Profile cover photo
Profile photo
Celia Pescaroli
277 followers -
amo minha vida pois ela se faz de paz
amo minha vida pois ela se faz de paz

277 followers
About
Celia's posts

Post has attachment

Post has attachment

Post has shared content

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Photo

Post has shared content

Post has attachment
Photo

Post has attachment
SÚPLICA Pai! Pai Celestial e Poderoso! sobre este mundo, ingrato e criminoso, estende a Tua mão bondosa, pura; lança um olhar de amor e de ternura ao que carrega a cruz do Sofrimento e que, no olvido, chora o seu tormento sem que, no entanto, deixe de te amar, muitas vezes sem pão no humilde lar! Perdão! perdão aos vis e indiferentes, aos incrédulos, cegos ou descrentes que te negam, e àqueles que te adoram e que, por eles, tanto gemem, choram! Perdoa, Pai! a louca mocidade que só se entrega aos vícios e à Vaidade, sem um olhar, sequer, a ti volver; sem se lembrar -- um dia há de jazer disforme, horrível, sob a laje fria... Que será desta Humanidade um dia?! Perdão! perdão, meu Deus, eu peço agora! eu, pobre bardo, que pequei outrora e que, no Espaço, ainda sofro! Oh Deus! ouve esta súplica, estes versos meus; ouve este bardo que, a teus pés contrito, perdão aos homens a ti roga aflito. Chora comigo, ó pobre Humanidade! E que esse pranto lave essa maldade que te prende cativa ao lodo, à lama; seja o Remorso uma dourada chama que te arranque da vil escravidão e eleve a Deus, à Regeneração! Rimas do Além Túmulo Versos Mediúnicos de Guerra Junqueiro Grupo Espírita Roustaing - Belém do Pará 1929 18 de agosto de 1926
Photo

Post has attachment
DEUS E O CABELEIREIRO
Certa vez, um homem foi a um cabeleireiro porque julgava que já estava na época de retocar a cabeleira.
Chegando lá, o funcionário destacado para lhe fazer o corte sabia que o homem era cristão e não poupou palavras ao ataca-lo, ao seu Deus e a sua fé.
- “Não existe Deus! Se Ele existisse não haveria tantas crianças morrendo de fome no mundo! Se Ele existisse não haveria tanta miséria, não haveria tanto sofrimento, não haveria doentes e drogados… Eu não acredito que exista Deus diante de um Mundo tão destruído e corrupto!!!” (afirmava com tom de exaltação o cabeleireiro)
O homem permanecia em silêncio, afronta após afronta. Quanto mais calado permanecia mais o funcionário se irritava. O homem porém não dizia uma só palavra em sua defesa ou em defesa de seu Deus.
Ao terminar o corte, satisfeito com o resultado, aquele homem cristão pagou pelos serviços e ainda ofereceu uma gorda gorjeta ao funcionário, que com um sorriso sem jeito no lábio, agradeceu intrigado.
O homem dirigiu-se até a porta da rua do estabelecimento e em alta voz começou a gritar:
- Não existe cabeleireiro! Não existe cabeleireiro!!! (exclamava o homem cristão)
Assustado e sem nada entender, o funcionário correu em sua direção tentando evitar que as pessoas lhe dessem créditos e deixassem de frequentar o salão de beleza e lhe disse:
- O que é isso que você está dizendo? Como pode não existir cabeleireiro se eu acabei de cortar o seu cabelo e você gostou???
- Não existe cabeleireiro, insistia ele… Se houvesse, não teria tantos cabeludos aqui fora!!! Olha quanta gente mau penteada, de cabelo grande, sem corte, mau tratados… Eu só estou com o meu cabelo bem arrumado porque tive que vir até você!!!
(Autor desconhecido)
“Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei.” (Mateus 11:28)
SE GOSTOU, DIGA AMÉM ou deixe seu comentário.
Animated Photo
Wait while more posts are being loaded