Profile cover photo
Profile photo
Roberio Praciano
169 followers -
Conhecendo Agora
Conhecendo Agora

169 followers
About
Roberio's posts

Post has attachment
Projeto para reduzir quantidade de Deputados e Senadores, clique e vote

Post has attachment

Post has shared content
                      PARA IS TO SERVIU SEU VOTO
NÃO OS CONDENE A MORTE COMPARTILHE PARA SALVAR UMA IDOSA E SEUS ANIMAIS
80 CÃES JUNTAMENTE COM SUA TUTORA DE SETENTA ANOS SERÃO DESPEJADOS E COLOCADOS NAS RUAS EM SÃO PAULO
Você pode ajudar! Eles precisam com urgência serem adotados ou de pessoas que ofereçam lares temporários, pois a qualquer momento irão para as ruas.
   Cristina Seabra pelo facebook ou pelo seu WhatsApp 11 9-9373-4502.
Você pode ajudar! Eles precisam com urgência serem adotados ou de pessoas que ofereçam lares temporários, pois a qualquer momento irão para as ruas.
Dona Ivone é uma senhora de setenta anos que sempre resgatou e ajudou animais abandonados. Hoje ela sofre o maior drama de sua vida, ela será despejada de seu lar juntamente com seus oitenta cães.
O terreno em que ela mora com seus cães, em Vila Matilde, na Zona Leste de São Paulo, não é dela, e a qualquer momento um oficial de justiça, junto com a polícia chegaram para a reintegração de posse.
Esses cães precisam ser adotados ou de lares temporários, pois quando o oficial chegar virá com tratores para tomarem a força, e derrubarão a casa e os canis. Com isso, muitos cães poderão se machucar ou perderem a vida.
Quem pode abrir seu lar e seu coração para salvar uma vida? Eles não têm para onde ir e voltarão para as ruas.
Os cães têm idades variadas. Alguns cães são muitos jovens, outros idosos. Têm cães pequenos, médios ou de grande porte. Cães que se adequam em apartamentos ou em sítios. Cães calmos e cães com energia.
Se você quiser adotar ou oferecer lar temporário entrar em contato com Se você não pode ajudar oferecendo um lar ou mora em outra cidade ou estado, poderá contribuir com qualquer valor para que os cães que não conseguirem um lar possam pelo menos ir para um hotel para cães.
 Fotos Luiz Henrique fotografias e Adriana Barbosa fotografias
Photo

Post has shared content
ESTA VELHA SAFADA E PSICOPATA PRECISA SER CONHECIDA EM TODO BRASIL, COMPARTILHEM
BRASIL...AQUI SE ANIMAL MORDE E MORTO SE BANDIDO MATA E SOLTO
Photo

Post has shared content

Post has shared content
O Holocausto Animal
https://www.facebook.com/pelofimdoespecismo/photos/a.1420121771567168.1073741828.1419885411590804/1749655841947091/?type=3&theater

Começou ontem (11) o abate de jumentos no matadouro Frigocezar, localizado no Piemonte da Chapada Diamantina, a 355 quilômetros de Salvador.

O procedimento do abate de jumentos é muito semelhante ao abate de bovinos. Os animais ficam confinados por cerca de 24 horas antes do abate. Nesse tempo, só podem beber água. Após isso, são conduzidos para o corredor da morte, "dessensibilizados" e então abatidos.

O veterinário Moacir Araújo garantiu que os jumentos "não sofrem" ao serem assassinados (será que ele falaria a mesma coisa se o abate fosse feito nele próprio?). “O animal não sofre para morrer, pois ele chega ao um ponto do corredor e logo é atingido por uma forte descarga na nuca, entrando em estado de coma", explicou.

O abate, legalizado pelo Estado, tem como objetivo a exportação do couro do jumento para a China; as outras partes do animal serão usadas como alimento para os animais do Zoológico de Salvador e também para a produção de ração animal.

A portaria que regulamenta o abate não recomenda o uso da carne para consumo humano no Brasil, por "questões culturais". Mesmo assim, o gerente do frigorífico diz ser possível pelo "ponto de vista nutricional".

Até o fim deste mês, estima-se o abate de até 3 mil jumentos.

As informações são do site Jacobina Notícia:
http://goo.gl/AYqoZV
Photo

Post has shared content
inúmeros animais esfolados vivos para o casaco de peles de Rihanna, mas a cantora ainda não se importa!

Animais criados para a indústria de peles passam a vida trancafiados em minúsculas gaiolas, sem proteção do frio, para que a pele fique cada vez mais grossa, muitas vezes morrem de frio sem poder se proteger, em temperaturas que chegam abaixo dos 50 graus negativos. Ou ficam loucos. E no final, uma morte trágica e dolorosa.. a maioria são escapelados vivos

Pelo fim da Escravidão Animal
https://www.facebook.com/ANIMAL.ABOLITIONISTS.PeloFimDaEscravidaoAnimal/videos/618544201652271/

Post has attachment

Post has shared content
Wait while more posts are being loaded