Profile cover photo
Profile photo
Leandro Machado
194 followers -
Stay hungry. Stay foolish
Stay hungry. Stay foolish

194 followers
About
Leandro's posts

Post has attachment
Elegia
Aquela terra teve sempre se alimentou da autoridade, de uma linha de ascensão bem definida, misteriosa, alheia aos estrangeiros ou exilados. Era o padre rodeado de uma nave com acrescentos de azulejo, as notas pequenas e longas desenhando no espaço uma melo...

Post has attachment
pelo amor que te tenho
Meu amor eterno não correspondido, escrito em traços de indiferença sorridente de quem promete a presença mas não a permanência dos que nos vão ver decair do nosso corpo. Estás longe e eu perto de saber as falas dos poetas quando velam o amor desiludidos na...

Post has attachment
Monumento
Se esta cidade terminar, campos vazios silêncio assombrado pela espera, deitarei sobre a avenida (quente. rugosa. interdicta) e verei o céu desenhado nos meus olhos fixos. Eu fico! Esculpido num traço de solidão aquando do que se deixa para trás, pousarei a...

Post has attachment
Coitados
— Se nos sentarmos aqui diremos alguma coisa sobre nós? Pensou na questão enquanto o corpo se movia na dinâmica de quem se senta e ponto. Porquê estas perguntas pseudo profundas? Há algo irritante nestas expressões de vida interior quase nervosa, à flor da ...

Post has attachment
Tudo
Existe destino no amor? Olha-me, vê o meu rosto, sente como o mundo lá fora se torna pequeno enquanto deito e te admiro. Santo! louvores de falas e viagens que não tenho, que não possuo e invento redondinhas na língua que aponta uma luz na escuridão que pal...

Post has attachment
Do alto
Do alto daquela montanha amor, tu traíste-me. Ah, o alto dos pícaros do orgulho sem fim espinhos, espinhos, espinhos. O sol lá longe sobre os nus , talvez o verde, o verde? o sol e o verde. Paro! Vejo a cruz do santo: separação inscrita nos tempos, hoje há ...

Post has attachment
Diagramas
Toma este apontamento sobre negro, as folhas correndo um pé e a mão, ai que dança. Pai vês-me?  Vejo filha, as páginas correm e tu linda dançando, um pé para a frente, as mãozinhas. Tenho tanto na cabeça! Capa preta, folhas brancas, agora corre, vá só um po...

Post has attachment
Poeira dourada
A verdade é que vamos ver o tempo moer cada grão de sonho e ao fundo da rua a casa de pedra vai continuar semi vazia, cheia de frescas de Verão e divisões impossíveis porque imaginadas no passado. Quando cresci só existia uma rua de paralelo aonde as crianç...

Post has attachment
Tivemos um corpo
Das madrugadas levamos tudo num reboliço. Aqueles pequenos pedaços de solidão disfarçada no caminho de casa, o álcool quando o há, ou os amigos deixados numa linha qualquer. Os passos, arrastamentos de divagação pela cidade semi-alerta, acompanham o rosto v...

Post has attachment
Wait while more posts are being loaded