attachment
So Girly
She's an unusual chick from my ordinary town; cute hair, no crown, some sexy lipstick From above she stares me when I hold her waist, so close I almost taste things I cannot see She likes what I adore; She's a Gryffindor's knight with a Ravenclaw's sight as...

Post has attachment
Sufocar
Cala no teu peito o lamento Sulfuroso que te transborda Pela face crua e calhorda; Incêndio seco em movimento. Reserves o gosto agridoce Do choro latente ao espelho; Não grites nem peça conselho, Todo palpite é precoce. No fundo dos olhos cansados, Angústia...

Post has attachment
Princesa do Mato Grosso
Para I. P. Ela
tem os lábios mais lindos, Daqueles
que se deseja beijar Por
horas a fio; com minha mão Em
seus cabelos macios Irei
sentir toda a doçura Que
seu beijo pode dar Seu
coração tão magoado Carrega
uma dor amarga Que
os olhos tentam disfarçar; Mas
...

Post has attachment
Menina Moça
Em
todos os dias do ano ela
abre um sorriso radiante que
ilumina até mesmo o sol, e
o grande astro lhe sorri de volta aquecendo
assim o corpo esguio e
adocicado desta moça tão linda como
as manhãs frescas Esse
olhar faceiro que ela tem me
encanta mesmo de l...

Post has attachment
E o fogo fez-se morno
As
últimas marcas da tua presença reduziram-se
a um porta retrato inodoro
e insípido e incômodo, o
qual me sorri todas as vezes que
abro a gaveta da escrivaninha. É
sobre ele que jogo a cinza dos meus cigarros; sua
forma arredondada e moldura côncava auxili...

Post has attachment
Perene
Não,
a vida é eterna Abstração
do mundo inteligível Tal
qual uma história materna Repetida
e sempre sensível A
vida é um círculo infindo Que
não tem início nem final, Como
a onda que sempre vem vindo: Não
se pode compreender afinal. A
vida é um eterno devir...

Post has attachment
Ranço
     A aurora que te viu sair é a mesma
que te viu sorrir quando da tua chegada sem cerimônia ou alardes. Eu encaro a
aurora; nela vejo as cores do teu vestido que se distancia na rua bocejante. São
5:40 da manhã e eu nunca estive de pé essa hora em dias só...

Post has attachment
não tem título
este
poema não tem nenhum propósito para
existir não
há nada de interessante nele e
também não há nada de
interessante na rotina de
quem o está escrevendo -
no caso eu – apenas
gasto a tinta dessa caneta que
comprei não sei onde e
paguei não sei quanto escr...

Post has attachment
Felicidades, Musa
Hoje é
aniversário dela E daqui de
longe eu sorrio Ao pensar
que tenho um pretexto Para
escrever para ela novamente, Sem parecer
um devoto Não de uma
santa, mas de uma deusa O sorriso
dela inspira qualquer trovador Que se
atenha em seus lábios O encanto é
i...
Wait while more posts are being loaded