Profile cover photo
Profile photo
Nuno Miguel Morais
About
Nuno Miguel's interests
View all
Nuno Miguel's posts

Post has attachment
FIM
E acaba assim uma aventura que durou 8 anos, o blogue "O MUNDO INTEIRO" chega hoje ao fim. Obrigado a todos os que leram, comentaram, seguiram, me deram força para escrever e continuar a escrever todos os dias. Foi uma aventura fantástica.  Eternamente grat...

Post has attachment
POEMA ÚLTIMO
Desconhecemos a imensidão fulgurantes geometrias de uma beleza pura Num plano paralelo o sangue travestido de límpidas bocas Fervendo uma relampejante doçura Podíamos continuar abraçados numa manhã de inverno Desafiando serpentes e a gangrena do tempo graní...

Post has attachment
PEDÚNCULOS ADORMECIDOS
Invado o teu espaço secreto De pedúnculos adormecidos Um paralelo de sombras Esperando deuses que tardam E eu leio a tua mente retraída Num pastel de cores lúgubres Invado o espaço paralelo De uma veia marítima O murmurar impreciso de algo voador De súbito ...

Post has attachment
ESQUISSOS
Morrerei assim Na imensidão de quimeras Mares de lágrimas por momentos Ou o sal fotográfico de uma escultura inquieta Serão tágides Ou adamastores furtivos Que das tuas mãos Um rio Ou apenas sonhos De esquissos breves Serei apenas um precipício de Agosto Um...

Post has attachment
LANÇAMENTO DO LIVRO "QUIMERA"
Queridos amigos e leitores deste meu blogue, É com grande alegria que partilho convosco o lançamento do meu livro, Quimera,  editado pela Poetica Edições e que terá a sua apresentacão dia 2 de Julho às 16h na livraria Ler Devagar em Lisboa. Apareçam, estão ...

Post has attachment
O LAGO
No chão as artérias cansadas Mapas de marear assinalando desertos de cardos Onde nascem profetas e virgens suicidas A tua imagem reflectida em céus de sangue Ou uma alucinação de fumos permanentes Memorizo palavras e outras divagações inúteis Enquanto escre...

Post has attachment
SÔFREGO
Madrugada de crianças esquecidas Pérolas como sorrisos fingidos O cheiro ténue a café barato Opúsculo de um corpo prostrado Minguante Chamas Ou um éden imaginário Lentamente carícias Fábulas Um rio de lava incandescente Respirar demente À média luz E eu dis...

Post has attachment
PÁSSAROS
O futuro eram pássaros cintilantes Mortos Chagas abertas no peito nu e os dias passando imóveis Como maldições irremediáveis Procurei-te nos labirintos cardados de brumas Rosas negras fantasmas Improváveis rostos onde te identifico como uma falsa paixão des...

Post has attachment
LIVRES
Imagens rasgadas em muros destruídos Suor cínico carícia As lágrimas jorrando como adagas cravadas no peito Gelo Chacais alucinados procurando corpos desprevenidos Um céu negro em mutação E a tentação da carne Linfa O silencio de um grito arrepiando madruga...

Post has attachment
FOGUEIRAS
Na minha boca O sabor da terra saliva O crepitar cintilante de lírios brancos espalhados Corpos O clamor da chuva Serena noite de pecados Volúpia Nas pálpebras o reflexo de uma navalha o gume Um gomo saciando a desértica promessa Submissa sede Desperta-me N...
Wait while more posts are being loaded