Profile

Cover photo
Frank Costa
Lives in São Luís, Brasil
53 followers|78,181 views
AboutPostsPhotosYouTube
People
Have him in circles
53 people
David Belo's profile photo
Kassio Marcks's profile photo
Luiz Emiliano's profile photo
JNIOR CABRALI's profile photo
Companhia Teatral Nós Outros's profile photo
Etemb Proeja's profile photo
Canal Miasombra's profile photo
Eder Cunha's profile photo
Endressy Silva's profile photo
Places
Map of the places this user has livedMap of the places this user has livedMap of the places this user has lived
Currently
São Luís, Brasil
Story
Tagline
"Faça ou não faça; tentativa não há" - Mestre Yoda
Introduction
“É verdade, meu amigo, que cada dia compreendo melhor quão insensato é vivermos a julgar os outros. De minha parte, tenho tanto que fazer para modificar a mim mesmo, tanto esforço a despender para acalmar as tempestades do meu coração! Ah! eu deixarei de bom grado que os outros façam o que bem entendam, contanto que eles me deixem fazer o mesmo.”

— Os Sofrimentos do Jovem Werther 
Basic Information
Gender
Male
Relationship
It's complicated
Apps with Google+ Sign-in
  • Jogo do Bilhão 2015

Stream

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
Da Comiseração e Outras Tormentas
---------------------------------- Se pela força da distância, ou dos erros cometidos, ou da vaidade ferida, você se ausenta... Por que sinto tua falta? Qual o por que desta saudade? É só você que me provoca essa saudade vazia... Então não te vejo, mas imag...
 ·  Translate
1
Add a comment...

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
දුEnaṭaraeāpaiyaක්
          Uma vez houve, há muito tempo atrás, em que me forcei a crer
no amor.           Mas que sabia eu, então, sobre o amor?           Assisti a filmes; ouvi canções; li poemas, poesias; cartas
de amor alheias.           Também eu, cartas de amor escrev...
 ·  Translate
1
Add a comment...

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
Amens Ignocens
No fogo de minha loucura, anseio por respostas que jamais virão. Olho
para coisas que jamais se viram. Chamo por aqueles que jamais vieram.
Convido aos que jamais verão. Encaro toscas faces refletidas de mim, num
espelho partido que jamais consertarão. O...
 ·  Translate
1
Add a comment...

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
O Reino das Sombras
No profundo no Reino das Sombras, busca-se pela luz que nunca vem, a paz que jamais chega... Pois no Reino das Sombras, tudo se revela no limiar do crepúsculo. E, das profundezas abissais a Escuridão uníssona encara a Treva habitante de teu interior, a desp...
 ·  Translate
No profundo no Reino das Sombras, busca-se pela luz que nunca vem, a paz que jamais chega... Pois no Reino das Sombras, tudo se revela no limiar do crepúsculo. E, das profundezas abissais a Escuridão uníssona encara a Treva h...
1
Add a comment...

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
Acerca do filme sobre um de meus autores preferidos: Caio Fernando Abreu.
 ·  Translate
O título desta postagem (e há quanto tempo que não postava...) peguei emprestado ao documentário sobre a vida e obra e a obra de vida de Caio Fernando Abreu [ou simplesmente Caio F.]. Não minto: por minha admiração (amor?) a ...
1
Add a comment...

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
testando recursos de tilt...
 ·  Translate
1
Add a comment...
Have him in circles
53 people
David Belo's profile photo
Kassio Marcks's profile photo
Luiz Emiliano's profile photo
JNIOR CABRALI's profile photo
Companhia Teatral Nós Outros's profile photo
Etemb Proeja's profile photo
Canal Miasombra's profile photo
Eder Cunha's profile photo
Endressy Silva's profile photo

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
Maha Alauyama
    A madrugada estava alta. Mais alto ainda estava eu: duas garrafas de gin, uma de vinho; até a meia garrafa de malte escocês (esquecida por alguém no último réveillon) entrou na ciranda.     Com minha última dose de malte - servida chorosa e abundantemen...
 ·  Translate
1
Add a comment...

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
HAIKU Nº VII
A mão, ávida, percorre a bandeja... Copos que não vieram, garrafas vazias, cestinhas desprovidas de seu conteúdo. A boca, voraz, macera tudo, rasga, perfura, mastiga... A garganta, sôfrega, deglute, engole; estalando de prazer e saciedade. Os dedos, lépidos...
 ·  Translate
A mão, ávida, percorre a bandeja... Copos que não vieram, garrafas vazias, cestinhas desprovidas de seu conteúdo. A boca, voraz, macera tudo, rasga, perfura, mastiga... A garganta, sôfrega, deglute, engole; estalando de praz...
1
Add a comment...

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
O DESTERRO DA ILUSÃO
As mãos se juntam - ajustam-se - em busca de proteção. Buscando apoio, suporte. Deslizam, sussurrantes, apalpam, agarram, arranham. Dedos superpostos, delicados, alvos... Alvos incertos do olhar indiscreto que observa e segue. Assim vai-se, assim fui-me, e ...
 ·  Translate
As mãos se juntam - ajustam-se - em busca de proteção. Buscando apoio, suporte. Deslizam, sussurrantes, apalpam, agarram, arranham. Dedos superpostos, delicados, alvos... Alvos incertos do olhar indiscreto que observa e segue...
1
Add a comment...

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
Várias madrugadas não consigo dormir. E, suspirando, contemplo mais outra alvorada vir. Qualquer bobagem mesmo, vem e me tira ao sono. Coisas que aconteceram, outras que eu invento. E penso, amargamente, que; por mai...
1
Add a comment...

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
 
Comecem a ter pena das plantinhas também: pesquisa descobre que plantas podem sentir quando estão sendo devoradas - http://nzn.me/m44796g
 ·  Translate
1
1
Add a comment...

Frank Costa

Shared publicly  - 
 
Ainda existirá vida em mim? Encontro-me tão machucado... Lágrimas em cascatas de desespero. Agora, de tanto chorar, já vislumbro mais nada. Sinto... tão vazio... Tão só... Completo por instantes. Depois... Como o vento... Qu...
1
Add a comment...