Profile cover photo
Profile photo
joão luiz woerdenbag filho
407 followers
407 followers
About
Posts

Post has attachment
Saudade do nosso muito amado Lampião( abaixo,Maria Bonita) que se foi no dia 30 passado
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment

Add a comment...

 Lobão está de mudança….para o seu coraçãozinho!!
@lobaoeletrico pic.twitter.com/unpuLpKA57
Add a comment...

Add a comment...

Post has attachment
Alô Alô rapaziada  acaba de sair do forno o single do próximo ábum.OS VULNERÁVEIS ...PRA OUVIR ,O LINK é Lobão - Os Vulneráveis
Add a comment...

Post has shared content
Aécio vai processar Dilma por injúria e difamação após anúncio de TV que sugere que ele desrespeita as mulheres. http://uol.com/bsdXVq #noticias #eleições2014
Photo
Add a comment...

Post has shared content
Qual o meu maior motivo para não votar no PT? O Foro de SP. E o que é o Foro de São Paulo?


O Foro de SP foi criado em 1990, fundado por Lula e Fidel Castro, por ideia do Frei Betto. Que teve por iniciativa articular toda esquerda para restaurar o movimento comunista na America Latina, que aquela altura estava em crise por causa da queda da União Soviética. PSB, PSOL, PT, PCB, PCO e vários outros partidos de esquerda do Brasil fazem parte desse movimento. Já dá pra perceber que as disputas entre esses partidos na política não passa de briga de família. O raciocínio dos primeiros é simples: vão-se os anéis mas fiquem os dedos. Chamar isso de DEMOCRACIA já é uma coisa de um cinismo atroz, a esquerda já alcançou a hegemonia total cultural e mental, a lei eleitoral afirma que nenhum partido pode ser associado a uma entidade estrangeira. Mas o FORO é estrangeiro! Tem esse nome porque seu primeiro congresso foi em SP, mas foi fundada em Havana. Ou seja, o PT é um partido ilegal que não devia sequer existir, com exceção do PSDB, eleições no Brasil se tornaram uma disputa interna do Foro de SP.


No 15° aniversario do Foro, mais de 200 ORGANIZAÇÕES pertenciam a ele! Nos quais tinham partidos políticos legais, movimentos de guerrilha, narcotraficantes, sequestradores e etc. E vocês preocupados se o Aécio cheira ou não, hein?! Seus aliados são quase todos os partidos de esquerda do continente além de grupos terroristas como o MIR chileno e narcoterroristas como as FARC que também financia a entidade com muita grana. Em troca, os governos filiados ao Foro facilitam as FARC no tráfico de armas por todo o continente. Por isso é que o Brasil se tornou nesses anos o maior consumidor de cocaína e crack do mundo. Os resultados? Em 1990 só existia um país socialista nas Américas: Cuba. Hoje são mais de 20. É o tal bolivarianismo, elaborado por Hugo Chávez sob a batuta de Fidel Castro, uma espécie de bolchevismo tupiniquim. É uma coordenação estratégica do movimento revolucionário comunista, e em cada país, ele tem um projeto. Nos países onde eles chegaram ao poder e as instituições estavam no chão, eles partiram diretamente pro solapamento da democracia. 


Vamos então mostrar as características do FORO: 

~ 1) Terrorismo 
O Foro deu abrigo e proteção política a organizações terroristas e a quadrilhas de narcotraficantes e sequestradores que nesse ínterim espalharam o vício, o sofrimento e a morte por todo o continente, fazendo mesmo do Brasil o país onde mais cresce o consumo de drogas na América Latina.

2) Crime
Ao associar entidades criminosas a partidos legais na busca de vantagens comuns, transformou estes últimos em parceiros do crime, institucionalizando a ilegalidade como rotina normal da vida política em dezenas de nações.

3) Constituição
O Foro burlou todas as constituições dos seus países-membros, convidando cada um de seus governantes a interferir despudoradamente na política interna das nações vizinhas, e provendo os meios para que o fizessem “sem que ninguém o percebesse”, como confessou o sr. Lula, e sem jamais ter de prestar satisfações por isso aos seus respectivos eleitorados.

4) Clandestino
O Foro ocultou sua existência e a natureza das suas atividades durante dezesseis anos, enquanto fazia e desfazia governos e determinava desde cima o destino de nações e povos inteiros sem lhes dar a mínima satisfação ou explicação, rebaixando assim toda a política continental à condição de uma negociação secreta entre grupos interessados e transformando a democracia numa fachada enganosa.

5) Roubador
O Foro gastou dinheiro a rodo em viagens e hospedagens para muitos milhares de pessoas, durante vinte e três anos, sem jamais informar, seja ao povo brasileiro, seja aos povos das nações vizinhas, nem a fonte do financiamento nem os critérios da sua aplicação. Até hoje não se sabe quanto das despesas foi pago por organizações criminosas, quanto foi desviado dos vários governos, quanto veio de fortunas internacionais ou de outras fontes. Nunca se viu uma nota fiscal, uma ordem de serviço, uma prestação de contas, um simulacro sequer de contabilidade. A coisa tem a transparência de um muro de chumbo. ~

Qualquer pessoa intelectualmente honesta sabe que um juízo de fato não pode ser derrubado mediante rotulação infamante. Tem de ser impugnado pelo desmentido dos fatos. Se quiser rotulá-lo, faça-o depois de provar que é falso. Não antes. Não em substituição ao desmentido. ISSO AQUI NÃO É TEORIA DA CONSPIRAÇÃO! Não seja desprovido do senso da verdade, vá lá. Com a maior naturalidade, como se fosse uma herança divina inerente à sua essência, o Foro de São Paulo, com a aprovação risonha do nosso partido governante, reivindica o poder ditatorial sobre todo o continente.
Não digo apenas que se tornaram desonestos: abdicaram por completo da capacidade de distinguir o honesto do desonesto, o certo do errado, o verdadeiro do falso. Uns fizeram isso por sacrifício voluntário no altar de suas crenças políticas, outros por presunção vaidosa, outros por comodismo, outros por mera covardia.



Confiado neles, o Brasil cometeu suicídio intelectual, tornando-se um país incapaz de acompanhar sua própria história presente com aquele mínimo de consciência alerta cuja presença distingue a vigília do sono. Jamais, na história da mídia mundial, tantos traíram ao mesmo tempo sua missão de investigar e informar



O Lula confessa, que submeteu o país a decisões tomadas por estrangeiros, reunidos em assembleias de uma entidade cujas ações o povo brasileiro não devia conhecer nem muito menos entender. Não poderia ser mais patente a humilhação ativa da soberania nacional, principalmente quando se sabe que entre as entidades participantes dessas reuniões decisórias constam organizações como o MIR chileno, seqüestrador de brasileiros, e as Farc, narcoguerrilha colombiana, responsável segundo seu parceiro Fernandinho Beira-Mar pela injeção de duzentas toneladas anuais de cocaína no mercado nacional. E agora ele vem vem se gabar da "ação política de companheiros", praticada com recursos do governo brasileiro às escondidas do Parlamento, da justiça e da opinião pública.


Seria absurdo imputar tão somente a Lula e ao Foro de São Paulo a culpa do apodrecimento moral brasileiro, esquecendo a contribuição que receberam desses moralistas de ocasião, tão afoitos em denunciar as partes quanto solícitos em ocultar o todo. Um dos aspectos mais grotescos da situação é a facilidade com que os culpados se desvencilham de qualquer tentativa de denúncia, qualificando-a de "teoria da conspiração". Mas quem falou em conspiração? O que vemos é uma gigantesca movimentação de recursos, de poderes, de organizações, de correntes históricas, que para permanecer imune à curiosidade popular não precisa se esconder em porões, mas apenas apostar na incapacidade pública de apreender a sua complexidade inabarcável e de acreditar na existência de tanta malícia organizada. O Foro é uma entidade sui generis, sem correspondência em qualquer época ou país. Longo tempo depois de extinto, como espero venha a sê-lo um dia, ele ainda constituirá um enigma e um desafio ao tirocínio dos historiadores. 
Photo
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded