Profile

Cover photo
Helio Couto
5,456 followers|5,271,793 views
AboutPostsCollectionsPhotosYouTube+1's

Stream

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
Minhas mãos são as suas mãos
Série 5 minutos - Hélio Couto
http://www.heliocouto.com
 ·  Translate
32
12

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
O nono segredo da prosperidade

Transparente ao transcendente

Esta é a expressão que Joseph Campbell usava para explicar que o único modo de evitar o bloqueio psicológico é torna-se transparente ao transcendente.

Isso significa deixar passar o transcendente através de você. Ser transparente, ser um canal sem obstrução. Quanto mais transparente ao transcendente mais felicidade terá. O termo felicidade que estamos usando é muito superior ao que se considera normalmente como felicidade. Encontrar essa felicidade é o trabalho que cada ser tem de fazer por si mesmo. Em termos religiosos fala-se em bem-aventurança, mas não é isso que estamos falando. É mais profundo que isso. É o sentimento de união cósmica com o Transcendente. Ser totalmente transparente. Esse o objetivo final de qualquer ser. Sentir essa felicidade que está além das palavras normalmente acontece quando alguém percebe o Amor Transcendente que está recebendo. A questão aqui é perceber, pois sempre se está recebendo. Perceber é um instante de glória eterna. É como se uma montanha imensa de Amor Transcendente soterrasse a pessoa. E este amor inunda todos os átomos, todas as partículas elementares da pessoa. Toda a pessoa fica paralisada de tanto Amor recebido. Sempre se diz que o Todo não se deixa vencer em generosidade. Isto é uma absoluta verdade. Como o Tao, também é preciso sentir para entender. A felicidade que Campbell falava é essa realização pessoal total, fluir com o Tao, ser transparente ao transcendente, perceber a generosidade do Todo.

Em termos de experiência mítica ou mística seria como tomar o Elixir dos Deuses. Sorver da Fonte da Vida. Encher-se do Amor do Todo. Transbordar de Amor do Todo.

O caminho do herói é alcançar este estado de êxtase. De ser uno com a vida. É isso que o herói tenta passar quando volta para casa e conta sua experiência. Os mitos falam desta busca do Transcendente, mostram os vários caminhos para se chegar ao transcendente. O sinal de que se chegou é a alegria genuína de viver. Como a criança que ganha um brinquedo no Natal e não para de brincar. A criança não se cansa. Brinca horas e horas sem cansar. Os adultos não conseguem entender como a criança não se entedia com aquilo. A questão aqui é que a criança não está consumindo o brinquedo. Ela está sendo o brinquedo. Ela é o brinquedo são um. Carlos Santana diz que a música passa por ele. Essa é a alegria que não cessa nunca quando alguém se une ao transcendente. O transcendente é pura alegria como é puro amor. São duas faces da mesma moeda. É impossível ter uma e não ter a outra.

Quando se vê uma entrevista, palestra ou se lê os livros de Campbell fica claro que ele encontrou essa alegria e felicidade além do entendimento racional. Por isso é muitas vezes difícil entender o alcance do que ele está dizendo. É o que acontece quando ele diz: siga a sua felicidade. Não é a felicidade de possuir coisas, ter poder, etc. Ele está falando da felicidade transcendente de se viver de maneira transcendente. Quando se vive de acordo com a própria essência. Quando se segue a vocação de nascença. Quando se faz o que se veio fazer. Nesse ponto já se está a um passo do transcendente. Só falta um detalhe: a intenção de se unir ao transcendente.

É nesse momento que a vida da pessoa se transforma, pois, ela passa a ser um canal do transcendente. E aí a pessoa só sente amor incondicional. Quando se assiste a uma entrevista de Campbell e ele conta um ritual de uma tribo em que algumas pessoas morrem no ritual, não há julgamento, não há tabu, não há preconceito; só há amor incondicional por aquelas pessoas. Elas estão aprendendo. Estão seguindo seus mitos. Estão evoluindo. Fazem aquilo com a melhor das intenções. Não há mal no que fazem. Mesmo quando se trata de um chefe de campo de concentração não se sente ódio por ele. Sente-se tristeza pelo sofrimento que aquele ser está atraindo para si mesmo. O Amor Incondicional cobre tudo, mas as consequências são inevitáveis. Como aquele ser aprenderá que o Amor Transcendente é tudo o que existe? Ninguém quer que ele sofra, mas ele atrai para si o que semeia, através das leis do eletromagnetismo cósmico.

Para entender a generosidade do Todo é preciso vivencia-la. E para isso acontecer é preciso estar disposto a isso. É preciso deixar o ego de lado e ser transparente ao transcendente. Sendo assim imediatamente começa a perceber o Amor que permeia tudo o que existe. A substância última da realidade é o Amor. Quando a ciência olhar no mais profundo da realidade física encontrará uma energia que é o Amor. A base de tudo o que existe. De onde tudo emana.

Quando se chega a sentir isso é que a prosperidade é infinita em todas as direções.

Hélio Couto
www.heliocouto.com
 ·  Translate
35
6

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
O sétimo segredo da prosperidade

Criatividade

Criatividade deveria ser o item mais fácil entre os segredos da prosperidade. Pois a criatividade emerge em nosso cérebro vinda do Vácuo Quântico, através dos microtúbulos das sinapses. Basta serenar a mente para “escutar” toda a criatividade que emerge sem parar. O que é serenar a mente? É parar com a conversa interna lógica e racional. Enquanto o consciente estiver procurando soluções é impossível escutar a sutil “voz” da intuição e criatividade. Quando o consciente parar de pensar nos problemas e soluções é que podem emergir inúmeras ideias para a solução. Elas estão lá todo o tempo, mas precisamos aquietar a mente para poder “escuta-las”. Deixar a mente devanear é o que permite emergir a informação. Escutar uma música sem analisar, focar em um filme, banho de chuveiro, passear num parque, etc. Até na fila do banco é possível aquietar a mente e deixar a criatividade aparecer. Não é necessário ter um tanque de isolamento sensorial (cheio de água para se boiar, sem som e luz) para que tenhamos a inspiração.

Muitas vezes isso acontece as três horas da manhã quando temos uma insônia criativa. Quando tudo está em silêncio é mais fácil ouvir a voz interior. Isso se o ego deixar a voz interior falar. É possível desligar o ego momentaneamente para ouvir as ideias surgindo sem parar. Mozart escutava a música inteira antes de escrever a pauta. Todas as pessoas podem ter acesso a essa fonte infinita de criatividade. As soluções “borbulham” sem parar. Inúmeras ideias com soluções para tudo que se pensar. Planos A, B, C, D.... todas à nossa disposição. As alternativas para todos os problemas surgem espontaneamente na nossa mente. Esse fluxo é contínuo e pode ser acessado o tempo todo. Basta parar e escutar.

Como saber o que devo fazer na vida? Joseph Campbell dizia que basta ir onde está a sua felicidade. O que dá alegria. Porém, é preciso explicar o que ele queria dizer com isso. Em todas as suas entrevistas é preciso analisar o que ele quer dizer. Ele está falando de um nível acima do paradigma normal. Vejamos este caso. Felicidade é a vocação da pessoa. Aquilo para o qual ela nasceu. É um sentimento genuíno no mais profundo nível da pessoa. Comprar carro, casa, apartamento, barco, avião, etc. traz momentos de satisfação. Logo queremos um carro maior, uma casa maior e assim por diante. Isso não é o que ele disse. Isso não é felicidade. O que ele diz é o sentimento de realização profunda e a alegria resultante disso. Essa alegria e felicidade é que traz a prosperidade. Sem isso não existe prosperidade contínua. Quando ele lecionava fazia entrevistas de meia-hora com cada estudante e de vez em quando via a luz brilhar em um deles. Tinha esperança de que aquele estudante deixasse a luz brilhar em sua vida. Esse momento de luz é que é a felicidade. Quando a pessoa descobre o que veio fazer aqui. O que a deixa feliz. O que faria de graça de tanto gostar daquilo. Essa é a sensação, o sentimento que produz a prosperidade.

Isso pode ser desenvolvido numa criança? Pode. Vejam este exemplo:

http://ecodiario.eleconomista.es/cultura/noticias/7266789/01/16/El-colegio-sin-ordenadores-ni-pantallas-donde-estudian-los-hijos-de-los-empleados-de-Silicon-Valley.html

Mesmo se não tivemos uma educação assim podemos ir atrás da felicidade. Pense no que realmente gosta de fazer e estabeleça um plano para conseguir viver assim.

Se deixarmos a fonte da criatividade fluir em nós teremos prosperidade sem fim.

Hélio Couto
www.heliocouto.com

 ·  Translate
42
6

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
O quinto segredo da prosperidade

Aqui e agora

O único tempo que temos disponível para atuar é o agora. Embora o passado e o futuro estejam existindo ao mesmo tempo, normalmente só tratamos com o presente.

O passado pode ser mudado voltando-se ao evento original do trauma e refazendo nossa reação a ele. Por exemplo: em vez de ódio colocar amor. Mudar a reação que teve em face daquele episódio e mudar as crenças advindas disso.

Quando se fala que só se importa com o aqui e agora é uma coisa absolutamente lógica. Todos nós temos o presente, aqui e agora, para agir e construir nossa evolução. O que acontecerá no futuro depende exatamente do aqui e agora.

A ansiedade é fruto do medo do futuro. Da falta de confiança no futuro. É uma coisa de crença. Se acredito num universo feroz e cruel é lógico que tenho medo. Se acredito num universo benevolente não tenho medo. Se sei que no final tudo dá certo não tenho medo. Toda a mitologia foi desenvolvida para resolver isso ou deveria ter sido feita com esse objetivo. Eliminar a ansiedade. Pois, a ansiedade é uma coisa extremamente nociva. Ela diminui tremendamente nossa produtividade. Nos paralisa literalmente. Suas crenças determinam se tem ansiedade ou não e em que grau.

Voltando. Não importa onde estamos vivos. Se estamos encarnados ou não. E em que tempo estamos. Tudo isso é irrelevante. O simples fato é que estamos vivos. Sempre. Só existe vida. É impossível morrer. Isso é um fato irreversível de enormes consequências. A energia se transforma. Só isso. Nunca acaba, só se transforma. E a consciência é pura energia. Também nunca acaba, só se transforma. E o estado em que estamos é definido pelo estado da nossa consciência. Se conscientemente estamos felizes viveremos neste estado, até que mudemos de estado de consciência. O estado de consciência é uma escolha. Nós podemos escolher o que queremos pôr na consciência. Nós podemos mudar os pensamentos. Em vez de pensar em dívidas posso pensar no jogo de futebol do meu time ou na novela que gosto. Isso é feito num piscar de olhos. Mudamos o conteúdo da consciência e mudamos o nosso estado mental imediatamente.

Por exemplo: vejamos um caso extremo emocionalmente. Um casal que não se dá bem. Só se criticam, cobranças, etc. Estão infelizes. A atitude determina o estado de consciência. Acontece que isso é uma via de mão dupla. A consciência também muda a atitude. Faça a seguinte experiência por um mês. Os dois combinam se tratar bem, só falar de coisas boas, positivas, alegres, felizes, etc. Se divertem, passeiam, etc. Não fazem mais cobranças, nem críticas, nem exigem nada. Apenas fazem o bem para o outro incondicionalmente. O tempo todo só fazem o bem. Pensam primeiro no outro antes de pensar em si mesmos. Depois de um mês veja o resultado que deu isso.

Vejamos o inverso. Um casal que está se dando bem. Começam a se criticar, fazer cobranças disso e daquilo. Não riem mais. Não se divertem. Só falam de problemas. Depois de um mês veja que resultado deu. Sugiro que não façam essa experiência em hipótese alguma. Nenhum relacionamento resiste a isso. Só de interpretar um papel assim no cinema um casal pode se separar.

Portanto, nós podemos escolher o que queremos sentir. Nós podemos optar pela alegria e realização. É uma opção. É preciso resistir a tristeza, melancolia, desespero, etc. Mudar o estado mental imediatamente.

Quando estivermos desencarnados vivendo no lado espiritual, na próxima dimensão (uma frequência diferente da nossa), também estaremos vivendo no presente. Também acharemos que só importa o agora e aqui (lá neste caso). Só temos o presente e onde estamos para viver. A questão é que tudo que fazemos no aqui e agora afeta tanto o passado como o futuro. Estamos plantando agora as condições de vida do nosso futuro seja onde for. Se faço dívidas impagáveis agora qual será o meu futuro? É óbvio, não? Se crio débitos qual será a consequência? Se crio créditos?

O que é fazer o bem em larga escala? É fazer o bem 24 horas por dia. Dormindo e acordado. Quando dormimos saímos do corpo e podemos trabalhar e ajudar no astral. Quando acordados podemos ajudar desde o porteiro do prédio (dando bom dia para ele) e sermos educados e corteses com todos que tivermos contato no dia. Ajudar os colegas de trabalho. Ajudar os clientes. Ajudar os competidores. Ops! Isso é complicado! Vejamos: muitos anos atrás numa corrida de fórmula Indy dois corredores ficaram emparelhados por segundos a centenas de quilômetros por hora. Um olhou para o outro e fez um sinal com a mão cumprimentando o colega de corrida. Em seguida ultrapassou e foi em frente. Isso é ajudar.

A competição é um estágio dentro da evolução de qualquer criatura. Ela tem seu objetivo e serventia. Competir obriga a pessoa a dar o melhor de si. Fazer o melhor que pode. Sair da zona de conforto. O adversário está nos prestando um favor fazendo isso. Ele também está crescendo com a nossa competição. Na verdade, somos colaboradores, embora não tenhamos consciência disso no momento. Numa competição esportiva por exemplo: queremos que o adversário dê o melhor de si. Honre o jogo. Nunca entregue o jogo nem facilite para nós. Somente desta forma poderemos nos testar e ver o quanto melhoramos e evoluímos. Nós também devemos fazer o máximo e exigir o máximo do adversário. Assim ele cresce também. Quem ganha é irrelevante quando se tem essa consciência. Quando estivermos num outro estado de consciência não haverá mais competição com outros. Competiremos apenas conosco mesmos. Fazendo cada vez melhor. E assim vamos em frente estágio após estágio, dimensão após dimensão, vida após vida, planeta após planeta, galáxia após galáxia, ad aeternum.

Hélio Couto
www.heliocouto.com
 ·  Translate
58
12

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
Desenvolvimento Pessoal - PODER por Hélio Couto
 ·  Translate
52
15

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
Desenvolvimento Pessoal - ALEGRIA por Hélio Couto
 ·  Translate
50
13
Have him in circles
5,456 people
Meiry Koch's profile photo
CYDA Guedes's profile photo
Arminda Mestre's profile photo
Legado Atman's profile photo
Carla Nogueira's profile photo
Francisco Carlos Silva Ramos's profile photo
Gelson Pires's profile photo
Vanda Maria Meireles Matiazi's profile photo
Índigo 21's profile photo

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
Todos os direitos reservados.
Site: http://www.heliocouto.com
 ·  Translate
49
12

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
O oitavo segredo da prosperidade

Imaginação ativa

A Imaginação Ativa funciona da seguinte forma: o terapeuta pede que a pessoa escolha um objetivo na vida. A pessoa deverá imaginar que está fazendo aquilo até os mínimos detalhes. Imaginando fazendo aquilo na sua vida desde nascer até morrer. Definido o objetivo a pessoa adormece e o terapeuta conduz o trabalho magneticamente para que a pessoa vivencie o que escolheu. Quando a pessoa chega no fim da Imaginação Ativa o terapeuta pergunta: ficou feliz com a escolha que fez? Normalmente a pessoa diz que não. Aquilo não satisfez. Então escolhem outro objetivo e fazem novamente o trabalho. A pergunta é feita novamente e a resposta é a mesma. Isso é feito até a pessoa sentir que é feliz quando deixa a sua essência guiar a sua vida. Então o trabalho está completo e a pessoa está resolvida para sempre.

A terapia descrita acima é extremamente eficiente. Ganha-se muito tempo fazendo assim. Em vez de ter que viver tudo aquilo, a imaginação é suficiente para que a pessoa tenha a experiência que precisa sentir. Não importa o número de vezes que é preciso repetir. Deve-se fazer até a pessoa ficar 100% feliz em todas as áreas da vida. Enquanto não atingir os 100% em tudo na vida não está terminada a terapia. Quando esta termina a pessoa está pronta para realmente começar a fazer o que deve fazer na vida.

Prosperidade é um conceito amplo. Não é somente ganhar dinheiro. É a realização pessoal em todos os aspectos. Somente assim a pessoa estará completa. Integrada. É preciso prosperar, isto é, melhorar sempre em tudo o que faz. E isso significa eliminar todos os sentimentos negativos. É por isso que a Imaginação Ativa funciona. Porque a pessoa deve vivenciar uma vida inteira em todos os detalhes. Para o cérebro não existe diferença entre a imaginação e o fazer. Todo esportista de sucesso sabe que deve imaginar fazendo com perfeição a sua atividade. Um jogador de basquete deve imaginar que acerta todas as bolas que lança na cesta. Sua produtividade no jogo crescerá muito. Isso já foi testado na prática. Desta forma ganha-se muito tempo imaginando uma determinada vida. Tudo que se pensa que é real é real! Esta é a verdade que está por trás desta terapia.

Quanto antes a pessoa descobrir o que realmente a faz feliz mais cedo ela chegará no estado de felicidade total.

Hélio Couto
www.heliocouto.com
 ·  Translate
28
4

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
O sexto segredo da prosperidade

Percepção da realidade

Este é um segredo muito complexo e muito difícil de ser adquirido.

Vamos supor que fizemos a lição de casa, estudamos os segredos anteriores e estamos progredindo. Em direção à que?

Estamos “navegando”, mas para onde? Sem uma estratégia não chegaremos a lugar nenhum. A pessoa sai de casa e pega o primeiro ônibus que passa. Será que chegará onde quer? Dificilmente.

Percepção é uma coisa de camadas. Níveis de percepção. Como bonecas russas dentro de bonecas dentro de bonecas... ou descascar uma cebola com camadas e mais camadas. Quando “enxergamos” um nível logo vemos que existe outro acima. Ou não vemos isso?

A pessoa trabalha numa empresa e vê o seu chefe tomar várias decisões todos os dias. Será que ela percebe qual é a estratégia do chefe? Onde ele quer chegar? De que forma? Qual a política ou estratégia que ele está usando? Ou ele não tem estratégia e está “navegando” às cegas?

Nascer, comer, dormir, trabalhar, morrer. Isso não é estratégia. Isso é só sobrevivência. Isso é só instinto. Estratégia é uma coisa racional, fruto do pensamento.

Em todos os níveis da vida existe uma estratégia sendo seguida. Será que percebemos isso? Se não percebemos seremos mais cedo ou mais tarde “atropelados” pelos acontecimentos. Quantas pessoas entenderam o que ia acontecer em 2008 com a crise do subprime? Quantas pessoas se prepararam para isso? E isso é apenas uma questão de percepção da realidade. Não é futurismo, não precisa de magia nem de médium, só precisa de raciocínio lógico. Só que existem vários níveis de lógica na nossa mente. Lembram-se do caso do bar de balada?

Recordando o caso do bar de balada. Um bar é aberto numa esquina em frente a outro bar que já está ali a décadas. O bar aberto não tem portas. Qualquer um entra e sai. Não tem espaço interno para por muitas mesas. Começa com música ao vivo nos fins de semana. Tem de pagar os músicos. Só pode por algumas mesas na calçada. Não há cobrança de consumação mínima ou de entrada (a porta é aberta). Paga um aluguel caro. É um imóvel comercial em local de movimento. Resultado: em dois meses faliu. Bastou pagar o segundo aluguel para falir. Como que o empresário não percebeu isso? Como ele podia achar que sem cobrar entrada ou consumação poderia pagar as despesas? Como pagar músicos sem ter receita? Como não percebeu que as pessoas iriam no bar da frente para beber e voltariam ao dele só para ouvir música? E isso tudo é só uma questão de percepção da realidade. Era uma coisa óbvia desde o início para quem parasse e analisasse o que estava acontecendo.

Qual a estratégia na administração da sua casa?

Qual a estratégia nos seus negócios ou no seu emprego?

Qual a estratégia da empresa em que trabalha?

Qual a estratégia do seu chefe? E a do chefe do seu chefe?

E por aí vai. Subindo de níveis até a estratégia de administração planetária, Solar, Galáctica e Universal. Para cada nível existe uma estratégia sendo aplicada. Não enxergar isso é ficar despreparado para o futuro.

Joseph Campbell dizia que hoje a humanidade não tem mais uma mitologia para se guiar. E que isso levaria séculos para acontecer. Para termos uma nova mitologia. Mitologia é a estratégia que uma tribo ou povo ou civilização tem. A mitologia define a estratégia.

Quando se vê hoje em dia o problema dos refugiados na Europa temos de pensar no seguinte: será que essas pessoas perceberam a estratégia que estava sendo seguida? Será que perceberam o que estava para acontecer? Estamos falando dos refugiados. Será que eles percebiam que iriam perder tudo que tinham e que sairiam vagando em barcos à procura de um lugar para viver? Será que eles se prepararam para isso? É óbvio que não! Foram surpreendidos pelos acontecimentos. Mas, uma coisa é um Cisne Negro. Um evento não previsível e outra coisa é não perceber o que está acontecendo à sua volta. São coisas completamente diferentes.

Prosperar é uma coisa de uma vida inteira. Não é prosperar por alguns anos e depois perder tudo. Ser próspero é um sentimento que deve dar resultados o tempo todo, a vida inteira, depois da vida, qual o legado que deixará aqui, qual a prosperidade que terá no lado espiritual, etc. Falando nisso. Qual a estratégia em termos de eternidade? Saindo daqui a pessoa fará o que? Irá estudar o que? Irá trabalhar em que? Irá ajudar em que? A vida é eterna, a consciência é eterna, a energia é eterna. É preciso ter uma estratégia eterna. Ou ficará vagando por aí sem saber para onde ir? Tanto faz deste lado ou do outro se não soubermos para onde queremos ir não chegaremos a lugar algum. E poderemos acabar como refugiados.

Percepção depende de raciocínio, de pesquisar, de ler, de procurar saber, de entender o que acontece em todos os níveis. Desde a estratégia na sua casa até a universal. Se parar para analisar tudo o que acontece começará a perceber, a ver, os padrões de comportamento em todos esses níveis. Desses padrões deduzirá a estratégia que está sendo seguida. É muito simples perceber a estratégia. Os fatos dizem qual é a estratégia. E fatos são coisas concretas. Coisas do dia a dia. Fáceis de perceber. São as notícias do dia a dia no mundo. É a história. Será que aprendemos com a história? Se a pessoa vê que uma grande maioria está fazendo dívidas o que acontecerá dali a um tempo? Não é preciso ser economista, nem médium, para saber o que acontecerá. Ou não? Como aquilo afetará sua vida, seu negócio, seu emprego, etc.?

E isso vale para todos os negócios. Para tudo que acontece no planeta Terra. Desde o mais ínfimo acontecimento até o mais macro acontecimento. Mas, para enxergar isso é preciso raciocinar. Pensar. Analisar. Viver ao “sabor dos acontecimentos” é uma coisa complicada. Pode ser muito emocionante, mas muito complicado. Prosperidade é uma coisa muito rara por causa disto. Porque é preciso pensar e analisar. E é uma coisa de bom senso. Não precisa de altos estudos para enxergar. Quantas pessoas de idade tem muito bom senso e enxergam o que irá acontecer? Muitas. Pela experiência de vida. Por isso os idosos em muitas civilizações eram cultuados e protegidos. Tipo o patriarca da família ou a matriarca. Eram admirados pela experiência de vida e porque com ela poderiam orientar a tribo ou família. Onde ficou isso hoje?

Bom senso é uma coisa simples. Todos nascemos com isso. Raras pessoas se jogam de prédios. Elas têm bom senso. Quantas pessoas abrem um bar de balada como o acima descrito? Poucas. A questão aqui é descobrir o que irá acontecer antes de fazer. Senão ficaremos com o prejuízo do bar de balada. É preciso analisar e enxergar antes de fazer. E isso é bom senso. E nesse ponto o ego não pode entrar. Se o ego tomar conta completamente o resultado será esse. Existe um superego que deve ser ouvido também. Existe um nível superior de consciência que pode nos auxiliar se nós deixarmos. Nós temos esse nível superior de consciência em nós. Ele é inato. Nascemos com ele. Faz parte da nossa essência.

Quanto a pessoa está disposta a aumentar sua percepção? Não estamos falando apenas de percepção extra-sensorial. Mas, também da percepção intelectual deste mundo. Perceber e entender como funciona este mundo. Sem isso como ser próspero? Se estamos imersos num sistema e não sabemos como ele funciona é muito difícil prosperar. Em todos os sentidos. Porém a questão é sempre a seguinte: quanto a pessoa está disposta a saber a verdade? Quanta verdade a pessoa quer saber? Quanta prosperidade quer ter? Quanta percepção quer ter? E neste ponto é preciso entender que quanto mais souber mais responsável por isso será. É impossível ter conhecimento e não agir em função dele. Se não agir terá somatizações, pois terá de reprimir a conscientização que está tendo. Se os atuais refugiados entendessem o que estava acontecendo eles teriam de tomar uma atitude. Não poderiam só assistir aos acontecimentos ou nem saber o que estava acontecendo. Seria preciso agir e sair da zona de conforto. E este é um dos principais problemas: sair da zona de conforto. Que implica em pensar, analisar, pesquisar, estudar, trabalhar, posicionar-se, ser proativo, envolver-se, conscientizar-se, etc. Se saímos da zona de conforto é lógico que estaremos desconfortáveis. Ou não? E viver desconfortável é uma coisa muito difícil de fazer. É preciso enfrentar os problemas. Seja isso desconfortável ou não. É puro instinto de sobrevivência. Ou ficaremos mais desconfortáveis ainda. Se nós tomamos a iniciativa de sair da zona de conforto estamos no controle da situação, mas se nós somos obrigados a sair da zona de conforto é porque perdemos o controle da situação.

Esta é a escolha que todo ser vivo tem de fazer.

Hélio Couto
www.heliocouto.com





 ·  Translate
27
5

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
Ressonância Harmônica - Entrevista com Hélio Couto e Dra. Mabel Cristina Dias
 ·  Translate
38
8

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
Desenvolvimento Pessoal - PACIÊNCIA por Hélio Couto
 ·  Translate
43
10

Helio Couto

Shared publicly  - 
 
Desenvolvimento pessoal - Relacionamentos por Hélio Couto
 ·  Translate
47
11
Helio's Collections
People
Have him in circles
5,456 people
Meiry Koch's profile photo
CYDA Guedes's profile photo
Arminda Mestre's profile photo
Legado Atman's profile photo
Carla Nogueira's profile photo
Francisco Carlos Silva Ramos's profile photo
Gelson Pires's profile photo
Vanda Maria Meireles Matiazi's profile photo
Índigo 21's profile photo
Contact Information
Home
Email
Basic Information
Gender
Male
Helio Couto's +1's are the things they like, agree with, or want to recommend.
Atalho
heliocouto.blogspot.com

Igreja Cristã de Aton Atalho Em toda vida existe uma tentação muito persistente na procura de atalhos para o que se quer conseguir. Seja din

Equílibrio entre pensar, sentir e agir
heliocouto.blogspot.com

Igreja Cristã de Aton Equilíbrio entre pensar, sentir e agir Um suave toque é o estado da arte de se transmitir um sentimento. Quando se fal

Generosidade
heliocouto.blogspot.com

Igreja Cristã de Aton Generosidade A maioria das pessoas tem extrema dificuldade em sentir a generosidade do Todo. Para sentir isso é precis

eXistenZ
heliocouto.blogspot.com

Igreja Cristã de Aton eXistenZ eXistenZ é um filme do diretor David Cronenberg. No filme Ted tem de receber um bioporto para poder jogar os

OIhos de ver
heliocouto.blogspot.com

Igreja Cristã de Aton Olhos de ver Quando uma nave é enviada a Marte, por exemplo, ela é programada com um Paradigma. O paradigma dos cienti

Doação de livros e venda
heliocouto.blogspot.com

Doação de livros e venda Continuamos doando livros na medida das possibilidades financeiras de fazê-lo. Para poder atender aos que tem condi

Fascinante!
heliocouto.blogspot.com

Fascinante! Entre a Terra e a Lua existem inúmeras cidades e colônias no Astral. Na primeira dimensão acima da terceira dimensão terrestre.


heliocouto.blogspot.com

Igreja Cristã de Aton Fé Quando a pessoa vai num cartório pedir uma informação oficial ela está pedindo fé. E o cartório da fé. A pessoa não

Evolução II
heliocouto.blogspot.com

Evolução II Quando uma pessoa está fazendo a RH e está em catarse é normal que esteja tendo oscilações na sua vida. Tudo está mudando e limp

Extraterrestres e Espiritualidade
heliocouto.blogspot.com

Igreja Cristã de Aton Extraterrestres e Espiritualidade Nos planetas avançados não existe nenhuma distinção entre ciência e espiritualidade.

A toca do coelho - parte II
heliocouto.blogspot.com

Igreja Cristã de Aton A toca do coelho – parte II No filme “Quem somos nós? ”, o menino pergunta: “Até onde você está disposto a ir na toca

Mandala Unificação com o Todo
igrejacristadeaton.blogspot.com

Mandala Unificação com o Todo Vejamos dois exemplos para facilitar a compreensão: Um homem extremamente poderoso, que é dono de todas as for

Iluminação Espiritual II
heliocouto.blogspot.com

Iluminação Espiritual II Acontece que na prática a pessoa julga que isso é uma coisa difícil e muito distante da sua realidade. Nem consegue

Infinitas possibilidades III
heliocouto.blogspot.com

Infinitas possibilidades III Existe uma onda de possibilidades que navega pelo universo do passado para o futuro. Vai e volta. Quando encont

O olho da galinha
heliocouto.blogspot.com

O olho da galinha Artigo publicado na Revista “Physical Review” por cientistas de Princeton, mostra que a retina da galinha tem cinco cones

Data da máscara
heliocouto.blogspot.com

Data da máscara Toda a explicação que darei a seguir já foi dada várias vezes nas palestras e postagens. É difícil para a humanidade aceitar

Era uma vez...
heliocouto.blogspot.com

Era uma vez... No início só existia energia. Um infinito mar de energia. O Oceano Primordial de Energia. O Todo. Num dado momento o Todo res

Arquétipos II
heliocouto.blogspot.com

Arquétipos II Todo símbolo é energia e informação. Todo símbolo por si mesmo produz um resultado em termos de neurotransmissores produzidos

Extraterrestres e a Terra
heliocouto.blogspot.com

Extraterrestres e a Terra Na série Star Trek A Nova Geração, existe um episódio em que a Federação manda a Enterprise fazer o primeiro conta

"Olhai os lírios dos campos"
heliocouto.blogspot.com

“Olhai os lírios dos campos” A Luz do Todo brilha por todo o universo. Do nada surge em todos os lugares um Lírio maravilhoso protegido por