Profile cover photo
Profile photo
LeoJorge Pereira
112 followers -
Rapadura é doce, mas não é mole não!
Rapadura é doce, mas não é mole não!

112 followers
About
LeoJorge's posts

Post has attachment
Ontem atingimos 2.3% da nossa meta, mas hoje, ainda não tivemos nenhuma contribuição dos nosso amigos e familiares. O importante nessas vaquinhas virtuais é que todos participem, qualquer valor doado é muito bem-vindo.

De grão em grão é que a galinha enche o papo. Ontem tivemos 4 contribuições, 1 (uma) ainda está pendentes, e 3 (três) contribuições foram confirmada e ajudaram a engordou a vaquinha do enxoval do nosso filhote ou filhota...

Na sexta-feira temos ecografia marcada e talvez saberemos o sexo do bebê
Forte abraço a todos!

Bebê a Bordo! E agora, quem poderá me socorrer?

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/bebe-a-bordo-e-agora-quem-podera-me-socorrer


Post has attachment

Post has attachment
Procurando trabalho

Post has attachment
Busco Novas oportunidades de trabalho

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment
Decifrando o Enigma de Fabiana

“Decifra-me ou devoro-te” 
Não sei se posso ou se devo, 
Mas, atrevo-me. Desnudo-me de minha alma insossa, 
insípida e rude. E bebo-te, incipiente, os teus anseios.
Busco compulsivamente decifrar tua aura feminina, virginal e leve.

Ouso experiênciar teus subterfúgios inteligentes. 
Equilibro-me nas precipitações de teu picadeiro sublime, 
fantasioso. Mergulho sem rede, bem como um trapezista camicase, 
num devaneio perene, remitente. Cobiço-te por instinto, 
por impulso sucinto, doce e quente.

Roubei-te uns versos teus. 
Versos ternos, simples, singelos.
Escutei teus escritos, li tuas súplicas. Tentei decifra-la. 
Aproveitei-me de teus versos. Versos, mais versos, 
mesmos versos, sempre versos. Sem sucesso…

Post has attachment

Post has attachment
QUETEXTOESTRANHO

De linhagem nobre. Graciosa, 
elegante. Nome originado do gaulês 
da medieval idade – Pelo menos é o que dizem
os dicionários, aqueles, de nomes próprios (risos).

Pra mim, ela será sempre aquela mocinha linda.
O espírito adolescente em busca de liberdade.
A sinceridade que me dirá sempre, coisas que não quero ouvir.
Será sempre, a alegria que me corrompe, e que me faz dançar.

Dançar de pura felicidade. Só por estar ao seu lado. 
Logo eu, que por essência, não sou um ser dançante. 
Às vezes, gosto de irrita-la, e o nervosismo faz dela, a mais bela, 
porque traz à tona o cinismo e o sarcasmo (dela) que tanto gosto.
Wait while more posts are being loaded