Profile cover photo
Profile photo
Adilson Cabral
512 followers -
.:Tudo justo e perfeito:.
.:Tudo justo e perfeito:.

512 followers
About
Communities and Collections
View all
Posts

Post is pinned.Post has attachment
Pico do Lopo, Extrema, Minas Gerais. 29-07-2018. 1700 m. de altitude.
Add a comment...

Post has attachment
São Silvestre 2017: FINALMENTE liberaram minhas fotos!!!!!! (já quase chegando a de 2018 rsssrsrrs) Um dos meus cinco maiores sonhos realizados (a primeira de muitas!!!!!)
PhotoPhotoPhotoPhotoPhoto
14/08/2018
5 Photos - View album
Add a comment...

Post has attachment
Porque os desafios se tornam menores ao lado dos amigos!
Photo
Add a comment...

Post has attachment
-Mas você não tem medo de altura?
-Tenho, mas meu medo de não viver a vida é maior...
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Pico do Urubu - 11-08-2018
Add a comment...

Post has attachment
PhotoPhotoPhotoPhotoPhoto
12/08/2018
19 Photos - View album
Add a comment...

Post has attachment
Você não nasceu para ser represa... nasceu para ser mar! Bom dia! (Brumadinho - MG - 03/08/2018)
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Dicas para conhecer o Inhotim e Brumadinho
Achei interessante relatar algumas dicas que obtive de algumas pessoas e outras por experiência nesta viagem para que você que está me lendo vá conhecer o Inhotim da melhor forma.
É difícil de acreditar como um patrimônio da humanidade (sim, quando você for lá não terá dúvidas disso) é tão conhecido e valorizado fora do Brasil mas aqui em nosso país é praticamente desconhecido. Pergunto a todos em vários lugares se conhecem o Inhotim e quase ninguém ouviu falar. Então vou dividir em tópicos minha postagem, e tenho certeza que ao final você já terá um destino a ir nas suas próximas férias:

1- Por quê conhecer o Inhotim?
Se você gosta de arte e de natureza, é o lugar perfeito para ir. Mesmo que você (como eu) não entenda muito de arte, não se preocupe, a experiência que terá no Inhotim te fará muito mais que entender, experienciar a arte, nos mais diversos tipos de sensação. O Inhotim é o maior museu de arte moderna do mundo... sim, você leu direito... e fica aqui, no Brasil, em Brumadinho - MG. Tem quase 1.000 hectares (mais de 20 km quadrados) dentre áreas de preservação, jardins e galerias... Sabe aquela mostra de arte que você decidiu ir, programou-se, pagou estacionamento, ficou em uma fila enorme para entrar e, depois de algumas horas voltou para casa? No inhotim você tem no mínimo umas 20 galerias de arte, com uma ou mais mostras diferentes em cada uma delas (algumas mostras são constantemente renovadas)... além de obras de artes espalhadas por todo o parque... Você chega a ganhar um mapa na entrada, com os diversos pontos de referência, e tenha certeza que um dia (e eu já recomendo que dois também não) não são suficientes para ver o parque todo, com tranquilidade e as obras na sua profundidade...

2- Qual melhor época para ir? É lotado?
A época mais lotada é a de férias (julho, dezembro, janeiro). Fui em agosto (agora) e já estava bem tranquilo. Mas mesmo lotado, não se preocupe com filas nas mostras de arte ou nos diversos pontos do museu: ele é tão grande que cabe muita gente sem precisar de filas rsrs. Algumas mostras (aliás, toda galeria traz na porta a lotação máxima, controlada pelos orientadores do Inhotim), por orientação do artista, pede a entrada de uma pessoa por vez, mas não se preocupe, não ficará mais que um ou dois minutos aguardando... Quanto ao dia da semana... recomendo que faça sua programação incluindo a quarta feira (que é o dia em que não se cobra a entrada). Mas não apenas por isto. Quartas e sábados são os únicos dias em que todas as mostras e todos os restaurantes e lanchonetes do parque funcionam a pleno vapor... nos demais dias (algo que só soube lá na quinta feira), só abrem os três principais restaurantes, e das mais de 20 mostras, umas quatro ou cinco se fecham para reforma ou mudança do acervo... mas não se esqueça, no sábado cobra ingresso... é só na quarta feira que não...

3- Devo comprar o ingresso antecipadamente?
Não precisa. Não cometa o mesmo erro que eu, rsrrsrs. Como sou sistemático e gosto de me antecipar, acabei comprando o ingresso da quinta feira no site ingressorápido.com.br , mas de nada adiantou... No ingresso rápido você imprime o voucher já com o ingresso, só que ao entrar no parque, tem que pegar a mesma fila que todo mundo pega para retirar a pulseira que identifica o visitante... então você não ganha tempo algum comprando antes, e ainda paga alguns reais mais caro... melhor comprar no dia, no próprio parque. O ingresso inteiro custa por volta de 40 reais, e a meia, por volta de 20 reais.

4- Como fazer para se movimentar num parque tão grande?
Ao comprar seu ingresso, você tem a opção de incluir o serviço de transporte interno do parque, que é feito através de carrinhos elétricos por todo o parque. São como linhas de onibus, e no mapa que você recebe (além das diversas placas no parque) você identifica qual vai para que lugar... Também pode perguntar aos jovens motoristas, e (aí é algo que ninguém te contará oficialmente)... nos dias de semana em que é mais vazio... você vai encontrar diversos deles parados na rota aguardando passageiros, por vezes as pessoas pedem aos motoristas para fazer outra rota, e como tem pouca gente no parque nestes dias, eles acabam levando os visitantes no percurso de outras linhas... mas isto para quem pagou a entrada com o serviço de transporte... Nada impede que, por cortesia, vez ou outra alguém socorra você perdido no extremo do parque (eu, logo na entrada do primeiro dia, fui para a área de manutenção do parque e estava perdido), e ganhei de brinde um transporte até o primeiro ponto de visitação rsrsr. Mas é exceção... só use os carrinhos se pagou por eles (o controle é feito pela cor da pulseira que voce ganhará na entrada). Recomendo os carrinhos se você não gosta muito de andar, se tem algum problema de locomoção ou está acompanhado de crianças ou pessoas idosas. Se não é seu caso... vá a pé mesmo... tem bancos de descanso por todo o parque, lanchonetes, até pontos de recarga de celular no meio da mata! rsrsr Além disso, para se movimentar no parque, outra dica que, apesar de estar no verso do mapa que ganhará, ninguém lê (nem eu li no começo rsrs): instale o aplicativo do inhotim no celular, basta procurar na loja de aplicativos... instale e ligue o Wi-fi para acessar a rede do parque (o aplicativo só funciona dentro do parque) e pronto: você tem um navegador com mapas e todas as orientações para chegar a qualquer parte do parque como um gps de carro. A senha do wi-fi do parque está no verso do mapa... e garanto que a rede pega no parque inteiro, (só falhou no extremo da rota laranja, que ainda está em construção... mas também, eu até invadi os canteiro de obra pra tirar foto...rsrrs )

5- Quantos dias ficar?
Para conhecer o inhotim (mas com o risco de ainda ficar galerias por conhecer ou conhecer algumas muito rapidamente), dois dias... um dia é impossível... eu hoje estou convencido que o ideal é 3 dias, sendo um deles numa quarta feira.. a programação ideal para ver com calma as galerias, descansar, relaxar nos diversos jardins... Mas até pela dica seguinte (onde ficar hospedado), eu ficaria pelo menos uns 6 dias, leia a seguir...

6- Onde se hospedar?
Quando você fizer um pacote para visitar o Inhotim... os sites e empresas de turismo tentarão te empurrar a opção de hospedagem em Belo Horizonte, com traslado via ônibus, da Savassi (centro de BH) até o Inhotim... Vá por mim: nada contra Belo Horizonte, longe disso, mas hospede-se em Brumadinho, por diversas razões:
a)O Inhotim fica em Brumadinho, que está a 55 km de BH. São por volta de duas horas de viagem. Estando em Brumadinho, de carro você chega em 10 minutos no Inhotim (que abre as 09:30 da manhã e fecha as 16:00h, apesar de as galerias ainda ficarem abertas até as 16:30). Se você ficar em BH, além de provavelmente você perder uma meia hora no mínimo na entrada do parque, com certeza perderá uma hora do fim, pelo seguinte: os ônibus que voltam a BH, saem praticamente, pontualmente as 16 horas do Inhotim... então, eles recomendam aos visitantes, quando estão muito longe da entrada, voltar para que, as 16 horas estejam no estacionamento... Levando-se em conta que, dependendo do lugar, leva uma meia hora (a passos rápidos) para chegar á portaria... então as 15:30 você já estaria preocupado em voltar...e perderia os 30 minutos finais que o parque ainda prorroga no fechamento das galerias...Pra quê pressa? Instale-se em Brumadinho, e você pode acordar mais tarde, em 10 minutos estará no Inhotim, e quando for 16:30 ainda pode estar no extremo do parque que, tranquilamente, dará tempo de chegar á sua pousada antes do por do sol, se você quiser rsrsr. Além disso, garanto que sairá muito mais barato que estando em BH.
b)Eu fui e voltei a pé do Inhotim até o Centro do Brumadinho, onde fica a Pousada Tamboril, onde fiquei. Demorei um pouco porque fiz o que eu adoro fazer como turista... ir passeando pelos lugares para conhecer a cidade.. e essa é uma experiência que não tem preço e você não terá se não se hospedar em Brumadinho: vá tomar um café em uma das padarias de Brumadinho...tem um Rock Café também na avenida principal, voltando do Inhotim... não deixe de passar no supermercado Lua Nova e compre o que precisar para sua estadia... tem tudo que é comida boa de Minas lá... na hospedagem também o café da manhã é ótimo, reforçado... e estando em Brumadinho, você acorda mais tarde, bate um papo com o pessoal do hotel, e pode ir andando de manhã e ver a bruma cobrindo a cidade, e estar no meio do povo local... sinta-se como alguém do local, não tem nada melhor para você se sentir em casa...
c)Estando hospedado em Brumadinho, você prolonga sua estadia e aproveita tudo que a cidade pode te oferecer: trilhas, cachoeiras, voo de paraglider, asa delta, balonismo... vários restaurantes típicos de Minas...e o calor humano do povo mineiro, que não tem igual. Uma das trilhas mais conhecidas lá é a Rota da Cachaça, onde você passa por antigos alambiques e pode experimentar a mais original cachaça mineira...

7- É verdade que é meio caro a alimentação no parque, e a loja de lembranças do inhotim???
Sim, é verdade. Mas isto tem uma razão: tudo que é comercializado no parque ajuda á manutenção do parque. Falarei no próximo tópico da parte social do Inhotim. Sobre a alimentação, digo que o principal restaurante do parque, o Tamboril, é muito caro, mas é de altíssimo padrão. Irá gastar no mínimo uns 80 reais para uma alimentação com entrada, prato principal, sobremesa e vinhos a la carte... mas se estiver acompanhado(a) do seu amor, irá causar uma ótima impressão...rsrsrsr... há uma hamburgueria, que também não é barata: a melhor opção é um combo de fritas, com um hamburger bem grande (a carne, porque o pão é pequeno rsrsr) e um shake por uns 45 reais... mas é gostoso. comi lá no primeiro dia. Mas a melhor opção, que achei, para comida (e não lanche) é o restaurante Oiticica, que fica, entrando no parque, do lado direito, atrás do lago... é self service, por kilo, a preço justo... paguei por volta de 35 reais uma refeiçao e foi excelente... é bem espaçoso, pode ir tranquilo lá. Fora isso, nas quartas e sábados, todas as demais lanchonetes abrem, e aí tem várias opções de lanches e bebidas dentro de algumas galerias e alguns espaços, a preços bem baratos... Por fim, nada te impede de levar algo para comer, não é proibido. Só cuidado com os esquilos...rsrs. Quanto a loja de lembranças, os preços são elevados por um forte motivo: são todas obras únicas de design... comprei uma pequena árvore tamboril (feita em MDF) que nunca vi em nenhuma loja de mdf... um design lindo... paguei caro, mas sei que o dinheiro irá para ajudar a manter o parque. Tem peças de design lá por mais de 2000 reais... mas também pequenas lembranças de dez, vinte reais... ou seja, atende a todos os bolsos. Mas repito: é para a manutenção do parque, então encare como uma doação para ajudar a manter este patrimônio cultural e natural.

8- A função social do Inhotim
O parque possui uma forte integração com a cidade de Brumadinho. Todos os jovens que você verá trabalhando nos carrinhos de transporte, ou o batalhão de jardineiros e todo o pessoal de suporte, quase todos são moradores de Brumadinho. Além disso, o fato de a quarta feira ser gratuita também tem um impacto muito bom na cidade: várias crianças e famílias da cidade vem no parque na quarta feira e podem usufruir deste paraíso, sem nenhuma restrição. O inhotim está abrindo as portas do Turismo para a cidade de Brumadinho, cujo forte até então era a mineração, com a Vale do Rio Doce. Indubitavelmente, o turismo trará melhor distribuição de renda para a cidade além de ajudar no crescimento sustentável, com preservação do meio ambiente e das famílias em seu local de origem. E Brumadinho tem forte vocação para o ecoturismo. Conforme conversei com o pessoal da Secretaria de turismo de Brumadinho, faz apenas 9 anos que começaram os projetos de ecoturismo na cidade. Ainda está se estruturando. Mas creio (eu particularmente) que o melhor momento é agora: Brumadinho é uma cidade de portas abertas para receber o turista, e os recebe muito bem, permitindo desfrutar de uma cidade cujo ambiente turístico não possui os vícios e artificialidades que outras cidades (turísticas) possuem há muito tempo. Uma cidade natural, que se apresenta como é, e que tem razão de se orgulhar de ter um dos maiores patrimônios culturais não só do Brasil como do Mundo, que é o Inhotim... (duvida? achou exagerado? então visite, e depois me diga se não tenho razão...)

Seguem os principais contatos para ir ao Inhotim:
-Pousada Tamboril: (31)-3128-2829 reserva@pousadatamboril.com Rua Aristides Passos, 64, Centro, Brumadinho - MG

-Traslado de Confins a Brumadinho e região: Mariana Medeiros (31) 97172-1009

-Agente de Turismo Rural: Thiago Montanha - (31) 99613-6348 thiagomontanha100@hotmail.com

-Guia de Turismo oficial de Brumadinho: Mônica (31) 99896-2471

-Táxi em Brumadinho: tem várias opções, eu particularmente recomendo o Marcus Gabriel: (31)-9937-28472
PhotoPhotoPhotoPhotoPhoto
06/08/2018
26 Photos - View album
Add a comment...

Post has attachment
Tudo o que eu queria era uma mala, uma mochila, um bom programa de milhas e sair por aí pelo mundo viajando 😔... Opa...já tô fazendo isso!!! 😂
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Acima das nuvens escuras sempre há um sol brilhando forte!!! Ótimo final de semana para todos(as) nós!
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded