Profile cover photo
Profile photo
Sispro Software Empresarial
25 followers -
www.sispro.com.br
www.sispro.com.br

25 followers
About
Posts

Post has shared content
Responda a enquete do SPEDBLOG no Linkedin:

"Qual a maior dificuldade para atender a EFD-PIS/COFINS?"

Acesse: http://t.co/vV51k9o9

(www.spedblog.com.br)

Post has shared content

Post has shared content
Legado do SPED: melhoria dos processos de negócios

Lourival Vieira (*)

Os investimentos realizados para o atendimento ao Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) devem retornar às empresas como resultado das melhorias dos processos de negócios e também pela eliminação dos erros contábeis e fiscais. Desde quando foi instituído pelo Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, o SPED vem recebendo críticas e elogios, mas uma coisa é certa: ele é uma realidade e se consolida como um dos mais avançados programas do mundo para a informatização e automação da relação entre o Fisco e os contribuintes.

Nestes 40 anos em que atuamos no mercado de desenvolvimento de soluções e serviços para a área administrativa e financeira, presenciamos uma evolução acentuada dos processos de gestão. Mas, nada se compara com a que foi impulsionada pelo SPED. Hoje, raramente encontramos alguma empresa onde parte da documentação seja baseada em papel, como era antes da escrituração digital, quando não havia muito controle sobre o que era declarado pelos contribuintes. Por isso, naquela época, as visitas da fiscalização, multas e, certamente, sonegação de impostos eram muito comuns.

Com a modernização dos processos e automação da entrega das informações contábeis e fiscais, as empresas ganharam em eficiência e aquelas que se acostumaram a burlar o Fisco foram obrigadas a migrar para um novo ambiente de gestão, o da eficiência e da legalidade fiscal.

Nestes 5 anos de SPED, os benefícios são inúmeros, a despeito dos alegados altos investimentos que muitas empresas tiveram que ter, muitas vezes, na verdade, para corrigir erros administrativos que impediam atender à nova realidade. As empresas que já possuíam processos de automação do controle contábil e fiscal foram as que menos tiveram problemas para se adequarem e foram as que menos tiveram gastos extras.

Se o SPED vem se aperfeiçoando , as empresas também. É verdade que ele ainda tem o que melhorar e quem o acompanhar será beneficiado. As empresas de todos os segmentos terão que acompanhar a evolução do SPED que é dividido em blocos, por assunto ou área de operação, para também melhorarem seus mecanismos de administração. Ao buscarem adequar-se às novas regras, as empresas estão fazendo um bem a si próprias e terão a possibilidade de otimizar suas operações para isso.

A sua consolidação também está no mercado de software, que deverá entregar sistemas de Gestão Fiscal ainda melhores. Mas, acreditamos que somente as empresas com tecnologias mais avançadas sobreviverão ao impacto do mercado.

Quanto ao mercado de software, acreditamos que somente será possível existir soluções criativas para a combinação “demanda versus atendimento” do SPED, uma vez que ainda seja possível notar nas empresas várias dificuldades para que sejam cumpridas todas as exigências da escrituração digital. Ao mesmo tempo em que buscam correr para atender ao que pede o Fisco, as empresas lutam para adequar seus processos à nova realidade. O mesmo acontece com os fornecedores de sistemas e serviços, que são pressionados a entregar ‘mais por menos’, ou seja, devem criar sistemas cada vez mais eficientes, avançados e atualizados, mas, ao mesmo tempo, sofrem com a pressão do mercado por preços menores em seus produtos e serviços. E é por isso que afirmamos que o mercado passará por uma consolidação, se não por completo, mas bem avançada.

Neste 5 anos de SPED também notamos outros aspectos relevantes . Desde o seu início, o programa público de escrituração digital pegou muitas empresas – usuários e fornecedores – despreparadas para atender à nova realidade. Somente as maiores empresas possuíam condições de superar as dificuldades impostas porque já estavam informatizadas e muito bem atendidas por aplicações de softwares especialistas de ponta. Do lado dos fornecedores, somente os desenvolvedores de sistemas com foco na gestão fiscal, como é o caso da Sispro, é que conseguiram apresentar as atualizações e adequações compatíveis com o novo mercado. A NF-e, que deu início a este processo de escrituração digital, e que teve sua adoção iniciada em 2005, abriu uma estrada enorme para o surgimento de pequenas empresas de software para atender ao mercado, que precisou urgentemente emitir notas fiscais eletrônicas, mas não recebia suporte imediato de seus fornecedores naquele momento.

Para 2012 esperamos aumentar o número de empresas utilizando serviços de Outsourcing de SPED, um modelo que consiste na entrega de consultoria, serviços e software. Isto porque a demanda ainda será alta e as empresas não terão a capacidade de realizar todas as tarefas relacionadas ao SPED sem apoio externo, de profissionais e empresas altamente capacitadas para isso.

Sentimos que a nossa oferta já está consolidada porque ela oferece a alternativa adequada para as empresas não disporem de grandes investimentos neste processo do SPED. Como o Sispro SPED pode ser integrado aos demais sistemas de gestão ERP, veem uma grande oportunidade de negócios se apresentando para a nossa empresa em 2012, que também irá completar 40 anos de existência e experiência na entrega de serviços e tecnologia para administração e finanças.

(*) Diretor de Marketing da Sispro – Serviços e Tecnologia para Administração e Finanças.

(http://www.spedblog.com.br/2012/01/31/sped-sistema-fiscal-contabil-contribuintes-nf-e/)

Post has shared content
Sped completa 5 anos e avançará como um sistema eficiente

Sispro estima que somente empresas de software evoluídas tecnologicamente sobreviverão às exigências das demandas de escrituração fiscal.

O Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), instituído pelo Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, vem ganhando importância como um dos mais avançados programas de informatização da relação entre o Fisco e os contribuintes. Antes dele, a documentação era baseada em papel e não havia absoluto controle sobre o que era declarado pelos contribuintes, ampliando o número de visitas da fiscalização, multas e, certamente, sonegação de impostos.

Parte da sua estrutura, o modelo brasileiro de nota fiscal eletrônica, vem sendo estudado por vários governos, que avaliam a adoção em seus países. Respeitadas as especificidades, a nota fiscal eletrônica já é adotada pela Argentina, Colômbia e México. No Brasil, segundo estimativa dos consultores da Serviços e Tecnologia para Administração e Finanças (Sispro), em 2012, o sistema público de escrituração digital completa cinco anos e avançará como um sistema eficiente de controle da escrituração contábil e fiscal, além de provocar a consolidação do mercado de software, fornecedor de Sistemas de Gestão Fiscal.

Segundo a Sispro, somente as empresas com tecnologias mais avançadas sobreviverão ao impacto do mercado, que necessita acompanhar a evolução do Sped e seus blocos, e às necessidades das empresas clientes, que buscam se adequar às novas regras, mas ainda precisam reduzir os custos com essa operação.

Para Lourival Vieira, diretor de Marketing da Sispro, o mercado somente permitirá a existência de soluções criativas para a combinação “demanda versus atendimento” do Sped, uma vez que ainda é possível notar nas empresas várias dificuldades para que sejam cumpridas todas as exigências da escrituração digital.

“Ao mesmo tempo em que buscam correr para atender ao que pede o Fisco, as empresas lutam para adequar seus processos à nova realidade. O mesmo acontece com os fornecedores de sistemas e serviços, que são pressionados a entregar ‘mais por menos’, ou seja, devem criar sistemas cada vez mais eficientes, avançados e atualizados, mas, ao mesmo tempo, sofrem com a pressão do mercado por preços menores em seus produtos e serviços. E é por isso que afirmamos que o mercado passará por uma consolidação, se não por completo, bem avançada”, projeta Vieira.

O diretor da Sispro também destaca outros aspectos relevantes para esses cinco anos do Sped. Segundo ele, o início do programa público de escrituração digital pegou muitas empresas – usuários e fornecedores – despreparadas para atender à nova realidade. “Somente as maiores puderam passar pelas dificuldades com maior tranquilidade porque já estavam informatizadas e muito bem atendidas por aplicações de softwares especialistas de ponta.

Do lado dos fornecedores, somente os desenvolvedores de sistemas com foco na gestão fiscal, como é o caso da Sispro, é que conseguiram apresentar as atualizações e adequações compatíveis com o novo mercado”, diz e acrescenta: “ A NF-e, que deu início a esse processo de escrituração digital, e que teve sua adoção iniciada em 2005, abriu uma estrada enorme para o surgimento de pequenas empresas de software para atender ao mercado, que precisou urgentemente emitir notas fiscais eletrônicas, mas não recebia suporte imediato de seus fornecedores naquele momento”.

Fonte: ComputerWorld – 20/01/12
(http://computerworld.uol.com.br/tecnologia/2012/01/20/sped-completa-5-anos-em-22-de-janeiro-neste-domingo/)
Photo

Post has shared content

Post has attachment
SPED Blog fica entre os três primeiros ganhadores do prêmio Top Blog 2011.

É com imensa alegria que agradecemos o apoio na disputa do prêmio Top Blog 2011!

O Top Blog premia anualmente os blogs brasileiros mais populares, que possuam a maior parte de seu conteúdo focado para o público brasileiro, com melhor apresentação técnica específica a cada grupo e categorias.

A cerimônia aconteceu no auditório da UNIP Vergueiro, no dia 17/12, e o SPED Blog, com apenas 9 meses de existência, foi premiado com o 3° lugar no Júri Popular na categoria Economia e Finanças.

Ficamos muito contentes com o resultado e compartilhamos a nossa alegria com todos os leitores e amigos, que foram peças principais para que pudéssemos conquistar essa posição.

Trabalharemos ainda mais e daremos o nosso melhor para continuarmos contando com o apoio e audiência de vocês em 2012!

(http://www.spedblog.com.br/2011/12/27/sped-blog-fica-entre-os-tres-primeiros-ganhadores-do-premio-top-blog-2011/)
Photo
Photo
2 Photos - View album

Post has attachment
SPEDBLOG entre os 30 finalistas no TOPBLOG

Temos uma grata surpresa com relação ao concurso TOPBLOG 2011 que elege os melhores blogs do Brasil.

O nosso SPEDBLOG está entre os 30 mais votados na categoria Economia e Finanças!!!
E a votação continua. Vamos fazer força para que ele esteja entre os primeiros colocados.
O período de votação é até 22/11.

Acesse o link abaixo para votar:

http://www.topblog.com.br/2011/index.php?pg=Busca&c_b=23143199

Solução completa para EFD-PIS/CofinsAtenda à EFD-PIS/Cofins com facilidade e total eficácia.

Para garantir que a sua empresa cumpra esta obrigatoriedade com baixo investimento, facilidade e total eficácia, a Sispro possui uma solução completa de EFD-PIS/Cofins.

O Sistema concentra toda a informação analítica que é base para a apuração do crédito e da contribuição, e a apresenta em arquivo digital de acordo com as especificações e exigências da RFB.

Com total flexibilidade você pode contratar o serviço da maneira que preferir:instalar o sistema na sua empresa ou contratar o serviço via WEB ou terceirizar conosco toda a operação. Fique atento aos prazos. Não deixe para a última hora.

Lembre-se: O PIS e a Cofins são tributos complexos e quando não apresentados no prazo estabelecido pela RFB acarretam a aplicação de multa no valor de R$ 5.000,00 por mês-calendário ou fração.

Temos oferta especial para de escritórios de Contabilidade e Software Houses Saiba mais. Ligue 0800.541.3300
ou acesse www.sispro.com.br
Wait while more posts are being loaded