Profile cover photo
Profile photo
DATADISK Laboratório Avançado de Recuperação de Dados
40 followers
40 followers
About
Posts

Post has attachment

Post has attachment
Kingston amplia linha de cartões e lança novos microSD Gold classe
A Kingston, fabricante especializada em produtos de memória, lançou novos modelos de cartões micro para aumentar sua linha “Gold”. São eles os UHS-I Classe 10 Speed Class 3 (U3) SDHC de 16 GB e 32 GB e SDXC de 64 GB.
As novas mídias são indicadas para usuários que procuram alto desempenho de armazenamento para câmeras, tanto para as tradicionais e profissionais quanto as que gravam vídeos de até 30 quadros por segundo com qualidade 4K.
Segundo a empresa, os cartões possibilitam transferências mais rápidas de imagens e vídeos para um computador.
Especificações técnicas
Velocidades: 90 MB/s de leitura e 45 MB/s de gravação;
Dimensões: 11 x 15 x 1 mm
Formato: FAT32 (microSDHC 16 GB – 32 GB); exFAT (microSDXC 64 GB)
Tensão: 3.3 V
Além de tudo isso, esses novos brinquedinhos têm algumas vantagens: são à prova d’água e bastante resistentes a choques e alternâncias de temperaturas, aguentando de -25 °C até 85 °C.
Disponibilidade e preço
Os cartões estarão disponíveis com preços sugeridos de R$ 79,90 (SDCG/16 GB), R$ 159,90 (SDCG/32 GB) e R$ 319,90 (SDCG/ 64 GB). Ambos os preços são com o adaptador SD incluso.
Até o fechamento desta matéria o produto consta no catálogo oficial, porém não está disponível na loja online da fabricante.
Caso tenha perdido seus dados a DATADISK é a solução ligue para:
(11) 2101-2288
(11) 4064-8800
0800-7253282
https://www.datadisk.com.br/
Photo

Post has attachment
A unidade de rede WD é vulnerável a ataques remotos
A linha My Cloud tem alguns buracos de segurança visíveis.
Você tem um NAS da Western Digital? É bom ficar atento, então: o Exploitee.rs, grupo especializado em segurança, afirma que quase todos os produtos atuais da linha My Cloud têm vulnerabilidades bem sérias. O pior é que a principal delas chegou a ser corrigida, mas essa correção também veio com falha.
Para comprovar o problema, a equipe do Exploitee.rs usou um NAS My Cloud Pro Series PR4100. As falhas estão em scripts mal implementados, basicamente. Por meio deles, a empresa conseguiu acessar a unidade remotamente usando alguns comandos na interface web.
O problema é mesmo grave: o sistema acaba possibilitando acesso remoto sem login, permitindo que o invasor não só capture arquivos que deveriam estar protegidos, mas também altere dados ou utilize o equipamento para armazenar malwares, por exemplo.
A Western Digital liberou uma atualização de firmware que corrige a vulnerabilidade que permite ao atacante acessar a unidade pulando a etapa de login. Só que essa correção também tem uma falha que dá acesso não autorizado ao sistema
Segundo o Exploitee.rs, entre os equipamentos vulneráveis estão os seguintes modelos:
• My Cloud
• My Cloud Gen 2
• My Cloud Mirror
• My Cloud PR2100
• My Cloud PR4100
• My Cloud EX2 Ultra
• My Cloud EX2
• My Cloud EX4
• My Cloud EX2100
• My Cloud EX4100
• My Cloud DL2100
• My Cloud DL4100
Em circunstâncias como essa, o ideal é que o grupo notifique a companhia responsável, aguarde a liberação de correções e só então divulgue o problema. Assim, os usuários que ainda não atualizaram o equipamento podem fazê-lo imediatamente.
No entanto, o Exploitee.rs afirma que fez a divulgação antecipadamente para pressionar a Western Digital a liberar as correções o quanto antes. Segundo a equipe que estudou as falhas, a fabricante não costuma tratar questões de segurança com a devida importância.
A Western Digital ainda não se pronunciou sobre o assunto.
Caso tenha perdido seus dados a DATADISK é a solução ligue para:
(11) 2101-2288
(11) 4064-8800
0800-7253282
https://www.datadisk.com.br/
Photo

Post has attachment
Qual a diferença entre um SSD e um HD ?
Hoje em dia temos duas opções para armazenar dados de maneira não-volátil (diferente da memória ram) no computador: Os famosos HDs (HDD ou Hard Disk Drive) conhecido no Brasil como discos rígidos, e os SSDs, na qual podemos comparar com as memórias flash, encontradas em Pen Drives, Tablets, smartphones e câmeras digitais.
No início, possuíamos apenas os HDs, que começaram com capacidades bem limitadas. Eram discos rígidos com capacidade de 16GB à 65GB, espaço que os celulares conseguem armazenar hoje em dia com memórias SSD.
Mas você sabe qual a diferença entre um HD e um SSD?
Primeiramente é importante entender que o HD e o SSD são diferentes da memória ram:
Memória ram: armazenamento volátil, na qual são apagados os arquivos quando se desliga o computador.
HDD e SSD: armazenamento não volátil, ou seja, após desligar o computador, os arquivos continuarão salvos.
HDD (Disco Rígido)
Capacidade e preço: os famosos HDs são os mais comuns nos computadores desktop e notebooks, não apenas por terem vindo primeiro, mas também pelo seu preço acessível e a alta capacidade de armazenamento. Hoje em dia é comum encontrar discos rígidos de 1TB (Terabyte) por R$250.
Funcionamento: O HD utiliza uma leitura de arquivos completamente mecânica, através de discos metálicos e um braço mecânico magnético. Por realizar um trabalho totalmente mecânico antes de enviar para uma memória virtual, traz inúmeras desvantagens em relação ao SSD.
Desvantagens:
• Esquenta muito e de maneira mais rápida
• Faz barulho devido as vibrações causadas durante o processo de leitura mecânica
• Sucinto a danificar de maneira fácil, por queda de energia, batidas e oscilações
• Velocidade de leitura inferior
Vantagens:
• Capacidade de armazenamento muito maior do que um SSD
• O preço em relação a capacidade é muito mais em conta
• O tempo de vida, se bem cuidado, é maior que de um SSD
SSD (Unidade de Estado Sólido ou Solid-State Drive)
Capacidade e Preço: atualmente a capacidade de um SSD ainda é inferior se compararmos o preço dos mesmos. Um SSD de 120 GBs custo em torno de R$200,00 enquanto que o de 1TB pode chegar até R$2.000,00.
Funcionamento: o funcionamento de um SSD difere por quê não trabalha com discos rígidos. Ao invés disso, trabalha com memória Flash da mesma maneira que um Pen Drive. Ele é composto por vários chips de memória virtual não volátil e componentes eletrônicos virtuais. Seu funcionamento é a principal diferença entre um HD e um SSD.
Obs: o que deve ficar claro é que o HD também possui uma memória virtual. Ele busca as informações nos discos rígidos (mecânico) e depois passa para a memória virtual. Já no SSD, ele praticamente já é uma (memória virtual), sem ter que realizar o trabalho mecânico com o braço magnético, por isso é mais rápido. Mesmo assim, ambos passam os arquivos para serem alterados para a memória ram do computador.
Desvantagens:
• O preço é muito superior comparado aos HDs
• A capacidade de memória costuma ser inferior graças ao item mencionado a cima
• Possui um tempo de vida menor do que os HDs
Vantagens:
• A velocidade de acesso aos arquivos é muito mais rápida
• Não esquenta como um HD
• Não causa barulho por não conter trabalho mecânico
• É mais difícil de estragar, mesmo caindo no chão
Caso tenha perdido seus dados a DATADISK é a solução ligue para:
(11) 2101-2288
(11) 4064-8800
0800-7253282
https://www.datadisk.com.br/
Photo

Post has attachment
Hackers do Google falam no Windows ainda não foram resolvidos pela Microsoft

O Google vem encontrando ativamente novas falhas de segurança os produtos da Microsoft através do projeto Zero, seu tempo especializado em localizar vulnerabilidades em softwares. Agora, um dos especialistas de segurança do projeto de liberação de informações sobre uma falha de segurança encontrada sem Windows e que ainda não foi resolvida pela Microsoft.
Ela foi encontrada por Mateusz Jurczyk na biblioteca O Windows Vista Service Pack 2 até o mais recente Windows 10. Ele alertou uma Microsoft em novembro de 2016, mas como uma empresa ainda não revolveu uma falha de segurança mesmo com O alerta, o hacker do projeto do Google expôs a sua descoberta na internet.
A falha em questão foi relatada em março de 2016. No primeiro relatório, o problema estava relacionado com arquivos da biblioteca GDI, que davam uma chance para hackers acessar dados da memória. Com esta falha, qualquer programa que utiliza um "Graphics Device Interface", que é um dos principais subsistemas do Windows, poderia ser afetado.
Após uma denúncia feita em março, uma Microsoft lançou um patch com correções em junho para acabar com como vulnerabilidades na gdi32.dll, uma biblioteca afetada. Porém, de acordo com o relatório de Jurczyk lançado esta semana no Project Zero, some falhas na GDI Ainda não corrigido, mesmo com um Microsoft tem conhecimento dos problemas desde novembro.
A Microsoft ainda não se pronunciou sobre o assunto, mas é esperado que uma empresa de resolva ou problema não seu "patch terça-feira" de março, já que o de fevereiro foi adiado por conta de um "problema da última hora". Mensalmente, na segunda terça-feira de cada mês, uma empresa lança para os usuários de seus produtos, como atualizações de segurança que foram sendo acumuladas.

Caso tenha perdido seus dados a DATADISK é uma solução ligue para:
(11) 2101-2288
(11) 4064-8800
0800-7253282
Https://www.datadisk.com.br/

Post has attachment
Site de Donald Trump é atacado por hackers e sai do ar
O descontentamento com Donald Trump e suas políticas parece estar extrapolando como fronteiras norte-americanas. Tanto é que o site de captação de recursos da campanha do atual presidente dos Estados Unidos foi atacado por um grupo hacker denominado "Pro_Mast3r" nesta segunda-feira (20).
O domínio secure2.donaldjtrump.com foi para o alvo do ataque do grupo e, para tudo indica, não está associado ao site oficial da campanha Trump Pence. O pessoal do Ars Técnico foi o primeiro a perceber que o site foi atacado e exibir uma imagem de um homem usando um chapéu e os dizeres: "Hackeado por Pro_Mast3r. Ataque aos governos.
Uma análise do código fonte da página atacada revela que o uso de alguns códigos JavaScript de uma conta do Google Código que já foi fechada, mas que está associado a menos outros três ataques. Uma busca pelo nome do grupo não é retornada a nenhum resultado relevante, o que tem muita gente acredita que uma ação foi isolada e não conduzida por um coletivo de hackers como uma imagem faz parecer.
No momento em que esta notícia é escrita, o site encontrou-se para fazer, aparentemente para avaliar e reparar eventos danos. Contatada, uma equipe por trás da campanha de Donald Trump ainda não está disponível.
-------------------------------------------------- --------------------------------
Caso tenha perdido seus dados a DATADISK é uma solução ligue para:
(11) 2101-2288
(11) 4064-8800
0800-7253282
Https://www.datadisk.com.br/

Post has attachment
Caso de sucesso Ransomware

Neste vídeo mostraremos um caso de sucesso do escritório de advocacia Moraes e Leal situada em São Paulo, que teve o seu servidor atacado pelo malware Ransomware XTBL.

O malware criptografou os dados que estavam no servidor e também o HD de Backup, impedindo as operações do escritório.
Após um trabalho de muita dedicação e conhecimento, os dados puderam ser recuperados com sucesso...

Todo este resultado só pôde ter sido alcançado devido à experiência de mais de 20 anos na área de tecnologia da informação, atrelado ao comprometimento e as soluções em recuperação de dados e também a pesquisa de casos que a nossa equipe tem se empenhado para alcançar resultados positivos.
E ainda deixamos um alerta sobre o aumento na quantidade de ataques do vírus Ransomware. De acordo com a Kaspersky, foram registrados mais de 319 mil ataques deste tipo no último trimestre de 2016 pelo mundo tudo.

Somos a única empresa a provar que recuperamos dados infectados pelo Ransomware da variante XTBL.
Então somente confie no maior laboratório de recuperação de dados na América Latina.

Veja com maiores detalhes.
https://www.datadisk.com.br/ransomware/

Entre em contato com a DATADISK
(11) 2101-2288 ou (11) 4064-8800
0800 725 3282

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment
Wait while more posts are being loaded