Profile cover photo
Profile photo
Museu do Amanhã
241 followers -
O Amanhã é hoje
O Amanhã é hoje

241 followers
About
Museu do Amanhã's posts

Post has attachment
O valor do ingresso do Museu do Amanhã foi reajustado. A entrada continua gratuita às terças-feiras e a política de meia-entrada e gratuidade não sofreu alteração.

Vamos às informações sobre o nosso funcionamento. Pedimos que sempre confirmem as informações no site www.museudoamanha.org.br antes da visita.

INGRESSOS
Pensando no conforto e na segurança dos visitantes, os ingressos para o Museu do Amanhã podem ser comprados online. A compra do ingresso com dia e horário marcados permite controlar a quantidade de pessoas que estão no Museu ao mesmo tempo, evitando exceder sua lotação e permitindo uma melhor experiência. Além disso, ao comprar antecipadamente, você evita as filas para entrar no Museu. A cada hora, será disponibilizada uma quantidade limitada de ingressos para compra exclusivamente em dinheiro na bilheteria. As gratuidades também podem ser retiradas online (exceto para crianças até 5 anos). No caso dos ingressos retirados online, é necessário apresentar o voucher impresso ou baixar o arquivo PDF no celular ou tablet. O direito à meia-entrada ou gratuidade é garantido mediante apresentação de documentação comprovativa na entrada do Museu.
Acesse https://ingressos.museudoamanha.org.br/ para comprar seu ingresso ou retirar a sua gratuidade.

⏰ HORÁRIOS E DIAS DE FUNCIONAMENTO
O Museu funciona de terça a domingo, das 10h às 18h, com última entrada às 17h.
⚠ COMO CHEGAR
Ficamos na Praça Mauá. Recomendamos utilizar transporte público.
🚇De metrô, desça na estação Uruguaiana.
🚍De ônibus, consulte: http://www.vadeonibus.com.br/.
🚊De VLT, desça na Parada dos Museus.
O Museu não dispõe de estacionamento e pode haver alterações de trânsito nas proximidades.

🎫INGRESSOS
Inteira: R$ 20
Meia-entrada: R$ 10
Bilhete Único dos Museus (Museu do Amanhã + MAR): R$ 32 (inteira) e R$ 16 (meia-entrada)
* Entrada gratuita às terças-feira (o voucher pode ser retirado no site de venda online).

MEIA-ENTRADA
- Pessoas com até 21 anos
- Estudantes de escolas particulares
- Estudantes de universidades particulares e públicas
- Pessoas com deficiência e um acompanhante
- Servidores públicos do município do Rio de Janeiro
- Moradores ou naturais da cidade do Rio de Janeiro
- Portadores da carteira de Identidade Jovem
- Pagamento com cartão Santander (válido somente para o titular do cartão)
* Em todos os casos, é necessário apresentar documentação comprovativa.

GRATUIDADE
- Estudantes da rede pública de ensino fundamental e médio
- Professores da rede pública de ensino e de universidades públicas
- Pessoas com até 5 anos ou a partir de 60 anos
- Acompanhante necessário de pessoas com deficiência
- Funcionários de museus ou associados do ICOM com selo da anuidade;
- Guias de turismo
- Vizinhos do Amanhã
- NOZ - Amigos do Amanhã
* Em todos os casos, é necessário apresentar documentação comprovativa.

FILA PRIORITÁRIA
- Pessoas com deficiência
- Pessoas com idade igual ou superior a 60 anos
- Crianças de até 6 anos acompanhadas de até dois responsáveis
- Gestantes e lactantes
- Associados do ICOM com selo da anuidade
* É permitida a presença de 1 (um) acompanhante com a pessoa que tem direito à entrada pela fila prioritária.
Photo

Post has attachment
Como é possível medir as emissões de carbono emitidas por grandes eventos como os jogos olímpicos? O que fazer para reduzir essa emissões e minimizar os efeitos dos gases de efeito estufa cuja emissão é inevitável?
Essas são algumas das perguntas que inspiram o encontro "Mudanças Climáticas: o que os Jogos Olímpicos têm a ver com isso?", que realizamos em parceria com Observatório do Clima e Rio 2016. Além disso, será lançada a campanha "1.5ºC: o recorde que não podemos quebrar". O evento acontece no dia 28 de julho, quinta-feira, das 9h às 13h30. Confira a programação completa e inscreva-se aqui: http://bit.ly/mda-mudancas-climaticas-jogos-olimpicos
Photo

Post has attachment
Qual a importância de temas como biohacking e neurohacking no contexto da Ciência Cidadã? O que nossas ondas cerebrais dizem sobre nós e nosso ambiente? O que podemos controlar com elas?

O Ciência Cidadã é um projeto do Laboratório de Atividades do Amanhã - LAA. Até julho, as oficinas são realizadas pela equipe do LAA e pelo Olabi, empresa social de estímulo à inovação, criatividade e tecnologia.

Mais informações e inscrições aqui: http://bit.ly/mda-ciencia-cidada
Photo

Post has attachment
Há alguns meses pesquisadores conseguiram criar neurônios “adultos" e, mais recentemente, “mini-cérebros” de laboratório. Essas realizações abrem novos caminhos na pesquisa de doenças degenerativas como os males de Parkinson e Alzheimer. Elas também contribuem para diminuir milhões de testes em animais.

Como será a pesquisa científica em áreas como a neurociência no futuro? O que se pode esperar com estas novas possibilidades e que janelas abrem? Como é o dia-a-dia e o processo criativo de quem faz pesquisa biomédica de ponta?

Inscreva-se no talk-show "Mini-cérebros de laboratório: uma revolução na medicina": http://bit.ly/mda-mini-cerebro
Photo

Post has attachment
Qual a importância de temas como biohacking e neurohacking no contexto da Ciência Cidadã? O que nossas ondas cerebrais dizem sobre nós e nosso ambiente? O que podemos controlar com elas?

O Ciência Cidadã é um projeto do Laboratório de Atividades do Amanhã - LAA. Até julho, as oficinas são realizadas pela equipe do LAA e pelo @Olabi, empresa social de estímulo à inovação, criatividade e tecnologia.

Mais informações, inscrições e a agenda completa das próximas atividades aqui: http://bit.ly/mda-ciencia-cidada
Photo

Post has attachment
Os Zeppelins foram criados na Alemanha, na virada do século XX, e até hoje são considerados as maiores aeronaves já construídas. O maior deles, o Hindenburg, tinha 245 metros de comprimento - quase quatro vezes um Boeing 747, um pouco menor do que o Titanic! Esse “transatlântico dos céus” realizou viagens da Alemanha para os Estados Unidos e o Brasil durante 10 anos e precisava de uma equipe de 45 tripulantes. Tudo sobre a arte do voar na exposição “O Poeta Voador, Santos Dumont”! Até 30 de outubro aqui no Museu. #PoetaVoador #SantosDumont
Photo

Post has attachment
Quantas pessoas existem, agora, no mundo? A biodiversidade do planeta está se renovando? Como varia a temperatura nos oceanos? O Observatório do Amanhã é responsável pelo monitoramento dos sinais vitais do planeta.
Para apresentar este trabalho, o Observatório promove um bate-papo semanal com os visitantes, sempre às terças, em três sessões. Essa semana o encontro acontece em três sessões, às 12h, 14h e 16h.
Mais informações aqui: http://bit.ly/mda-tardes-no-observatório
A imagem utilizada para essa publicação foi feita pelo astronauta Tim Peake.
Photo

Post has attachment
Essa pergunta foi o tema do painel que aconteceu aqui por aqui no “Viva a Mata”, evento anual da Fundação SOS Mata Atlântica que marca o Dia Nacional da Mata Atlântica, celebrado hoje, dia 27 de maio.

Somos um espaço dedicado às ciências e convidamos nossos visitantes para uma jornada informativa e sensorial sobre os desafios dos próximos 50 anos. Em especial, a conservação da biodiversidade e o engajamento das pessoas com práticas sustentáveis.
Photo

Post has attachment
Nós poderíamos falar do Dia do Orgulho Nerd ou do Dia da Toalha, mas com os vizinhos mais que especiais que temos, preferimos falar de outra data que celebramos hoje <3

A nossa localização é um privilégio: nascemos em uma região de relevância histórica, tanto do ponto vista urbanístico quanto social. Os moradores daqui são propulsores de transformações profundas e procuramos tê-los sempre perto, em um processo de construção coletiva do Amanhã.

Os cerca de 30 mil moradores da Região Portuária - distribuídos pelos bairros da Saúde, Gamboa e Santo Cristo e os morros da Conceição, Pinto, Providência e Livramento - têm entrada gratuita no Museu a partir do Programa Vizinhos do Amanhã. Clique aqui para saber como realizar o cadastro: http://bit.ly/mda-vizinhos

Na imagem, uma apresentação da Cia de Mysterios e Novidades, que também são nossos vizinhos.
Photo

Post has attachment
Podemos encontrar novas texturas nos alimentos que já conhecemos? Como usar a alimentação para quebrar paradigmas culturais? Como desenvolver uma alimentação saudável, ambientalmente sustentável e igualmente agradável aos nossos sentidos?

O LAA recebe Gisela Abrantes, Flavia Becker e Francine Xavier para conduzir essa experiência com nossos visitantes. Mais informações e inscrições aqui: http://bit.ly/mda-cozinha-cientifica
Photo
Wait while more posts are being loaded