Profile

Cover photo
Acson Barreto
219 followers|31,935 views
AboutPosts

Stream

Acson Barreto

Notícias  - 
 
Explicações básicas sobre o aborto:

1. Aborto não é questão biológica e nem social. É questão de Direito, especificamente na área de Direitos Humanos.

2. Que é uma realidade, é uma fatalidade! O homicídio, latrocínio, furto, lesão corporal e tantas outras coisas são realidades também.

3. Não é a mulher quem é sacrificada. Não é a mulher a vítima principal. Pois a finalidade do aborto é parar a dependência do feto com o corpo da mulher e assim o feto morre. E a mulher pode adquirir de depressão até câncer de colo de útero.

4. Se for a vitima principal, então também não faz sentido falar de homicídio, roubo, latrocínio etc., pois pessoas que praticam essas crimes de tamanha barbárie sofrem com doenças e são vitimas principais.

5. De fato, o aborto sempre vai existir, e ninguém nega isso. Pode ser que um dia acabe.

6. Não é porque a mulher não vai deixar de abortar, que por causa disso, o estado vai facilitar a criação dos matadouros de infantes.

7. As complicações são causadas pelo aborto que foi realizado em clínica clandestina. Se a mulher não tivesse ido lá, não teria essas complicações.

É algo tão simples.

8. A mulher não é tão vítima quanto é o filho no aborto! O aborto sempre vai condenar alguém a morrer! Isso é um fato!

9. O aborto é questão de saúde pública tão quanto a campanha de perseguição e abate aos ciganos o foi nos tempos de Adolf Hitler.

10. Os Direitos Humanos são o primor de uma sociedade civilizada, e não é porque uns poucos homicidam outros, lhes tomam a moradia, lhes priva da alimentação, que estes princípios devem ser derrubados.

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/21/argumentos-pro-aborto-desmascarados/
 ·  Translate
Bem, este artigo consiste em desmascarar e refutar argumentos de abortistas e feminazis(neste caso uso sim esse termo pois o aborto em alguns casos é um modo de "higiene social" amplamente u...
1
Add a comment...

Acson Barreto

Discussão  - 
 
Explicações básicas sobre o aborto:

1. Aborto não é questão biológica e nem social. É questão de Direito, especificamente na área de Direitos Humanos.

2. Que é uma realidade, é uma fatalidade! O homicídio, latrocínio, furto, lesão corporal e tantas outras coisas são realidades também.

3. Não é a mulher quem é sacrificada. Não é a mulher a vítima principal. Pois a finalidade do aborto é parar a dependência do feto com o corpo da mulher e assim o feto morre. E a mulher pode adquirir de depressão até câncer de colo de útero.

4. Se for a vitima principal, então também não faz sentido falar de homicídio, roubo, latrocínio etc., pois pessoas que praticam essas crimes de tamanha barbárie sofrem com doenças e são vitimas principais.

5. De fato, o aborto sempre vai existir, e ninguém nega isso. Pode ser que um dia acabe.

6. Não é porque a mulher não vai deixar de abortar, que por causa disso, o estado vai facilitar a criação dos matadouros de infantes.

7. As complicações são causadas pelo aborto que foi realizado em clínica clandestina. Se a mulher não tivesse ido lá, não teria essas complicações.

É algo tão simples.

8. A mulher não é tão vítima quanto é o filho no aborto! O aborto sempre vai condenar alguém a morrer! Isso é um fato!

9. O aborto é questão de saúde pública tão quanto a campanha de perseguição e abate aos ciganos o foi nos tempos de Adolf Hitler.

10. Os Direitos Humanos são o primor de uma sociedade civilizada, e não é porque uns poucos homicidam outros, lhes tomam a moradia, lhes priva da alimentação, que estes princípios devem ser derrubados.

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/21/argumentos-pro-aborto-desmascarados/
 ·  Translate
Bem, este artigo consiste em desmascarar e refutar argumentos de abortistas e feminazis(neste caso uso sim esse termo pois o aborto em alguns casos é um modo de "higiene social" amplamente u...
1
Add a comment...

Acson Barreto

Discussão  - 
 
Explicações básicas sobre o aborto:

1. Aborto não é questão biológica e nem social. É questão de Direito, especificamente na área de Direitos Humanos.

2. Que é uma realidade, é uma fatalidade! O homicídio, latrocínio, furto, lesão corporal e tantas outras coisas são realidades também.

3. Não é a mulher quem é sacrificada. Não é a mulher a vítima principal. Pois a finalidade do aborto é parar a dependência do feto com o corpo da mulher e assim o feto morre. E a mulher pode adquirir de depressão até câncer de colo de útero.

4. Se for a vitima principal, então também não faz sentido falar de homicídio, roubo, latrocínio etc., pois pessoas que praticam essas crimes de tamanha barbárie sofrem com doenças e são vitimas principais.

5. De fato, o aborto sempre vai existir, e ninguém nega isso. Pode ser que um dia acabe.

6. Não é porque a mulher não vai deixar de abortar, que por causa disso, o estado vai facilitar a criação dos matadouros de infantes.

7. As complicações são causadas pelo aborto que foi realizado em clínica clandestina. Se a mulher não tivesse ido lá, não teria essas complicações.

É algo tão simples.

8. A mulher não é tão vítima quanto é o filho no aborto! O aborto sempre vai condenar alguém a morrer! Isso é um fato!

9. O aborto é questão de saúde pública tão quanto a campanha de perseguição e abate aos ciganos o foi nos tempos de Adolf Hitler.

10. Os Direitos Humanos são o primor de uma sociedade civilizada, e não é porque uns poucos homicidam outros, lhes tomam a moradia, lhes priva da alimentação, que estes princípios devem ser derrubados.

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/21/argumentos-pro-aborto-desmascarados/
 ·  Translate
Bem, este artigo consiste em desmascarar e refutar argumentos de abortistas e feminazis(neste caso uso sim esse termo pois o aborto em alguns casos é um modo de "higiene social" amplamente u...
1
Add a comment...

Acson Barreto

Conhecimentos  - 
 
Explicações básicas sobre o aborto:

1. Aborto não é questão biológica e nem social. É questão de Direito, especificamente na área de Direitos Humanos.

2. Que é uma realidade, é uma fatalidade! O homicídio, latrocínio, furto, lesão corporal e tantas outras coisas são realidades também.

3. Não é a mulher quem é sacrificada. Não é a mulher a vítima principal. Pois a finalidade do aborto é parar a dependência do feto com o corpo da mulher e assim o feto morre. E a mulher pode adquirir de depressão até câncer de colo de útero.

4. Se for a vitima principal, então também não faz sentido falar de homicídio, roubo, latrocínio etc., pois pessoas que praticam essas crimes de tamanha barbárie sofrem com doenças e são vitimas principais.

5. De fato, o aborto sempre vai existir, e ninguém nega isso. Pode ser que um dia acabe.

6. Não é porque a mulher não vai deixar de abortar, que por causa disso, o estado vai facilitar a criação dos matadouros de infantes.

7. As complicações são causadas pelo aborto que foi realizado em clínica clandestina. Se a mulher não tivesse ido lá, não teria essas complicações.

É algo tão simples.

8. A mulher não é tão vítima quanto é o filho no aborto! O aborto sempre vai condenar alguém a morrer! Isso é um fato!

9. O aborto é questão de saúde pública tão quanto a campanha de perseguição e abate aos ciganos o foi nos tempos de Adolf Hitler.

10. Os Direitos Humanos são o primor de uma sociedade civilizada, e não é porque uns poucos homicidam outros, lhes tomam a moradia, lhes priva da alimentação, que estes princípios devem ser derrubados.

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/21/argumentos-pro-aborto-desmascarados/
 ·  Translate
Bem, este artigo consiste em desmascarar e refutar argumentos de abortistas e feminazis(neste caso uso sim esse termo pois o aborto em alguns casos é um modo de "higiene social" amplamente u...
1
Add a comment...

Acson Barreto

Discussão  - 
 
Explicações básicas sobre o aborto:

1. Aborto não é questão biológica e nem social. É questão de Direito, especificamente na área de Direitos Humanos.

2. Que é uma realidade, é uma fatalidade! O homicídio, latrocínio, furto, lesão corporal e tantas outras coisas são realidades também.

3. Não é a mulher quem é sacrificada. Não é a mulher a vítima principal. Pois a finalidade do aborto é parar a dependência do feto com o corpo da mulher e assim o feto morre. E a mulher pode adquirir de depressão até câncer de colo de útero.

4. Se for a vitima principal, então também não faz sentido falar de homicídio, roubo, latrocínio etc., pois pessoas que praticam essas crimes de tamanha barbárie sofrem com doenças e são vitimas principais.

5. De fato, o aborto sempre vai existir, e ninguém nega isso. Pode ser que um dia acabe.

6. Não é porque a mulher não vai deixar de abortar, que por causa disso, o estado vai facilitar a criação dos matadouros de infantes.

7. As complicações são causadas pelo aborto que foi realizado em clínica clandestina. Se a mulher não tivesse ido lá, não teria essas complicações.

É algo tão simples.

8. A mulher não é tão vítima quanto é o filho no aborto! O aborto sempre vai condenar alguém a morrer! Isso é um fato!

9. O aborto é questão de saúde pública tão quanto a campanha de perseguição e abate aos ciganos o foi nos tempos de Adolf Hitler.

10. Os Direitos Humanos são o primor de uma sociedade civilizada, e não é porque uns poucos homicidam outros, lhes tomam a moradia, lhes priva da alimentação, que estes princípios devem ser derrubados.

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/21/argumentos-pro-aborto-desmascarados/
 ·  Translate
Bem, este artigo consiste em desmascarar e refutar argumentos de abortistas e feminazis(neste caso uso sim esse termo pois o aborto em alguns casos é um modo de "higiene social" amplamente u...
1
Add a comment...

Acson Barreto

Discussion  - 
 
"A Juventude moderna está com um pensamento deturpado e fundamentado exclusivamente nos prazeres carnais. Atualmente a cultura do sexo e ostentação é o que é mais valorizado. O jovem que não está em meio promíscuo, não participa de festas/baladas, não bebe e não usa drogas é logo rotulado como retrógrado, besta e que não aproveita a vida. Os jovens não são criados para que desenvolvam a intelectualidade, o gosto pelo belo, a preservação das tradições, a busca por um trabalho digno e honesto e a formação da família.
As jovens não se portam como verdadeiras damas. Como querem ser tratadas como damas se as mesmas se comportam como vadias? Os trajes, a fala, o comportamento em geral não condiz com o de uma mulher honrada. Muitas vivem para o materialismo, buscando homens que tenham bens materiais e beleza, não se importando com o caráter e o pensamento do mesmo. A quantidade de relacionamentos e casamentos fracassados não é por acaso. A modernidade e a cultura da ignorância resulta nisso: Promiscuidade, imoralidade, filhos indesejados, aborto, drogas, casamentos destruídos e tudo que há de baixo, imoral e sem escrúpulos.
(...)
A educação da juventude idealizada por Renato Ricci seguia o lema: Libro e Moschetto, que consistia em formar moralmente e fisicamente cada membro e menina pertencente à organização. Deste modo, a formação militar dos meninos reunia atividades de tipo psicológicas e físicas como: palestras, viagens, acampamentos, cerimônia de culto aos mortos, educação física, exercícios militares e práticas desportivas. Todas estavam inter-relacionadas de forma a proporcionar aos jovens uma boa formação moral, social e física. A primeira coisa que temos que ter em mente para compreender a educação militar dos rapazes é que o Fascismo desejava construir um “novo homem”, cujos ideais e valores morais se distanciavam do individualismo exaltado pelo liberalismo. Assim, esperavam que o “novo homem” fascista internalizasse as seguintes qualidades: coragem, virilidade, respeito à hierarquia, disciplina, força, vontade.
Todas eram qualidades militares e masculinas, que ao serem absorvidas fariam dos jovens e das crianças bons soldados, bons pais de família, bons maridos, bons trabalhadores e seguidores fieis do Fascismo. Vale observar que homens e mulheres tinham papéis sociais diferentes e o funcionamento perfeito da sociedade fascista dependia de que cada um assumisse o papel que lhe cabia.
Neste contexto, as atividades recreativas e intelectuais eram tão importantes para a formação militar como a educação física ou os exercícios militares, segundo a concepção de Ricci."

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/15/jovens-fascistas-x-jovens-modernos/
 ·  Translate
"Pode haver e realmente há homens no Ocidente e nos Estados Unidos da América que não concordam com o estado atual de coisas e não aprovam a modernidade e a pós-modernidade, sendo os defensores da ...
1
Add a comment...
Have him in circles
219 people
DENISE DE OLIVEIRA MATOS MATOS's profile photo
Diana Gama da Costa's profile photo
Larissa AzeCar's profile photo
Matheus Muniz's profile photo
Taiane Medeiros's profile photo
Lauro Daniel Souza Netto's profile photo
Jonas Bezerra Filho's profile photo
Ricardo Bomfim's profile photo
Estrondosa Mente's profile photo

Acson Barreto

Discussão  - 
 
Explicações básicas sobre o aborto:

1. Aborto não é questão biológica e nem social. É questão de Direito, especificamente na área de Direitos Humanos.

2. Que é uma realidade, é uma fatalidade! O homicídio, latrocínio, furto, lesão corporal e tantas outras coisas são realidades também.

3. Não é a mulher quem é sacrificada. Não é a mulher a vítima principal. Pois a finalidade do aborto é parar a dependência do feto com o corpo da mulher e assim o feto morre. E a mulher pode adquirir de depressão até câncer de colo de útero.

4. Se for a vitima principal, então também não faz sentido falar de homicídio, roubo, latrocínio etc., pois pessoas que praticam essas crimes de tamanha barbárie sofrem com doenças e são vitimas principais.

5. De fato, o aborto sempre vai existir, e ninguém nega isso. Pode ser que um dia acabe.

6. Não é porque a mulher não vai deixar de abortar, que por causa disso, o estado vai facilitar a criação dos matadouros de infantes.

7. As complicações são causadas pelo aborto que foi realizado em clínica clandestina. Se a mulher não tivesse ido lá, não teria essas complicações.

É algo tão simples.

8. A mulher não é tão vítima quanto é o filho no aborto! O aborto sempre vai condenar alguém a morrer! Isso é um fato!

9. O aborto é questão de saúde pública tão quanto a campanha de perseguição e abate aos ciganos o foi nos tempos de Adolf Hitler.

10. Os Direitos Humanos são o primor de uma sociedade civilizada, e não é porque uns poucos homicidam outros, lhes tomam a moradia, lhes priva da alimentação, que estes princípios devem ser derrubados.

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/21/argumentos-pro-aborto-desmascarados/
 ·  Translate
Bem, este artigo consiste em desmascarar e refutar argumentos de abortistas e feminazis(neste caso uso sim esse termo pois o aborto em alguns casos é um modo de "higiene social" amplamente u...
1
Add a comment...

Acson Barreto

Discussão  - 
 
Explicações básicas sobre o aborto:

1. Aborto não é questão biológica e nem social. É questão de Direito, especificamente na área de Direitos Humanos.

2. Que é uma realidade, é uma fatalidade! O homicídio, latrocínio, furto, lesão corporal e tantas outras coisas são realidades também.

3. Não é a mulher quem é sacrificada. Não é a mulher a vítima principal. Pois a finalidade do aborto é parar a dependência do feto com o corpo da mulher e assim o feto morre. E a mulher pode adquirir de depressão até câncer de colo de útero.

4. Se for a vitima principal, então também não faz sentido falar de homicídio, roubo, latrocínio etc., pois pessoas que praticam essas crimes de tamanha barbárie sofrem com doenças e são vitimas principais.

5. De fato, o aborto sempre vai existir, e ninguém nega isso. Pode ser que um dia acabe.

6. Não é porque a mulher não vai deixar de abortar, que por causa disso, o estado vai facilitar a criação dos matadouros de infantes.

7. As complicações são causadas pelo aborto que foi realizado em clínica clandestina. Se a mulher não tivesse ido lá, não teria essas complicações.

É algo tão simples.

8. A mulher não é tão vítima quanto é o filho no aborto! O aborto sempre vai condenar alguém a morrer! Isso é um fato!

9. O aborto é questão de saúde pública tão quanto a campanha de perseguição e abate aos ciganos o foi nos tempos de Adolf Hitler.

10. Os Direitos Humanos são o primor de uma sociedade civilizada, e não é porque uns poucos homicidam outros, lhes tomam a moradia, lhes priva da alimentação, que estes princípios devem ser derrubados.

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/21/argumentos-pro-aborto-desmascarados/
 ·  Translate
Bem, este artigo consiste em desmascarar e refutar argumentos de abortistas e feminazis(neste caso uso sim esse termo pois o aborto em alguns casos é um modo de "higiene social" amplamente u...
1
Add a comment...

Acson Barreto

> Variados  - 
 
Explicações básicas sobre o aborto:

1. Aborto não é questão biológica e nem social. É questão de Direito, especificamente na área de Direitos Humanos.

2. Que é uma realidade, é uma fatalidade! O homicídio, latrocínio, furto, lesão corporal e tantas outras coisas são realidades também.

3. Não é a mulher quem é sacrificada. Não é a mulher a vítima principal. Pois a finalidade do aborto é parar a dependência do feto com o corpo da mulher e assim o feto morre. E a mulher pode adquirir de depressão até câncer de colo de útero.

4. Se for a vitima principal, então também não faz sentido falar de homicídio, roubo, latrocínio etc., pois pessoas que praticam essas crimes de tamanha barbárie sofrem com doenças e são vitimas principais.

5. De fato, o aborto sempre vai existir, e ninguém nega isso. Pode ser que um dia acabe.

6. Não é porque a mulher não vai deixar de abortar, que por causa disso, o estado vai facilitar a criação dos matadouros de infantes.

7. As complicações são causadas pelo aborto que foi realizado em clínica clandestina. Se a mulher não tivesse ido lá, não teria essas complicações.

É algo tão simples.

8. A mulher não é tão vítima quanto é o filho no aborto! O aborto sempre vai condenar alguém a morrer! Isso é um fato!

9. O aborto é questão de saúde pública tão quanto a campanha de perseguição e abate aos ciganos o foi nos tempos de Adolf Hitler.

10. Os Direitos Humanos são o primor de uma sociedade civilizada, e não é porque uns poucos homicidam outros, lhes tomam a moradia, lhes priva da alimentação, que estes princípios devem ser derrubados.

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/21/argumentos-pro-aborto-desmascarados/
 ·  Translate
Bem, este artigo consiste em desmascarar e refutar argumentos de abortistas e feminazis(neste caso uso sim esse termo pois o aborto em alguns casos é um modo de "higiene social" amplamente u...
1
Add a comment...

Acson Barreto

Dicas para um blog  - 
 
Explicações básicas sobre o aborto:

1. Aborto não é questão biológica e nem social. É questão de Direito, especificamente na área de Direitos Humanos.

2. Que é uma realidade, é uma fatalidade! O homicídio, latrocínio, furto, lesão corporal e tantas outras coisas são realidades também.

3. Não é a mulher quem é sacrificada. Não é a mulher a vítima principal. Pois a finalidade do aborto é parar a dependência do feto com o corpo da mulher e assim o feto morre. E a mulher pode adquirir de depressão até câncer de colo de útero.

4. Se for a vitima principal, então também não faz sentido falar de homicídio, roubo, latrocínio etc., pois pessoas que praticam essas crimes de tamanha barbárie sofrem com doenças e são vitimas principais.

5. De fato, o aborto sempre vai existir, e ninguém nega isso. Pode ser que um dia acabe.

6. Não é porque a mulher não vai deixar de abortar, que por causa disso, o estado vai facilitar a criação dos matadouros de infantes.

7. As complicações são causadas pelo aborto que foi realizado em clínica clandestina. Se a mulher não tivesse ido lá, não teria essas complicações.

É algo tão simples.

8. A mulher não é tão vítima quanto é o filho no aborto! O aborto sempre vai condenar alguém a morrer! Isso é um fato!

9. O aborto é questão de saúde pública tão quanto a campanha de perseguição e abate aos ciganos o foi nos tempos de Adolf Hitler.

10. Os Direitos Humanos são o primor de uma sociedade civilizada, e não é porque uns poucos homicidam outros, lhes tomam a moradia, lhes priva da alimentação, que estes princípios devem ser derrubados.

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/21/argumentos-pro-aborto-desmascarados/
 ·  Translate
Bem, este artigo consiste em desmascarar e refutar argumentos de abortistas e feminazis(neste caso uso sim esse termo pois o aborto em alguns casos é um modo de "higiene social" amplamente u...
4
1
Add a comment...

Acson Barreto

Discussion  - 
 
"A Juventude moderna está com um pensamento deturpado e fundamentado exclusivamente nos prazeres carnais. Atualmente a cultura do sexo e ostentação é o que é mais valorizado. O jovem que não está em meio promíscuo, não participa de festas/baladas, não bebe e não usa drogas é logo rotulado como retrógrado, besta e que não aproveita a vida. Os jovens não são criados para que desenvolvam a intelectualidade, o gosto pelo belo, a preservação das tradições, a busca por um trabalho digno e honesto e a formação da família.
As jovens não se portam como verdadeiras damas. Como querem ser tratadas como damas se as mesmas se comportam como vadias? Os trajes, a fala, o comportamento em geral não condiz com o de uma mulher honrada. Muitas vivem para o materialismo, buscando homens que tenham bens materiais e beleza, não se importando com o caráter e o pensamento do mesmo. A quantidade de relacionamentos e casamentos fracassados não é por acaso. A modernidade e a cultura da ignorância resulta nisso: Promiscuidade, imoralidade, filhos indesejados, aborto, drogas, casamentos destruídos e tudo que há de baixo, imoral e sem escrúpulos.
(...)
A educação da juventude idealizada por Renato Ricci seguia o lema: Libro e Moschetto, que consistia em formar moralmente e fisicamente cada membro e menina pertencente à organização. Deste modo, a formação militar dos meninos reunia atividades de tipo psicológicas e físicas como: palestras, viagens, acampamentos, cerimônia de culto aos mortos, educação física, exercícios militares e práticas desportivas. Todas estavam inter-relacionadas de forma a proporcionar aos jovens uma boa formação moral, social e física. A primeira coisa que temos que ter em mente para compreender a educação militar dos rapazes é que o Fascismo desejava construir um “novo homem”, cujos ideais e valores morais se distanciavam do individualismo exaltado pelo liberalismo. Assim, esperavam que o “novo homem” fascista internalizasse as seguintes qualidades: coragem, virilidade, respeito à hierarquia, disciplina, força, vontade.
Todas eram qualidades militares e masculinas, que ao serem absorvidas fariam dos jovens e das crianças bons soldados, bons pais de família, bons maridos, bons trabalhadores e seguidores fieis do Fascismo. Vale observar que homens e mulheres tinham papéis sociais diferentes e o funcionamento perfeito da sociedade fascista dependia de que cada um assumisse o papel que lhe cabia.
Neste contexto, as atividades recreativas e intelectuais eram tão importantes para a formação militar como a educação física ou os exercícios militares, segundo a concepção de Ricci."

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/15/jovens-fascistas-x-jovens-modernos/
 ·  Translate
"Pode haver e realmente há homens no Ocidente e nos Estados Unidos da América que não concordam com o estado atual de coisas e não aprovam a modernidade e a pós-modernidade, sendo os defensores da ...
1
Add a comment...

Acson Barreto

Discussão  - 
 
"A Juventude moderna está com um pensamento deturpado e fundamentado exclusivamente nos prazeres carnais. Atualmente a cultura do sexo e ostentação é o que é mais valorizado. O jovem que não está em meio promíscuo, não participa de festas/baladas, não bebe e não usa drogas é logo rotulado como retrógrado, besta e que não aproveita a vida. Os jovens não são criados para que desenvolvam a intelectualidade, o gosto pelo belo, a preservação das tradições, a busca por um trabalho digno e honesto e a formação da família.
As jovens não se portam como verdadeiras damas. Como querem ser tratadas como damas se as mesmas se comportam como vadias? Os trajes, a fala, o comportamento em geral não condiz com o de uma mulher honrada. Muitas vivem para o materialismo, buscando homens que tenham bens materiais e beleza, não se importando com o caráter e o pensamento do mesmo. A quantidade de relacionamentos e casamentos fracassados não é por acaso. A modernidade e a cultura da ignorância resulta nisso: Promiscuidade, imoralidade, filhos indesejados, aborto, drogas, casamentos destruídos e tudo que há de baixo, imoral e sem escrúpulos.
(...)
A educação da juventude idealizada por Renato Ricci seguia o lema: Libro e Moschetto, que consistia em formar moralmente e fisicamente cada membro e menina pertencente à organização. Deste modo, a formação militar dos meninos reunia atividades de tipo psicológicas e físicas como: palestras, viagens, acampamentos, cerimônia de culto aos mortos, educação física, exercícios militares e práticas desportivas. Todas estavam inter-relacionadas de forma a proporcionar aos jovens uma boa formação moral, social e física. A primeira coisa que temos que ter em mente para compreender a educação militar dos rapazes é que o Fascismo desejava construir um “novo homem”, cujos ideais e valores morais se distanciavam do individualismo exaltado pelo liberalismo. Assim, esperavam que o “novo homem” fascista internalizasse as seguintes qualidades: coragem, virilidade, respeito à hierarquia, disciplina, força, vontade.
Todas eram qualidades militares e masculinas, que ao serem absorvidas fariam dos jovens e das crianças bons soldados, bons pais de família, bons maridos, bons trabalhadores e seguidores fieis do Fascismo. Vale observar que homens e mulheres tinham papéis sociais diferentes e o funcionamento perfeito da sociedade fascista dependia de que cada um assumisse o papel que lhe cabia.
Neste contexto, as atividades recreativas e intelectuais eram tão importantes para a formação militar como a educação física ou os exercícios militares, segundo a concepção de Ricci."

https://juventudeconservadorase.wordpress.com/2016/02/15/jovens-fascistas-x-jovens-modernos/
 ·  Translate
"Pode haver e realmente há homens no Ocidente e nos Estados Unidos da América que não concordam com o estado atual de coisas e não aprovam a modernidade e a pós-modernidade, sendo os defensores da ...
1
Add a comment...
People
Have him in circles
219 people
DENISE DE OLIVEIRA MATOS MATOS's profile photo
Diana Gama da Costa's profile photo
Larissa AzeCar's profile photo
Matheus Muniz's profile photo
Taiane Medeiros's profile photo
Lauro Daniel Souza Netto's profile photo
Jonas Bezerra Filho's profile photo
Ricardo Bomfim's profile photo
Estrondosa Mente's profile photo
Basic Information
Gender
Male
Apps with Google+ Sign-in
  • メタルスラッグ ディフェンス
  • Banana Kong
Story
Tagline
Usuário Linux e Mac, gosto muito de tecnologia, história , filosofia, teologia ,natureza e muitas outras coisas. E um simples cristão que ama estudar aquilo que segue.
Introduction
"Ele não se expõe desnecessariamente ao perigo, uma vez que são poucas as coisas com que se preocupa o suficiente; mas está disposto, nas grandes crises, a dar até a vida sabendo que em certas condições não vale a pena viver. Está disposto a servir aos homens, embora se envergonhe quando o servem. Fazer um favor é sinal de superioridade; receber um favor é sinal de subordinação... Ele não toma parte em manisfestações públicas. (...) É franco quanto a suas antipatias e preferências; fala e age com franqueza, devido a seu desprezo por homens e coisas (...) Nunca se deixa tomar de admiração, já que a seus olhos nada é excelente. Não consegue viver com complacência para com terceiros, a menos que se trate de um amigo; a complacência é a característica de um escravo. (...) Nunca tem maldade e sempre esquece e passa por cima das injustiças. (...) Não gosta de falar. (...) Não lhe preocupa o fato de que deve ser elogiado ou que outros devam ser censurados. Não fala mal dos outros, mesmo de seus inimigos, a menos que seja com eles mesmos. Seus modos são serenos, sua voz é grave, sua fala é comedida; não costuma ser apressado, pois só se preocupa com poucas coisas; não é dado a veemência, pois não acha nada muito importante. Uma voz estridente e passos apressados são adquiridos pelo homem através de preocupações. (...) Ele suporta os acidentes da vida com dignidade e graça, tirando o máximo de proveito de suas circunstâncias, como um habilidoso general conduz suas limitadas forças com toda a estratégia da guerra. (...) Ele é o melhor amigo de si mesmo e se delicia com a privacidade, ao passo que o homem sem virtude ou capacidade alguma é o pior inimigo de si mesmo e tem medo da solidão." [Aristóteles, Ética - Livro IV, Cap. 3]
Links