Profile cover photo
Profile photo
Rodrigo S. Lucena
225 followers
225 followers
About
Posts

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Isso tudo em um só abraço.
[Levante, só não se aprece. Recomece, não se desespere]

E se um dia a vida te derrubar,
tenha calma, aprendemos que nem sempre cair é algo ruim.
Machuca, arranha, choramos que nem criança.
Mas e dai? Levante e não tenha vergonha.
Ande.

Levante, só não se aprece.
Correr pode piorar, faz você fazer as escolhas erradas,faz você não pensar.
Não faça de um arranhão, um buraco profundo no coração.

Recomece, não se desespere.
Se achegue no meu peito ou no meu cangote.
Se for pra chorar, então chore, só não me solte.
Se acomode.

Deixa nosso abraço reconstruir esses laços,
curar a feriada, essa dor e esse amargo.
Isso tudo em um só abraço.

- De um viajante em sua solitude. Eu

Imagem: wall.alphacoders
Photo

Post has attachment
Uma escolha para a vida.
[Talvez hoje você não saiba escolher, mas faça essa escolha rápido]

Lá fora já se fez noite e dia, ele já não sabe o que é dormir antes de o mundo acordar, as noites se fazem frias e os dias mais frios ainda. Na cabeça um conjunto de pensamentos em alta velocidade atormenta sua tranquilidade. Quase sem respirar em direção ao espelho ele caminhou e em um pequeno movimento olhou para si mesmo e falou:

- Sua vida pode ser construída de duas formas, indiferente do seu caminho:

A primeira se faz com amor, ela é quente, te faz projetar esperança e calor. Mesmo a dor irá sucumbir ao sentimento de paz, mas não se iluda, nem sempre ela vai ser assim.

A segunda é completamente diferente da primeira, nela existe a ausência do amor, por sua vez, ela é muito mais fria, mas nem sempre vai ser assim.

Agora preste atenção, a diferença não está em qual delas você vai dedicar mais tempo, a diferença está em você e como você vai lidar com os resultados de cada uma. Talvez hoje você não saiba escolher, mas faça essa escolha rápido, sua vida depende disso. O importante é nunca esquecer de escolher apenas o seu caminho.

Se algum dia você esbarra com alguém, preste atenção e nunca deixe de demonstrar quem você é e qual caminho você escolheu, se mesmo assim essa pessoa ficar, se por algum motivo ela escolher te seguir, você vai perceber que escolheu o caminho certo e que esse caminho vai ser mais doloroso, que por sua vez, mais amado.

- De um viajante em sua solitude. Eu

Cidade: Plovdiv, Bulgaria
Photo

Post has attachment
Eles vêm e vão, mas ninguém consegue ver ninguém.
[Talvez cercados de um milhão de pessoas nós ainda estamos sentimento a solidão]

A vista daqui de cima faz você ter certeza que são tempos difíceis, apesar disso, tudo fica claro e visível. Eles estão enlouquecendo e eu não posso fazer nada para ajudar ninguém. Daqui eu posso ver todos os carros, todas as pessoas, todos os objetos sem valor e um mundo de puro materialismo.

Agora são onze da manhã e a uma discussão na esquina - a culpa é do homem, ele teima em dizer que não; Na avenida, um ponto de ônibus lotado, do outro lado um ônibus que fisicamente não cabe mais ninguém - não é culpa de quem usa, isso é uma consequência; Jovens vêm e vão, vai entender para onde. Estranhos esperando, subindo e descendo a rua; A mãe não viu, mas a criança vai atravessar a avenida sem olhar para os lados; Alguém esqueceu de desligar o pisca-alerta do carro; A senhora está esperando faz meia hora para poder atravessar, ninguém consegue ver que ela é cega?

Eles vêm e vão, ninguém consegue olhar em volta, ninguém consegue ver ninguém. É tão difícil dizer isso, mas eu já estive lá antes, no meio desse mundo, no meio desse buraco. Sempre fiz todas essas coisas, sempre pensei só em mim, sempre fiz de tudo para apenas o Eu.

E lá se vai mais um para o hospital, dessa vez a culpa não foi de um homem; Alguém fala obrigado para o bom rapaz de azul, por favor; Não acredito que ninguém viu a senhora ainda parada; Outro avião, nem sempre foi assim, eles fazem tanto barulho, um dia vou acabar ficando surdo; Sinto cheiro do vinho, de gasolina e de perfume barato, estão em todos os lugares.

Se isso for um teste de Deus, alguém precisa nos ajudar, estamos fazendo nosso melhor. Estamos sorrindo, mas estamos à beira das lágrimas. Parece que estamos lutando pela verdade usando mentiras.

Deus, me ajude a acreditar que ainda podemos mudar, quase não conversamos, mas você ainda continua sendo a única luz que completa o vazio de muita gente, inclusive a minha. Sei que existe muito barulho por aqui, existe muita ganância e egoísmo, mas estou tão perto do céu, você pode me ouvir daqui? Eu estou tentando acreditar.

Mesmo após todos estes anos ninguém quer ficar sozinho, com o medo do abandono. Talvez cercados de um milhão de pessoas ainda estamos sentimento a solidão. Esse amor pode mudar o mundo. Isso transformaria estranhos em amantes. Só diga que você entende. Não faça a gente acreditar que é apenas mais uma história.

Somos jovens, quanto ao resto, há um mundo lá. Ele se transformará em algo bonito, então belo, respeitoso e amável.

- De um viajante em sua solitude. Eu

Imagem: wall.alphacoders
Photo

Post has attachment
Uma grande história.
[Não lamente pelas ondas, pelas folhas e pelas nuvens]

Nunca se esqueça de como é ver o mundo pelos olhos de uma criança, onde cada folha de outono é uma grande obra de arte, cada nuvem que se move um grande filme e cada dia uma nova grande história.

Nós também emergimos dessa magia, como uma onda no oceano aguardando seu momento para apenas retornar ao mar.

Não lamente pelas ondas, pelas folhas e pelas nuvens. Até mesmo na escuridão, as maravilhas e belezas do mundo não nos abandonam, elas sempre estarão lá esperando para serem vistas, contempladas é então amadas e respeitadas.

De um viajante em sua solitude. Eu

- Com base em Hellblade.

Imagem: wall.alphacoders
Photo

Post has attachment
E se a vida não brincasse de morrer a todo momento?
[A viga da sustentação é a mais pura certeza do óbito]

Aqui tem comida, uma galera conhecida, bebidas e um povo dizendo que não falta mais nada. Ao longe uma música toca, agradável, calma apesar de um pouco repetitiva, mais um argumento para os desconhecidos me julgarem, no fundo todo mundo continua a julgar, como uma vírus que contamina.

Fiquei me perguntando o que eu estava fazendo aqui, talvez aconteceria algo novo, será mesmo que poderia? Porque agora ou nessa vida? Noite a dentro percebo que nada disso mais me anima, começo a entender o quanto o silêncio contamina, como dizia um professor da vida brincando com suas rimas e contrabandeando a sua agonia - O silêncio as vezes desanima, contamina, desmotiva e então se torna uma miserável rotina - Hoje percebi que até isso pode virar rima, mas as vezes até mesmo a rima atrofia.

Quem sabe eu realmente sou culpado, uma escolha minha duvidou de um dia ser a última certeza que teria, pode parecer confuso, talvez seja. Alguns diriam que isso é apenas uma desculpa e não duvidaria em dizer que é, somos uma geração que inventa desculpas para tudo, não somos? Eu sou assim, não teria uma forma diferente de lidar.

Noite a dentro, alguns já dormiram. Isso é o que realmente acredito, mas minha realidade não é essa, não é definida por isso, esse clima que desalinha a harmonia não deveria se resumir em rotina. Bem vindo, alguém deveria dizer, como você está? Nossa maior ironia, será importante perguntar sobre a vida se é justamente ela que perdemos todos os dias? Como definir a existência do contraposto, o encosto que deveria ensinar que a viga da sustentação é a mais pura certeza do óbito?

Está na hora, já passou dela para alguns. Gostaria de saber, se você tivesse o poder de manipular o tempo, ir para qualquer momento, onde você estaria se a vida não brincasse de morrer a todo momento? Você acreditaria estar em um lapso de tempo, um contratempo, ou somente viveria o momento?

- De um viajante em sua solitude. Eu.

Imagem: wall.alphacoders
Photo

Post has attachment
Arriscar é o começo.
[O significado do amor]
[CAP.09/12 - Uma nova vírgula - Um livro perdido no tempo]

Arrisque tudo pela verdade ou então você vai continuar descontente. Você vai fazer muitas coisas, mas nada realmente vai acontecer. Você vai se movimentar bastante, mas nunca vai chegar a lugar nenhum e então vai perceber que o resultado será sempre o mesmo. Como se você estivesse faminto e simplesmente fantasiasse sobre o alimento maravilhoso e delicioso, mas fantasia não é real. Você não pode comer um alimento irreal, por momentos você pode se iludir, pode viver num mundo de sonho, mas o sonho não lhe dá nada e então novamente vai perceber que os resultados são os mesmos.

Deixo algumas perguntas:

Se você não puder ser sincero com a pessoa a quem ama, então quando vai ser sincero? Com quem você vai ser? Onde você vai ser?

Se tem medo até mesmo de lhe revelar a verdade, de desnudar-se espiritualmente, se até mesmo estiver escondendo, então onde encontrará um momento e um lugar onde possa ser totalmente livre?

Antes da morte chegar lembre-se de uma coisa: É preciso viver o amor antes da morte acontecer e é preciso ter coragem para isso, do contrário você terá vivido em vão e toda a sua vida terá sido fútil, um deserto.

Porque é preciso coragem para isso?

Por que a vida é insegurança, se você ficar preocupado demais com proteção, você permanecerá confinado a um pequeno cantinho, quase que em uma prisão construída por você mesmo. Será seguro, mas não será vivo, não terá aventura e êxtase.

Como você vai saber sentado dentro de casa que será capaz de resistir à tempestade e ao vento lá fora? Tentativa e erro é a única maneira. Talvez você seja derrotado, mas mesmo na derrota vai se tornar mais forte do que é hoje.

A vida consiste em explorar, entrar no desconhecido, tentar alcançar as estrelas. Não sacrifique sua vida por pequenas coisas como dinheiro e segurança, nada disso tem valor. Cada um deve viver sua vida tão totalmente quanto possível, somente então surge a alegria e as descobertas. É preciso fazer para conhecer.

O único alimento da vida é o risco, quanto mais você arrisca, mais você está vivo. Quando você compreender isso, não por desespero, não por impotência, mas por uma consciência meditativa, você fica entusiasmado pela absoluta beleza dessa possibilidade. Acompanhe a vida, criei, faça a verdade e compartilhe.

Esse é o significado do amor - Arriscar, tentar, compartilhar. Que no mínimo na presença de uma pessoa você possa dizer completamente tudo, arriscar tudo, em algum momento o medo vai desaparecer, ele sempre desaparece.

Podemos abrir todas as portas, podemos convidar todas as pessoa a entrar. Podemos começar a participar da vida de outra pessoa. Quem sabe a palavra aqui é participação. Portanto, no mínimo com a pessoa a quem você ama, não seja falso, seja você mesmo. Arrisque na verdade. Pouco a pouco, você vai aprender que ser sincero é tão bonito que vai ser capaz de apostar tudo nisso. Então a verdade simplesmente se torna o seu modo de viver. Você vai sentir-se amado e então estará amando, tente perceber.

- De um viajante em sua solitude. Eu.

Texto baseado em: "Intimidade: Como confiar em si mesmo e nos outros"

Imagem: wall.alphacoders.com
Photo

Diante do mundo.
[Por que de coração aberto, eu tenho esperança]

Rezo pela paz, mas a vida me fez pronto para a guerra.
Rezo pela união, mas a vida me fez pronto para a separação.
Rezo pela vida, mas me sinto pronto para encarar a morte de frente.
Rezo para estar na linha de frente, mas sinto estar pronto para ficar para atrás.

Por que até mesmo o líder dos lobos sabe reconhecer quem são os fracos, os velhos, os inteligentes e por assim saber, respeita cada um deles, assumindo o risco de dar uma ordem e então colocar em prova a vida de cada um deles.

Por ser quem é, não se sentir menor por isso, se sacrifica, se esforça e então deixa com que todos passem para que ninguém fique para trás. Para que até mesmo os feridos e os doentes tenham uma oportunidade, uma chance.

- De um viajante em sua solitude. Eu.

Post has attachment
Deus vai onde há a dor, e cura!
Vai onde não há amor, e ama!
Vai onde há a dor, e alegra!
Vai onde não há amor, transforma!
Deus traz esperança!

Post has attachment
Tempos de criança
[um texto que se perdeu no tempo]

Hoje não dá para passar batido, a base da lua, sozinho em uma mesa de madeira o silêncio vem com poucas palavras e me abraça, aos poucos as estrelas vão surgindo, quase não existem nuvens no céu. O dia já se foi e com ele o tempo, como eu queria apenas crescer, parece que foi ontem quando meus olhos de criança dominavam situações que mal entendia.

Bons tempos quando não havia preocupação, uma consciência perdida num castelo construído pela própria imaginação, tínhamos tanta coisa na cabeça e nada para pensar - bonecos, carrinhos e um belo copo de refrigerante que mudavam uma manhã, uma tarde ou uma lágrima que escorria dos olhos por apenas cair e se arranhar. Não ligava para nada, nem para o tempo que passava, poderia ser esse meu principal erro a se analisar.

Em minha mente, pelas vagas lembranças vou recolhendo esses pedaços quebrados que o tempo distorceu, não estou louco ou coisa parecida, em momentos sou uma criança com lágrimas escorrendo pelo rosto, chorando por tão pouco, outras um criança rindo, feliz, outra sou homem construindo algo novo. Alguns momentos de euforia e tristeza me confundem o quando seria uma boa hora para pensar na vida, entre lacunas vazias, faltam falas ou momentos que explicam como aconteceu. Percebo o quanto você perde quando algo não pode ser substituído, não tenho muita certeza de como me sentir quanto a isso.

Procurar uma peça em meio ao quebra-cabeça é complicado, principalmente quando você tenta levantar na memória para encontrar a peça que falta, de qualquer forma, só estou à procura da melhor parte em mim. Sei que isso tende a me fazer inseguro, mas isso já não me importa.

Algo faz com que eu acredite não ser possível encontrar ou arrumar o que já ficou. Meus sonhos de criança sumiram e perdi a noção de como. Como poderia deixar uma situação louca desta acontecer? São tempos difíceis, mas sempre fui um lutador, Ele me fez melhor, me deu a habilidade de dizer o que vivo e o que sinto, mas acho que não sou mais tão bom quanto era antes, durante muito tempo tentando construir o que meus sonhos projetavam, percebi que mesmo dando o meu melhor não tive sucesso em o construir.

Pensando distraidamente para frente, imaginei que essa vida seria super valorizada, ouvi alguém dizer que sonhos se realizavam e que o amor duraria um vida toda. A vida seria guiada por luzes de esperança criadas pela força e coragem, seriamos infinitamente apaixonados. As pessoas seriam humanamente carinhosa e cheias de bondade. Preciosas lembranças de um dia comum, um pensamento desequilibrado.

As vezes fico me perguntando - O quanto isso tudo é importante? - Quem sabe seja a pergunta errada ou eu esteja perguntando para a pessoa errada. Jogado em um mundo doído construído por pedaços de uma mente modelada por pessoas que julgam estarem certas mesmo erradas. Esse jeito torto de percepção não é nada fácil, parece que estou perdendo a cabeça, mas tenho certeza que não estou ficando louco.

- De um viajante em sua solitude. Eu.
Photo
Wait while more posts are being loaded