Profile cover photo
Profile photo
Si14 Sistemas de Gestão e Plataforma E-commerce
16 followers -
Os que tem coragem, AGEM!
Os que tem coragem, AGEM!

16 followers
About
Posts

Post has attachment
📈 PMR ou PMRV - prazo médio de recebimento de vendas, fique de olho neste indicador em seu sistema de gestão empresarial para manter a saúde financeira de sua empresa.

O PMR é o cálculo que indica o tempo médio que uma empresa leva para receber de seus clientes aquilo que vende a eles.

Todos sabemos o quanto é complexo manter os números de nossa empresa na "ponta da língua" e mais do que isso entender e transformar a montanha de informações que é gerada no dia em dados para melhor a administração, não é mesmo?

É extremamente importante se manter de olho no indicador PMR, ele demonstra qual é o seu prazo médio de recebimento das vendas ou em uma linguagem mais simplificada: Quanto tempo em média leva para que você receba de seus clientes.

O PMR é muito importante e precisa ser levado a sério pois quanto maior ele for mais a empresa irá precisar dispor de Fluxo de caixa para manter seu Ciclo Operacional (falaremos deste item em outro momento) e assim se manter saudável. Sendo assim, um PMR muito longo faz com que a empresa aumente o risco de cair em financiamento bancário e aumenta também o risco de aumentar a taxa de inadimplência já que de certa forma começa a atuar como uma espécie de banco para seus clientes pois aumenta a necessidade de Fluxo de Caixa para operar dentro de seus ciclo.

É muito comum ouvir a indagação abaixo quando uma empresa tem um PMR mau planejado:
"A empresa até que vende bem, veja os números... porém não conseguimos ver o dinheiro em nossas mãos".
Por outro lado, um PMR muito curto impõe aos clientes de sua empresa uma maneira rígida e que pode resultar na diminuição do número de vendas.

Então, qual é o PMR ideal? A resposta, com certeza se vinda de um administrador coerente será um sonoro ...depende.... Como sempre é preciso analisar os números e usá-los com consciência e estratégia a favor da empresa.

Porém, para que essa questão não fique totalmente sem resposta segue algumas dicas:

1- Geralmente um PMR longo, de vários meses pode indicar problema se não for feito com muito critério e cuidado.

2- Busque o menor PMR possível e talvez esta atitude diminua um pouco o seu número de vendas porém é importante lembrar que também poderá diminuir a taxa de inadimplência de seus clientes.

3- Um PMR curto fatalmente diminuirá o risco de a empresa cair em juros bancários, seja de adiantamento de recebíveis, custódia ou empréstimos dos mais diversos tipos.

4- A melhor forma de verificar o PMR ideal é olhando para dentro e entendendo a sua contra partida, o PMP ( Prazo médio de pagamento ) e com isso entenda que aumentando seu PMR, você irá diminuir seu PMF (Prazo médio de faturamento) e você precisará de faturamento para manter seu PMP em ordem, falaremos destes itens em outros tópicos.

5- Se você não quer dispor de recursos para investir em seu contas a receber, o seu PMR não deverá ser inferior ao seu PMP

Segue a fórmula de calculo do PMR:
Vamos supor que olhando um ano a frente, a empresa X vendeu 1 milhão e duzentos mil a seus clientes porém ainda tem 300 mil pendente a receber, seja em boleto dinheiro ou outro recurso. O resultado do cálculo neste caso seria:

Vendas diárias = Vendas totais / 360

Vendas diárias = 1.200.000 / 365

Vendas diárias = 3287,6712

PMR = Contas a receber/ Vendas diárias

PMR = 300.000/ 3287,6712

PMR = Total a receber no periodo / Vendas anuais * 365

PMR = 300 / 1200000 * 365

PMR = 91,25 dias

Ou seja PMR da empresa é de 91,25 dias. Isto é, a cada 91,25 dias em média ele recebe valores. Ou mais especificamente a cada 91,25 dias a empresa recebe em média R$ 299.999,997 em vendas.

É muito dificil que um gestor tenha tempo de analisar e calcular este entre outros diversos números sem um sistema de gestão adequado. Pensando nisso, nós oferecemos o Si14 Sistema de gestão com vários indicadores calculados instantaneamente e automaticamente para que o gestor conheça de verdade a sua empresa e assim consiga ter mais apoio para a sua tomada de decisão.

Se houver dúvida entre em contato conosco e ficaremos felizes em ajudar.

Até o próximo artigo :)

http://si14.com.br/…/postagem/pmr-ou-pmrv-prazo-medio-de-re…
#PMR #PMRV #prazomédioderecebimentodevendas #prazomédioderecebimento #indicadores #fluxodecaixa #gestãoespresarial #blog #financeiro #saúdefinanceira
Photo
Add a comment...

Post has attachment
E-commerce: Plataforma gratuita vale mesmo a pena?

Quando planejamos um e-commerce, surgem diversas duvidas de layout, tipo de produtos, categorias, entre outras, porem vamos esclarecer uma dúvida que ronda quem quer vender online ; Plataforma gratuita vale a pena?

Muitas empresas e freelances utilizar plataformas que na sua maioria são de código aberto (Open-Source) com diversos recursos e extensões. Atraente vendo dessa forma, porem existem diversos quesitos que podem mudar sua opinião.

Risco de segurança: Crackers especialmente alvejar o CMS mais popular e plug-ins de qualidade variável pode oferecer vulnerabilidades para Crackers explorarem.
Instalação básica: A instalação é simples e muito básica, a personalização é sempre trabalhosa e apenas profissionais muito capacitados para editar (caso não queria destruir o código).
Recursos: Plug-ins: temas, extensões e módulos variam muito de qualidade, em sua maioria você não tem assistência do desenvolvedor e erros são muito frequentes.
Atualizações: Um risco! Quando a atualização é malsucedida não existem garantias e todo um trabalho pode ira água a baixo.
Melhorias / Continuidade: A não ser que o dono da loja virtual seja um programador e consiga por sozinho fazer tudo que precisa (e isso é raro, não conheço nenhum caso) o proprietário do e-commerce vai sempre precisar chamar um profissional freelance ou contratar uma agência que tenha esses profissionais, seja como for, caso queira ter um e-commerce que venda ele precisa ser profissional, seguro, atrativo, entre outros detalhes que quem vende pela internet bem sabe; esses custos podem ficar mais elevados do que o de contratar uma plataforma que dá todo suporte necessário.
Aquela velha história do ‘barato que sai caro’, e tanta dor de cabeça pra resolver problemas pequenos que o ‘sonho’ de vender pela internet pode se tornar um verdadeiro ‘pesadelo’.
Ferramentas proprietária possui maior segurança, seus recursos são totalmente personalizados e na falta de recursos existem alguém a quem recorrer para socorrer, empresas sérias tem suporte qualificado e conhecimento 360º tanto da ferramenta, quanto do mercado de e-commece.

Acredite esse mercado é cheio de facetas, ter profissionais aptos a darem orientações podem ajudar e muito uma loja virtual alcançar o sucesso tão desejado.
Hoje o e-commerce open-source mais utilizado é o Magento, muito robusto e com diversas ferramentas disponíveis por toda a internet. A após instalação podemos notar que apenas as funções básicas estão ativas e para incluir novos recursos é necessário a instalação de extensões que nem sempre são gratuitas o suporte apenas nos fóruns (quando existe suporte) e caso não exista a ferramenta que você precisa a solução é a contratação de uma empresa de desenvolvimento para criar uma adaptação, tornando a ferramenta de ‘custo zero’ em uma ferramenta de custo muito alto e como já foi dito acima, se o dono da loja virtual não for especialista no assunto tem grandes chances de ter sérios problemas.

e seu intuito é vender online sem ter custos iniciais, que tal começar com oferecendo seus produtos em MarketPlaces como Mercado Livre, Elo7, claro que ambos tem taxas que são cobradas, mas pra um início talvez venha valer a pena se seu intuito é ter gasto zero de início.

Caso sua intenção for ter uma loja virtual sua, posso garantir que a Plataforma de e-commerce da Si14 foi desenvolvida com mais alto padrão de segurança e qualidade. É visível a diferença de velocidade no carregamento dos produtos e categorias, também incluir Sistema de Gestão integrado para controle total desde pedidos, estoque, emissão de notas fiscais, relatórios gerenciais.

Além dos inúmeros recursos oferecidos por uma Ferramenta de E-commerce profissional a grande vantagem é o suporte especializado que possui total domínio da ferramenta. Não existe gambiarra de adaptação todo novo recurso, ferramenta ou personalização é feito dentro do próprio sistema eliminando ferramentas externas.

Podemos concluir que os e-commerce proprietários estão muito afrentes, são inúmeras as vantagens e a Plataforma de e-commerce da Si14 é um caso de sucesso muito elogiado por todos que o utilizam.

Ainda ficou com alguma dúvida? Fale com o time da Si14 e teremos um enorme prazer em esclarecer e auxiliar você nessa jornada.

http://si14.com.br/blog/postagem/e-commerce-plataforma-gratuita-vale-mesmo-a-pena
Photo
Add a comment...

Post has attachment
📈 PMP - Prazo médio de pagamento, veja a análise e como este indicador deveria fazer parte da gestão financeira da sua empresa:


Quando vamos fazer uma compra no âmbito pessoal é comum que as pessoas peçam para parcelar o máximo possível, porém em uma empresa é difícil ver um comprador negociando prazos e conversando com seu fornecedor além da forma rígida imposta principalmente quando a empresa tem dinheiro em caixa.

Bem, é claro.. isso é praticado mais não deveria ser assim. Quanto menos prazo você negocia com seus fornecedores menos poder de parcelamento você terá com seus clientes e isso pode refletir diretamente nos seus resultados, sendo assim.. é trabalho do gestor por mais que se tenha dinheiro em caixa aceitar somente determinadas formas de pagamento pensando especificamente em aumentar o seu PMRV criteriosamente.

Para ajudar a decidir qual valor a empresa dispõe de modo saudável, deveria ser verificado no sistema de gestão qual o PMFP/VMFP(Link) ( normalmente tratamos este indicador de forma anual ) e então entender que o prazo médio de pagamento que as compras devem girar em torno ou com um valor maior de prazo em dias.

Vamos ao exemplo:

Vamos supor que ao olhar em seu sistema de gestão, você visualize os seguintes dados:

PMFV ( prazo médio de faturamento ) é de 48 dias.
PMRV ( prazo médio de recebimento ) é de 55 dias.
Neste caso o PMP (prazo médio de pagamento) ideal deveria ser acima de 48 dias considerando um possível risco de inadimplência porem analisado juntamente ao possível desconto e valores dispostos em caixa e naturalmente acima de 55 dias se a analise entre risco x desconto x valor em caixa não for positiva o suficiente.

Em uma análise estratégica rápida simplesmente estou dizendo que a empresa deveria primeiramente receber os valores para então se dispor a pagar os valores e desta forma diminuir o risco de cair em juros bancários, ou até considerar o risco de juros bancários mediante o possível desconto a ser recebido.

Também vale considerar o ponto que quanto maior for o meu PMP terei a chance de aumentar o meu PMR e assim flexibilizar um pouco mais as vendas.

Para calcular o prazo médio de faturamento podemos aplicar a fórmula como descrita abaixo:

PMP = (R$ Total ainda devido aos fornecedores / R$ Valor total comprado dos fornecedores ) x 365
Então, vamos imaginar que no total de um ano, a empresa X comprou cerca de R$ 450.000,00 dos quais ainda resta pagar R$ 85.000,00.

Valor médio de pagamento = valor total comprado no período / período
Valor médio de pagamento = 450000 / 365
Valor médio de pagamento = R$ 1232,88
PMP = (Valor total ainda devido aos fornecedores/ valor total comprado no período) * período
PMP = (85000/450000)*365
PMP = 0,18888 * 365
PMP = 69 dias
Isto indica que o prazo médio de pagamento da empresa é de 69 dias e que a cada 69 dias é pago por volta de R$ 85.068,49.

Confronte estes dados com o seu VMFP e entenda qual o valor que a empresa ainda tem disponível para que realizar a compra.

São analises e indicadores deste tipo que o sistema de gestão empresarial da Si14 fornece ao gestor e assim apoia a tomada de decisão de uma forma embasada em fatos e números.

Se o seu sistema é somente operacional, repense...

"O Sistema da Si14 não é como das outras empresas; operacional, o Sistema da Si14 é um sistema estratégico"
http://si14.com.br/blog/postagem/pmp-ou-prazo-medio-de-pagamento
Add a comment...

Post has attachment
Custo de estoque, estes números não podem passar desapercebidos.

Qual melhor maneira de calcular custo médio dos produtos e controlar bem o custo de estoque. Tema muitas vezes deixado em segundo plano...
Leia completo no Blog: http://si14.com.br/blog/postagem/custo-de-estoque-estes-numeros-nao-podem-passar-desapercebidos
Add a comment...

Post has attachment

Passo a passo de como se proteger contra golpe que ao clonar seu número tem acesso todo conteúdo do seu WhatsApp desde conversas até fotos e vídeos.

http://si14.com.br/blog/postagem/como-se-proteger-do-golpe-via-whatsapp-que-rouba-suas-informacoes
Add a comment...

Post has attachment

Post has attachment
💡 Você sabia que com as funcionalidades do E-commerce Si14 você pode alavancar as vendas da sua loja virtual? Conheça os nossos diferenciais e explore todo o potencial que seu e-commerce pode oferecer! 👌
Photo
Add a comment...

Post has attachment
O ano de 2016 está chegando ao fim e, devido à crise, a realidade dos meses que se passaram não foi das melhores para a grande maioria dos empreendedores. Mas não desanime! Ainda dá tempo de dar a volta por cima e começar o ano de 2017 com eficiência total em um cenário muito mais favorável para seu negócio. Quer saber como? Conheça a Si14
☎113807-6256 📞1197591-5105
💻 http://si14.com.br/
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Nicho de mercado, oceano azul, oceano vermelho, entenda um pouco mais sobre esses termos e saiba como atuar em um mercado de nicho, mesmo que seu produto ou serviço não seja tão diferentão assim.
http://si14.com.br/blog/postagem/nicho-de-mercado
Nicho de Mercado
Nicho de Mercado
si14.com.br
Add a comment...

Post has attachment
Quem é empreendedor sabe: crescer, inovar e gerar empregos não é um trabalho que se faz sozinho.
Tão importante quanto uma ideia de negócio é o palco em que essa história é construída: nossas cidades.
Mas será que elas oferecem as condições para que os empreendedores desenvolvam todo o seu potencial?
Para ajudar a responder essa pergunta nasceu o Índice de Cidades Empreendedoras, um grande raio-X do ecossistema
empreendedor do Brasil, que chega à sua terceira edição em 2016.
http://ice2016.endeavor.org.br/
Conheça o ICE 2016
Conheça o ICE 2016
ice2016.endeavor.org.br
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded