O que você está lendo?

+Deyves Martins está lendo* Ubatuba nos cantos das praias* por Kilza Setti e * Ubatuba Documentário* por Washington de Oliveira

Estamos compartilhando conteúdo relacionado a Leitura e LIVROS! Queremos ouvir o que você está lendo! Você tem uma lista de livros que mais gosta ou que gostaria de ler? Você é um escritor ou está pensando em escrever o seu primeiro livro?

Não deixe de compartilhar usando a hashtag #OQueEstouLendo.
O que estou lendo + Praia Vermelha do Norte + Dia dos Pais

Quando criei essa, que foi minha primeira coleção aqui no G+, tive a intenção de compartilhar um pouco daquilo que conheço desse paraíso ecológico. Vivencio no dia a dia a cidade, trabalho com isso, respiro a natureza e procuro deixar essa relação como um legado para meu filho.

Para melhor descrever as Praias de Ubatuba, nesse momento, entre outros livros de outros temas, estou lendo dois sobre a cidade.

Em Ubatuba nos cantos das praias, a autora Kilza Setti elegeu Ubatuba como a cidade para seus estudos e pesquisas musicais por considerá-la com os costumes e tradições (cultura) mais preservadas em todo o litoral paulista. Isso foi em 1985. O livro é resultado de profunda pesquisa da antropologia da música típica da região com a etnomusicologia num pano de fundo. Aquilo que mais me interessa na leitura desse livro é o conhecimento cultural e histórico.

Ubatuba Documentário é um livro menos técnico por assim dizer, mas que traz relatos históricos interessantíssimos sob a ótica (e pesquisa) de um apaixonado por Ubatuba, Washington de Oliveira, mais conhecido Seu Filhinho. Ele foi prefeito de Ubatuba em duas ocasiões, em 1936 e em 1945, mas foi dirigindo a Farmácia do Filhinho ao longo de mais de cinquenta anos que prestou mais teve a oportunidade de prestar serviços a comunidade local. O livro traz histórias muito ricas e com excelentes referências, uma boa para quem quer conhecer mais sobre as transformações da cidade ao longo dos séculos.

Pautando no dia dos pais e no cenário das imagens, a Praia Vermelha do Norte. Hoje o mar estava virado, dias de ressaca, ondas fortes, mar mexido, nada indicado para banhistas desacostumados que, se entrarem num mar assim, correm o risco de não saírem mais. Definitivamente não é uma praia para quem não a conhece.

Entramos no extremo esquerdo e caminhamos pela areia até a entrada principal, já no extremo direito. Ótimo para ele gastar um pouco da energia, pois a areia é muito fofa. No caminho encontramos dois cachorrinhos pequeninos, com os quais ele ficou um tempo entretido, um gatinho também filhote, pássaros, árvores, enfim, um dia trivial, mas que ele curte cada momento. As praias vermelhas, do centro e norte, sempre nos proporcionam bons momentos.

Apesar de aparecer com camisa de manga longa e calça na foto não resistiu e pediu pra molhar o pé. Ahãm!

Brincamos um pouco nas margens da praia, que é de tombo e, num dia como esse tem que conhecer bem o local para não ser sugado pela correnteza. Após uma hora brincando não tem jeito, é areia pra todo canto, lado, por dentro da roupa, cabelo, orelha etc. Num determinado momento brincar nas margens não é suficiente e o mar convida para um banho. Com 200% de atenção, eu lá todo preocupado e ele não quer sair por nada.

Essa foi a primeira praia em que ele teve contato com o mar, aos dois meses de vida, talvez seja apenas sintonia de um pisciano com o local. ;)

Esta é uma publicação destinada a colaborar com a iniciativa #OQueEstouLendo
PhotoPhotoPhoto
13/08/2017
3 Photos - View album
Shared publiclyView activity